Fotos Antes e Depois

Luz Intensa Pulsada

O que é Luz Intensa Pulsada (IPL)?

IPL é o acrónimo em inglês para Luz Pulsada Intensa. Esta tecnologia concentra a luz numa determinada área, tornando-a mais intensa. Atinge-se a totalidade do espectro de comprimentos de onda da luz visível. O facto de ser pulsada permite o controlo dos impulsos aplicados, adequando-os ao efeito pretendido. Nos aparelhos mais avançados, são utilizadas lentes de safira azul refrigeradas, para maior potência e máximo conforto.

Luz Intensa Pulsada – IPL ( Intense Pulsed Light):

Este sistema inovador foi criado a partir da utilização do método do Laser que, com os seus resultados evoluiu para um sistema indolor, sem efeitos secundários, adaptável a cada tipo de epiderme sem qualquer risco de queimaduras ou pigmentação, com uma eficácia excelente para cada caso em concreto. Investigações demonstram claramente que um flash de luz intensa penetra através da epiderme, é absorvido e assimilado pela região do bolbo piloso e actua como um inibidor do folículo piloso através do aumento temporário da temperatura gerada.

O folículo tem várias partes de interesse:

Papila Dermal: A papila dermal dirige e dita a geração embrionária do folículo piloso e retém estas capacidades instrutivas durante a vida do folículo piloso. É composto por um grupo activo de células, com a capacidade de induzir o desenvolvimento do folículo directamente da derme e a produção da fibra do pêlo. Quanto maior for a Papila Dermal, mais células terá – mais grossa será a fibra do pêlo que o folículo piloso produzirá.

Base de Lamina: A base de Lamina é uma fina camada de células que separam a Papila Dermal das células de revestimento do pêlo, fornecendo uma barreira entre a derme e a epiderme.

Células Matrix: As Células Matrix são células derivadas das da Epiderme, perto da Papila Dermal. Estas células permanecem indiferenciadas e focadas em multiplicarem-se e proliferarem para produzirem mais células. Estão localizadas no centro do folículo piloso e estão designadas para virem a constituir parte da fibra do pêlo. Quando isso acontece, passam a denominar-se Células de Córtex (ou Corticais).

O que Procura?
O Fluoreto Faz Mal à Saúde? Ele não está presente apenas na água

Células de Córtex (ou Corticais): Estas células são originárias das Células Matrix, com a função de se tornarem na parte fibrosa do pêlo. Conforme as células se multiplicam, a constante cadeia de produção empurra as células para cima ao encontro da superfície da pele. Neste movimento começam a diferenciar-se em vários tipos de célula. As células Córtex mudam de uma aparência redonda para uma forma plana. São comprimidas em camadas (Lamela). Se o folículo piloso contiver células melancócitas, o pigmento da melalina é incorporado nas células córtex. Estas células córtex tornam-se queratinizadas e duras. Conforme isso acontece, torna-se impossível às células funcionarem correctamente e assim começam a morrer. As células queratinizadas são então separadas da região do bolbo piloso e dirigidas para cima, enquanto novas células se desenvolvem em baixo. As células córtex são agora parte da fibra morta queratinizada. Isto é o pêlo que vemos.

Capilares: Pequenos vasos sanguíneos que trazem nutrição e oxigénio via corrente sanguínea aos folículos pilosos e recolhem o CO2 e os detritos produzidos no circulo metabólico das células. Quando aplicamos o tratamento de Luz Pulsada, a luz penetra na epiderme e é absorvida pelas células.

A área mais escura absorve a maior parte de energia. A área escura está localizada nas células Matrix (as células que produzem a fibra do pêlo), as quais têm a melanina incorporada. Outra área escura é a área Capilar – especialmente os capilares que têm veias sanguíneas inseridas. As veias sanguíneas são mais escuras porque contêm desoxihemoglobina, e não têm ligação de oxigenação. Ao dispararmos um impulso de luz, muitas células estão coaguladas e não funcionam.

Células Matrix, que não estejam coaguladas, são impulsionadas a activar as suas bombas de cálcio. De acordo com Friedman, um intenso impulso de luz causará uma vasta libertação de cálcio da mitocondria no citoplasma. A hiper actividade das bombas exaustão de Ca+2 de ATP (Adenosine Tri-Phosphate – uma molécula energética) bloqueia e impede a actividade das células, ocasionando a inibição do metabolismo da célula, resultando em menos células córtex e consequentemente – menos pêlo ou mais fraco pêlo e menos pêlos terminais.

O que Procura?
Alimentos para limpar o fígado

Outro efeito do IPL é o pontilhar dos vasos capilares. As coberturas perturbam a circulação sanguínea ao folículo piloso, o que resulta em menos alimento e oxigénio entregue no folículo piloso, tendo como consequência uma diminuta capacidade de produção de pêlo. Estes três factores causam a redução e eliminação dos pêlos. A coagulação é a razão principal, mas as duas causas posteriores também são as responsáveis pela perda de pêlos. Com vista a ter uma redução e eliminação efectiva de pêlos, quantidades de energia em significância devem ser aplicadas na derme.

Dois factores antagónicos devem ser considerados para obtenção de resultados de sucesso: Cada folículo piloso deve ser danificado, mas o tecido circundante ,em especial a epiderme, deve ser protegida de qualquer efeito colateral. Esta técnica é muito eficaz na redução de pêlos, pois opera em todos os tipos de pêlo (apenas os brancos estão excluídos), e fornece a energia necessária para diminui-los em quantidade. A melalina pode ser facilmente alvejada pela luz intensa pulsada, através de um raio visível espectral.

O ciclo de vida do pêlo é composto por várias fases. A melhor fase para atingir o folículo é quando este se encontra na fase de crescimento – A Anagése. Nesta fase encontra-se a maior concentração de melalina e fornecimento sanguíneo, o que quer dizer que nesta fase encontraremos a maior diferenciação de cor entre o folículo e os tecidos circundantes.

Alcançar o folículo piloso nesta fase origina as melhores condições para o inibir da produção do pêlo. Ao falhar esta fase, o folículo irá continuar o processo de crescimento do pêlo e eventualmente retornará uma vez mais à sua fase Anagénica, de acordo com o seu ciclo natural. A duração de cada fase muda conforme o local anatómico em questão e varia entre várias semanas a vários meses.

Tendo em conta todos os factores acima mencionados, descobrimos que: se a fonte de luz é projectada por um feixe direccional mais largo (maior área), durante um período curto de tempo (energia concentrada), com alta intensidade (melhor penetração), e baixo índice de repetição (maior tempo de refrigeração), ocorre um aumento de penetração e destruição do folículo. Isto aumenta a possibilidade de afectar uma maior área de centros de crescimento e uma maior hipótese de destruição do folículo piloso. No entanto, no sentido de proteger a melalina epidermal de danos, um gel refrescante à base de água é aplicado na superfície da pele.

O que Procura?
Câimbras - Causas, Tratamento, Medicamentos e Como Prevenir

01. Maio 2011 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *