Lili Caneças

Maria Alice Custódio Carvalho Monteiro, conhecida como Lili Caneças, nasceu a 4 de Abril de 1944. Aos 16 anos venceu um concurso realizado no Casino do Estoril, no qual se apresentou vestida de índia. Na sequência dessa vitória, foi entrevistada pelo então apresentador da Rádio Televisão Portuguesa (RTP), Henrique Mendes. Impressionado com a sua aparência física, Henrique Mendes apresentou-a na televisão.

Lili Caneças Antes e Depois & Biografia

 

Nessa altura, Lili Caneças conta que era bastante assediada, iniciando um namoro num dia, para o terminar no dia seguinte. Apesar dos inúmeros namoros e da legião de admiradores que teve no liceu e na faculdade, a socialite conta que só tinha olhos para a distante estrela de Hollywood, Marlon Brando.

Estudou no Liceu de Oeiras e mais tarde, frequentou durante três anos o curso de Filologia Germânica na Faculdade de Letras de Lisboa, da Universidade Clássica de Lisboa. Não chegou a concluir o curso, optando por começar a trabalhar como hospedeira da TAP, no aeroporto de Lisboa.

Deixou a profissão de hospedeira para se casar, aos 20 anos, com o abastado empresário da construção civil e do mercado imobiliário Álvaro Caneças. A relação durou 17 anos e o casal teve dois filhos, João e Rita. Lili Caneças descreveu o fim da relação como um dos piores momentos da sua vida. Afirmou que naquele momento, todos os pilares em que acreditava se desmoronaram: a família, os amigos e Deus. Ela resolveu terminar a relação pois não estava satisfeita com a falta de afeto que o marido demonstrava, chegando a afirmar: “percebi que a maneira de o meu ex-marido mostrar que gostava de mim era a dar-me tudo”.

Depois do divórcio, Álvaro Caneças continuou a contribuir monetariamente, ajudando Lili Caneças e a filha Rita. Ao descobrir que Lili iniciara uma nova relação, o seu ex-marido cortou os apoios, fazendo com que a mãe e filha passassem por dificuldades. Nesta fase mais difícil, Lili Caneças nunca perdeu a postura e quando tinha que limpar a casa, fazia de conta que estava no ginásio.

Posteriormente à separação, tentou voltar a usar o seu nome de solteira, mas notando que ninguém a reconhecia dessa forma, optou por manter o apelido do seu ex-marido. Lili Caneças teria mais duas relações especiais, depois de se divorciar. Ambas as relações foram problemáticas, porque os seus apaixonados eram homens cheios de vícios, com facetas de playboys bem vincadas. Numa entrevista dada em Março de 2006, Lili confessou a sua tendência para se apaixonar perdidamente por homens complicados, desequilibrados e perversos. Terminadas estas relações, mostrou-se triste com o sexo masculino em geral, afirmando que todos os homens da sua vida quiseram apenas usá-la como troféu.

Em 2001 foi convidada pela SIC, para participar no reality show “O Bar da TV”. O programa consistia no acompanhamento constante de 12 candidatos que tentavam gerir um bar nas docas de Lisboa. O programa foi apresentado por José Gabriel, cabendo a Lili Caneças o papel de comentadora residente. Os altos níveis de audiências atingidos, ajudaram-na a atingir uma ainda maior projeção nacional.

Em 2005, participou na Quinta das Celebridades II, um reality show da TVI que consistia em colocar 12 famosos, habituados a uma vida de luxo, numa quinta, sem água quente, e com a casa de banho colocada no exterior da casa. Entre outras tarefas, cabia aos concorrentes tratar dos animais e da horta. Lili Caneças foi capa de jornal, ainda antes de entrar, por ameaçar não participar no programa, caso Sá Leão, realizador de filmes pornográficos entrasse. No programa, Lili foi uma das últimas concorrentes a sair, sendo expulsa apenas na penúltima semana do programa.

Um ano depois, a sua nova cirurgia plástica foi amplamente divulgada nas revistas cor-de-rosa. Lili fez uma ritidectomia (lifting facial), com o intuito de alisar e esticar as rugas do rosto, do queixo e do pescoço e uma blefaroplastia, destinada a retificar a pele das pálpebras superiores e inferiores. Na sequência da cirurgia, afirmou que exteriormente parecia ter perdido no mínimo 15 anos. Palavras que seriam alvo de troça na imprensa.

Em 2008, aos 64 anos, garantiu que a fase das futilidades havia chegado ao fim e que se iria concentrar numa carreira de atriz. Tornou-se depois comentadora televisiva no programa Você na Tv, integrando a rúbrica Dizem Elas e Ele, que também foi integrada por Cinha Jardim e Flávio Furtado. Para além da sua carreira televisiva possui uma joalharia e criou também uma linha de joias, que foi comercializada através das televendas.

Em Abril de 2011, foi a protagonista involuntária do Baile da Rosa, um evento de cariz solidário, realizado na Cadeia da Relação, no Porto. Ao chegar às escadarias e a posar para os jornalistas, iniciou-se o fogo-de-artifício, que estava colocado ao nível do chão, fazendo com que a cauda do seu vestido se incendiasse.

Foi um operador de câmara da TVI, que mantendo o sangue frio, apagou prontamente o fogo, pisando a cauda do vestido com os pés. Lili Caneças confessou que chegou a pensar que iria morrer queimada. Curiosamente, a socialite tinha passado por algo semelhante, quando dois anos antes, ao participar na procissão das velas em Fátima, alguém lhe incendiou inadvertidamente o cabelo.

O seu ex-marido iniciou recentemente um processo em tribunal, com o propósito de a impedir de continuar a usar o seu apelido. As desavenças e reconciliações de Lili Caneças, com outros membros do jet-set nacional, como Cinha Jardim e José Castelo Branco têm sido uma constante e já fazem parte da normalidade da vida social dos colunáveis portugueses. No final de Novembro de 2011, a TVI anunciou o fim da rúbrica Dizem Elas e Ele, por questões orçamentais, ditando assim o fim da presença de Lili Caneças no canal.

Em 2006 foi lançada a biografia autorizada de Lili Caneças, escrita por Flávio Furtado, com o título “Lili Caneças – Cinderela ao Contrário”.

Pesquisar Mais Famosos Antes e Depois de A a Z:

IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT
IMG_HOVER_TEXT

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:19 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)