Como Lidar com a Diabetes Gestacional durante a Gravidez

Enquanto tudo mais parece perfeito, algumas futuras mamães começam a desenvolver altos níveis de açúcar no sangue entre a 24.ª e 28.ª semana de gestação. Esta disfunção é conhecida como diabetes mellitus gestacional (GDM). Similar a outros tipos de diabetes, a diabetes gestacional afeta a maneira como suas células utilizam o açúcar (glicose).

foto-de-mulher-com-diabetes-gestacional

Aproximadamente 9,2% das gestantes sofrem com este problema, de acordo com uma análise de 2014 feita pelo Centers for Disease Control and Prevention. Na verdade, recomenda-se que todas as mulheres sejam testadas para diabetes gestacional no início do terceiro trimestre.

A causa exata da doença é desconhecida, mas as mudanças hormonais ocorridas durante a gestação desempenham um papel chave. Durante a gravidez, o corpo produz grandes quantias de alguns hormônios como a somatomamotropina coriônica, estrogênio e outros que aumentam a resistência à insulina.

Estes hormônios afetam a placenta e também interferem com a ação da insulina, o hormônio que regula o açúcar no sangue.

Mulheres acima de 25 anos, que sofrem de pressão alta, tem histórico familiar de diabetes e estavam acima do peso antes de engravidar têm mais risco de desenvolver Diabetes Gestacional.

Neste grupo de risco aumentado também se encontram as mulheres que deram a luz anteriormente a bebês pesando mais de 4 quilos, tiveram abortos inexplicáveis ou que seu bebê foi considerado natimorto.

Alguns dos sintomas brandos da diabetes gestacional podem incluir fadiga, visão embaçada, sede excessiva e necessidade excessiva de urinar.

Desenvolver Diabetes Gestacional durante a gravidez não quer dizer que você terá diabetes após o parto. Na maioria dos casos, os níveis de açúcar no sangue da mulher grávida com diabetes gestacional tendem voltar ao normal dentro de algumas horas ou dias após dar a luz. Contudo, recomenda-se que as mulheres que tiveram diabetes gestacional durante a gravidez, sejam testadas para diabetes a cada 2 ou 3 anos, uma vez que elas possuem um maior risco de
desenvolverem diabetes tipo 2.

Como a diabetes gestacional ocorre tarde na gravidez, após o corpo do bebê ter se formado, ela não causa defeitos de nascença que podem ser observados em crianças nascidas de mães que tinham diabetes antes da gravidez.

Porém, se a diabetes gestacional for tratada de maneira errada ou de maneira alguma, pode resultar em macrossomia, ou seja, num bebê “gordo”. Bebês com macrossomia podem ter baixos níveis de glicose no sangue ao nascer ou sofrer de problemas respiratórios. Estes bebês possuem risco de desenvolver obesidade e diabetes tipo 2 no futuro.

A Diabetes gestacional pode ser controlada e tratada com mudanças na dieta, estilo de vida e, às vezes, com remédios.

De seguida estão as 10 melhores maneiras de lidar com a diabetes gestacional durante a gravidez.

Monitore o nível de açúcar no sangue regularmente

monitore-o-nivel-de-acucar-no-sangue

Para reduzir o risco de complicações provenientes da diabetes gestacional, é importante ficar atento ao seu nível de açúcar no sangue.

Cheque os níveis de açúcar em jejum e pós-prandial (após as refeições) várias vezes durante o dia.

Você vai precisar de um kit de diabetes que inclui agulhas para furar o dedo, tiras-teste e uma pequena maquina chamada de medidor, que vai medir seu açúcar no sangue.

Após furar o dedo, esprema uma gota de sangue na tira-teste e insira a mesma no medidor. Dentro de alguns segundos a máquina vai mostrar seu nível de glicose. Cheque com sua seguradora de saúde para ver se eles pagam parte ou todo o custo do kit.

O que Procura?
Anemia na Gravidez

Verifique seu nível de açúcar logo que acordar para ver seu nível de jejum e duas horas após comer sua primeira refeição. Também veja seu nível de glicose no sangue uma hora após comer qualquer uma das refeições subsequentes, para se certificar que os níveis estão dentro de uma medida saudável.

Seu nível de açúcar no sangue deve ser menor do que 95 miligramas por decilitro (mg/dL) de jejum, ao passo que sua medição pós-prandial, passadas duas horas da primeira refeição, deve ser menor que 120 mg/dL. Já a medida pós-prandial de uma hora após as outras refeições deve estar abaixo de 130 mg/dL.

Se seu nível de açúcar estiver alto, consulte seu médico imediatamente.

Tenha um café da manhã saudável

cafe-da-manha-saudavel

É muito importante comer um café da manhã saudável. Pular esta refeição para mulheres grávidas é absolutamente proibido.

Não comer nada por várias horas pode tornar o controle de seu nível de glicose no sangue na manhã difícil por causa das flutuações hormonais. Por outro lado, comer um bom café pode ajudar a regular seus níveis de açúcar no sangue
durante a manhã. Um café de baixa glicemia que consiste em subprodutos de amido e proteína é uma boa opção.

Mingau de aveia, aveia pura, ovos, grãos integrais e iogurtes de baixa caloria são boas pedidas. Outra boa opção é beber um copo de suco de espinafre diariamente como café da manhã.

Cereais refinados, pão branco, frutas e até mesmo leite devem ser evitados na refeição matinal.

Coma os carboidratos certos

carboidratos-complexos

Os Carboidratos são parte importante de qualquer dieta de pessoas diabéticas, incluindo as afligidas pela diabetes gestacional. Os Carboidratos provêm o combustível necessário para seu corpo e para o bebê crescendo em seu ventre.

Mas antes de incluir comidas ricas em carboidratos na sua dieta, é importante lembrar que nem todos os carboidratos são benéficos.

Os Carboidratos complexos, quando digeridos, se dividem em formas mais valiosas de açúcar, que são de difícil digestão. Estes carboidratos têm um impacto menor nas flutuações de glicemia do corpo. Logo, se você estiver com diabetes gestacional, coma mais carboidratos complexos para ajudar no controle de seus níveis de açúcar.

Os Carboidratos complexos são encontrados em comidas como peras, legumes, grãos, feijões, quinoa, quiabo, cenoura e grãos inteiros.

Ao mesmo tempo, evite carboidratos simples, encontrados no pão branco e não consuma de modo algum os carboidratos encontrados na comida processada durante o período gestacional. Se certifique de espalhar seu consumo de carboidratos entre suas refeições e lanches durante o dia.

Consuma alimentos ricos em fibras

alimentos-ricos-em-fibras

Para manter seu nível de glicose no sangue normal, é importante aumentar seu consumo de fibras. As fibras estimulam a atividade dos receptores de insulina e inibe a liberação em excesso da mesma na corrente sanguínea, logo ajudando a equilibrar o nível de açúcar.

Comidas ricas em fibras também costumam ter uma taxa baixa de glicose. Na verdade, as fibras deveriam ser uma parte de sua dieta regular de qualquer maneira, devido a seu papel digestivo e benefícios cardiovasculares na saúde.

Um estudo publicado em 2006 na Diabetes Care sugere que a dieta das mulheres grávidas deve ser associada com seu risco de desenvolver GDM. Uma dieta com poucas fibras e alta carga glicêmica, em particular, foi associada com um risco aumentado.

O que Procura?
Colestase da Gravidez: Sintomas, Causas e Tratamentos

Ingira comidas ricas em fibras e pobres em gorduras e calorias. Tais comidas incluem frutas frescas com baixa taxa glicêmica, vegetais, grãos inteiros, cereais, ervilhas secas, castanhas e oleaginosas.

Exercite-se

exercicio-durante-a-gravidez

Independente se tiver ou não diabetes gestacional, exercitar-se regularmente durante a gravidez é importante. Além de prevenir uma cultura sedentária e ganho indesejado de peso durante a gravidez, os exercícios ajudam a melhorar o metabolismo da glicose e reduzir a resistência do corpo à insulina.

Como um benefício adicional, os exercícios podem ajudar à aliviar alguns desconfortos comuns da gravidez, incluindo a dor nas costas, câimbras musculares, inchaço, constipação e dificuldade ao dormir. Eles também te preparam mental e fisicamente para o nascimento do bebê.

A Caminhada é o melhor exercício quando se está grávida, mas se certifique de nunca exagerar. Inclua mais caminhadas no seu dia, andando até as lojas locais ao invés de dirigir, andando num parque aberto ou jardim e se movimentando ao usar o telefone.

Nota: Antes de começar ou continuar qualquer forma de atividade física durante a gestação, sempre consulte seu obstetra ou parteira.

Opte por uma dieta livre de açúcar

dieta-livre-de-acucar

Não importa o quanto você esteja desejando algo doce, você deve ser forte o bastante para sobreviver os últimos meses de gestação sem comidas doces.

Evite todos os tipos de produtos açucarados, incluindo doces, sobremesas, sorvete, biscoitos, balas, bolos e frutas adocicadas como manga ou banana. Adicionalmente, evite toda sorte de refrigerantes e bebidas adoçadas como sucos manufaturados. Estes itens frequentemente contêm grandes quantidades de açúcar e calorias, mas em troca
oferecem muito pouco em termos nutritivos.

Seguir uma dieta sem açúcar vai ajudar significativamente a controlar seus níveis de açúcar no sangue. Contudo, para satisfazer seus desejos, você pode usar adoçantes artificiais ao invés de utilizar açúcar.

Aspartame e sucralose são adoçantes artificiais que foram testados e aprovados, sendo considerados seguros para se ingerir durante a gestação. Porém, evite açúcares alcoólicos como sorbitol e xilitol.

Beba chá de canela

cha-de-canela

Existem vários componentes na canela que promovem o metabolismo da glicose. Os componentes bioativos têm um efeito benéfico em reduzir a glicose plasmática, bem como o colesterol de lipoproteínas de baixa densidade (LDL), o colesterol de lipoproteínas de alta densidade (HDL) e níveis de triglicérides.

Este tempero é seguro para se tomar durante a gestação. Apenas meia colher de chá de canela em pó diariamente pode reduzir os níveis de açúcar no sangue e aumentar a sensibilidade do corpo à insulina.

– Beba chá de canela pelo menos uma vez ao dia. Para fazer o chá, ferva um pau médio de canela em água quente por dez minutos e depois beba o chá refrescante.

– Você também pode polvilhar um pouco de canela em pó no seu mingau de aveia, smoothies e iogurte, ou incorporar a mesma em sua refeição de frango ou peixe.

Nota: Não tome canela em excesso, pois ela pode causar contrações involuntárias. No mais, existem certos compostos neste tempero que podem ser tóxicos para seu bebê quando tomado em excesso. Verifique com seu médico antes de tomar canela.

Durma bem

Durante a gravidez, é comum se sentir fadigada e exausta devido às mudanças hormonais no corpo. O nível de fadiga e exaustão pode ser muito maior se você tiver Diabetes Gestacional.

O que Procura?
Insônias na Gravidez - Como as combater?

Para ajudar seu corpo a lidar com a fadiga e cansaço, sempre o escute e tire o tempo necessário para descansar e dormir. Dormir sempre ajuda no desenvolvimento do feto e estoca a energia necessária para o trabalho de parto.

Quando estiver grávida, tente dormir sob seu lado esquerdo, com os joelhos dobrados. Isto reduz a tensão nas costas, o que muitas vezes leva a um sono desregulado.

Também descanse durante o dia. Uma soneca relaxante de 30 minutos, algumas vezes, durante o dia pode te ajudar a lutar contra a fadiga.

Tenha em mente que muito ou pouco sono pode contribuir para o aumento em seus níveis de glicose no sangue.

Lide com o estresse

lide-com-o-estresse

Se você tiver sido diagnosticada com diabetes gestacional, não há necessidade de se preocupar muito com isso. Com o cuidado e tratamento apropriados, nada vai acontecer com seu bebê.

Por outro lado, se preocupar demais o tempo todo com a saúde do feto vai aumentar, e muito, seus níveis de estresse.
Muito estresse pode aumentar os níveis de cortisol, o que pode afetar a saúde do bebê. O estresse também pode deixar as grávidas muito preocupadas e fadigadas, o que por sua vez tem um impacto no sono das mesmas.

Estresse também pode levar ao trabalho de parto prematuro devido à liberação de hormônios responsáveis pelas contrações. Logo, é importante manter os níveis de estresse sobre controle.

Aprenda e pratique meditação, bem como respirações lentas e profundas para lidar com o estresse. Você também pode falar sobre seus problemas e medos com seu parceiro, família, amigos e médico.

Tome os remédios prescritos corretamente

Por último, mas não menos importante, se seu médico tiver prescrito remédios para ajudar no controle de sua diabetes gestacional, é importante tomá-los corretamente.

Entre 10 e 20 por cento das mulheres com diabetes gestacional precisam de insulina para manter seu nível de açúcar no sangue sobre controle. Seu médico pode prescrever insulina oral ou injeções.

Nunca se esqueça de tomar seu remédio, pois deixar de tomar uma única dose pode resultar num aumento severo do açúcar no sangue. Isto, por sua vez, pode ser ruim para a criança crescendo em seu ventre.

Juntamente com o remédio de diabetes, você deve tomar suplementos de ferro e cálcio conforme indicado pro seu médico. Estes suplementos são importantes para sua saúde e a de seu bebê.

Dicas adicionais:

– Durante o dia, coma porções menores de comida com mais frequência. Escolha comidas que sejam variadas para que você possa aproveitar toda e cada refeição.

– Inclua mais vegetais folhosos em sua dieta.

– Coma frutas com taxa glicêmica baixa, como maçãs, laranjas, melancias e assim por diante.

– Limite a quantidade de gordura que você ingere, particularmente as saturadas. Faça uso de gorduras saudáveis na cozinha como azeite de oliva e óleos poli-insaturados; e coma comidas com gorduras saudáveis como abacates e castanhas sem sal.

– Coma duas refeições de proteína ao dia, uma vez que a proteína é importante para o crescimento do feto.

– Inclua duas ou três refeições de baixa caloria, ricas em cálcio em sua dieta todo dia.

– A melhor bebida para seu corpo é água. Simples água mineral com um toque de limão ou lima é o bastante para manter seu corpo hidratado.

– Monitore de perto os movimentos de seu bebê. Se você não sentir nenhum movimento por algumas horas, procure o médico imediatamente.

Recursos:

http://care.diabetesjournals.org/content/29/10/2223.short
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4229159/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26241422

01. outubro 2016 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *