Maturidade Escolar - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Maturidade Escolar

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Maturidade Escolar

É comum dizer-se que a educação escolar confere um passaporte para a vida e que os seus portadores poderão auferir, no futuro, de melhores condições de vida para a expressão contínua das suas potencialidades e consequente contributo para a evolução dos sistemas sociais. Para a entrada no primeiro ciclo de escolaridade obrigatória são necessárias competências básicas ou pré-requisitos, de onde principal de entre os requisitos é naturalmente, o factor maturidade, directamente ligado à idade cronológica.

Será necessário chegar à fase dos 6/7 aos 10 anos para que a sua inteligência, adquira um carácter operatório percursor da inteligência lógica, muito embora esta aquisição seja lenta. Desta forma parece-me preocupante que a criança seja confrontada com os programas de
aprendizagem, antes de efectivar os 6 anos de vida. Segundo o psicólogo clínico Paulo Passos “Fala-se de maturidade escolar, não apenas no que diz respeito à capacidade de desempenho e de rentabilidade académica. Por Maturidade Escolar entende-se a capacidade de integrar com uniformidade e harmonia, novos espaços relacionais, de crescimento e desenvolvimento, onde as aprendizagens específicas ocupam igualmente o seu território mas não esgotam o conceito de maturidade para a escola.”

Só por volta dos 6/7 anos, quando a criança alcança a Maturidade Escolar, passa a decifrar o mundo através das imagens que o professor traz, pois o importante da pedagogia não é apenas a transferência de um mero saber, mas como os alunos podem estabelecer uma relação viva com aquilo que aprenderam, o que são e o que vivenciam no mundo. Gostaria de aproveitar esta ocasião para insistir na gravidade da escolarização precoce das crianças e eventuais implicações desorganizadoras para o desenvolvimento.

Correndo o risco de contrariar alguns pais e professores, partidários da criação de “pequenos alunos à força”, parece-me grave que ainda se verifique que a 1ª matrícula na escolaridade obrigatória seja feita ainda aos 5 anos, muitas vezes passando a criança todo o 1.º período escolar com esta idade. Contudo devo referir que me posiciono no intento de sensibilizar para a necessária consciencialização da real vivência da infância, que não termina aos 5 anos.

A escolaridade obrigatória deve coincidir com o designado período de latência, que ocorre, na generalidade, dos 6/7 aos 10/11 anos. Como consequência a criança vai perder o prazer natural de aprender e de exercitar o pensamento, pois esse prazer é proposto ou imposto precocemente e geralmente sob pressão de pais preocupados em apressar o êxito escolar dos filhos. Pesquisas com crianças precocemente escolarizadas, quando ainda não atingiram o grau de maturidade intelectual e afectiva necessárias para lidar com segurança e espontaneidade com as tarefas que a escola exige, demonstram que elas apresentam, em curto prazo sintomas como dificuldades de atenção, cansaço escolar, défices de atenção e uma auto-estima reduzida, pois há um desajuste de expectativas entre a criança e as figuras parentais, bem com a generalidade dos meios sociais.

Assim, é de maior importância que os pais observem os filhos com mais atenção antes de aceitar ou exigir a matrícula no 1º ano de escolaridade. E que todos os parceiros desta tarefa de educar: escola, pais e sociedade em geral, unam esforços para que as possibilidades de aprendizagem dos seus filhos não estejam logo à partida centradas no risco de condenação ao fracasso mas que, ao contrário, sejam trampolim para aprendizagens e existências gratificantes.
Ana Paula Pereira
(psicóloga)

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade