Laserterapia: Benefícios, indicações e contra-indicações

A laserterapia é um tratamento indolor realizado através da aplicação de raios laser sobre a tratar, que acelera a cicatrização, recuperação e proporciona ossos, músculos, tendões, ligamentos, pele mais fortes, etc.

O laser (Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation) é um raio de luz amplificado por uma emissão estimulada de radiação.

Laserterapia

A radiação emitida por conseguinte, propaga-se na mesma direção da luz para produzir um elevado grau de pureza com as seguintes características distintas:

  • Monocromáticas (o mesmo comprimento de onda)
  • Coerente (todas as ondas estão em fase)
  • Direcionalidade de concentração (em um sentido)
  • Luminosidade de energia (emitida por unidade de área e de ângulo sólido

Benefícios da laserterapia

A aplicação do laser de baixa intensidade nos pontos meridianos do corpo humano produz o mesmo efeito de uma sessão de acupuntura tradicional, mas evita a dor e o desconforto das agulhas.

Outros efeitos benéficos da terapia a laser incluem:

  • Induz o correto funcionamento das células
  • Aumentar a produção de células T + B
  • Reduz a inflamação
  • Age como um Vasodilatador
  • Reduz a dependência de outras drogas mais nocivas
  • Reduz o tempo de recuperação em lesões nos esportes ou no trabalho

Indicações

A principal aplicação da laserterapia é no tratamento para deixar de fumar.

Os impulsos produzido pelo laser atingem as áreas do tálamo e do hipotálamo, que estimulam a produção de endorfinas, substâncias químicas naturais semelhantes à morfina , estrutura envolvida em muitos processos do organismo e têm um efeito calmante e revitalizante.

Essas endorfinas também podem ser substitutas de varios produtos químicos como a nicotina e outras substâncias contidas nos cigarros.

Quando o corpo forma endorfinas artificialmente (através desta terapia a laser) o nosso organismo “esquece-se” de a produzir naturalmente.

É por isso que os fumadores sofrem um grande sentimento de angústia e ansiedade quando tentam parar de fumar.

Na acupuntura esta é uma excelente alternativa às agulhas de forma a conseguir estimular os pontos nervosos ainda mais rápido (normalmente as sessões são limitadas a metade do tempo, ao contrário da acupuntura), é indolor (não há reação térmica), embora ambas as terapias abordem os mesmos pontos meridianos do corpo humano.

A laserterapia também é indicada como um tratamento para reduzir o estresse e nervosismo acumulado em situações estressantes ou traumáticas.

É usada em procedimentos odontológicos, uma vez que promove um efeito antiinflamatório, analgésico e cicatrizante quando aplicado sobre os tecidos orais.

  • tratamento de aftas,
  • odontologia em geral,
  • hipersensibilidade dentária,
  • tratamento de lesões de herpes bucal,
  • pós- cirúrgia,
  • nevralgias,
  • estomatites.

Na pele, é usada no tratamento de cicatrizes e espinhas causadas pelo acne, cicatrizes hipertroficas, e cicatrizes quelóiides. Micoses nas unhas e ainda varizes.

Quanto tempo dura cada sessão?

As sessões têm uma duração de aproximadamente 30 min e, geralmente, fazem-se pelo menos três tratamentos, no caso do tabagismo.

Ao contrário de muitas terapias do género, esta pode ser aplicada sobre o metal ou plástico implantado em próteses, ou áreas infectadas.

Os efeitos do laser são fotoquímicos (não térmicos) e realiza toda a sua função de estimulação em pontos precisos do sistema parasimpático humano.

É uma terapia segura, indolor e não requer a administração de anestesia.

A sua ação é exercida tanto em tecidos moles (tendões, ligamentos, músculos) como sobre os tecidos duros (ossos).

Graças à sua facilidade de aplicação, pode ser usada em pacientes idosos e crianças, sem impor qualquer aborrecimento e riscos de complicações para a saúde .

Contra-indicações

Não existem contra-indicações para a terapia a laser, exceto em casos de sangramento.

Trata-se de um procedimento completamente seguro e indolor que pode ser aplicada mesmo em mulheres grávidas, lactentes, idosos, pacientes com ataques cardíacos, etc.

o contrário de outras drogas de origem química, não existe qualquer risco de overdose se for aplicado por pessoal médico qualificado e seguirem-se todas as recomendações para o tratamento.

Uso no tratamento de varizes

A nova geração de lasers permite uma destruição selectiva das estruturas sem efeitos térmicos circunjacentes.

Nesta linha os lasers utilizados para tratamento das varizes destrói apenas os vasos dilatados sem risco de cicatriz ou hipo pigmentação.

O tratamento é feito em várias sessões conforme a extensão das varizes, sendo por vezes necessária realização de Triplex Scan venoso para diagnóstico da situação ou esclerose para complemento terapêutico.

As sessões geralmente são feitas de 4 em 4 semanas, podendo a pele ficar ligeiramente vermelha durante alguns dias, sendo que o tratamento deve ser interrompido no Verão.

O “Dynamic Cooling Device” reduz a dor através de um spray que refrigera selectivamente as camadas superiores da pele com uma pulverização de criogenio milissegundos antes do disparo do laser.

Devido a este sistema não é necessária uma refrigeração prévia da pele nem o uso de gel refrescante durante o tratamento.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 26/07/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Esta matéria tem 1 Comentário
  1. Carolina Couto Reply

    Já fiz este tratamento na Lisboa physio e gostei dos resultados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 26/07/2018 às 4:38 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)