Melasma (Cloasma): Conheça as Principais Causas, Sintomas e Tratamentos - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Melasma (Cloasma): Conheça as Principais Causas, Sintomas e Tratamentos

O melasma não é uma condição de pele grave, quando diagnosticada e tratada a tempo.

No entanto, pode ser uma experiência extremamente estressante e desagradável, principalmente quando se desenvolve no rosto.

Melasma Cloasma

Para aqueles que apresentam um risco maior de apresentar a condição, é importante entender a causa, as formas de tratamento e os potenciais riscos associados.

O que é o Melasma (Cloasma)?

Também conhecido como cloasma ou “máscara de gravidez”, essa condição geralmente afeta as mulheres em idade fértil, no entanto, devido às alterações hormonais, a sua ocorrência é mais comum em mulheres grávidas (o conhecido cloasma gravídico).

Esta é uma das razões pelas quais a condição ocorre.

O melasma é um distúrbio de pigmentação que ocorre em algumas áreas da pele, tornando-as mais escuras que as áreas circundantes.

Esse distúrbio ocorre, principalmente, na região facial como as maçãs do rosto, testa, lábio superior e queixo.

A alteração da tonalidade da pele ocorre rapidamente e difere-se em tons de marrom, bronzeado ou “azul-cinza”.

As principais causas dessas manchas são as alterações hormonais, a predisposição genética e a exposição ao sol, podendo apontar um risco de desenvolver câncer de pele.

Melasma Em Homens

Homem Com Melesma No Rosto, Nariz E Maçã Do Rosto

O melasma afeta principalmente as mulheres, cerca de 90% dos casos, embora, seja possível que os homens sofram dessa condição.

Devido à maior sensibilidade das mulheres às alterações hormonais, a condição geralmente pertence ao gênero feminino.

No entanto, em alguns casos, observa-se o aparecimento das manchas de melasma em homens que trabalham expostos ao sol durante longos períodos de tempo.

O tratamento é o mesmo para homens e mulheres e o principal cuidado a seguir envolve evitar a exposição ao sol.

Tipos de Melasma

Existem três tipos principais de melasma – melasma epidérmico, melasma dérmico e melasma misto.

Melasma Epidérmico

Quando o distúrbio afeta apenas a epiderme, que é a camada mais externa das células da pele.

Melasma Dérmico

Este tipo de melasma afeta a derme, que é a camada secundária (ligeiramente mais abaixo) de células da pele.

Melasma Misto

Este último afeta a camada dérmica e epidérmica da pele, simultaneamente.

Causas

Como mencionado anteriormente, as causas do melasma são diversas, podendo por vezes se tornar difícil identificar a causa precisa da condição.

As principais causas incluem:

Estresse

Qualquer mudança nos níveis de estresse pode ter um impacto direto no equilíbrio hormonal, desencadeando o aparecimento periódico de melasma no rosto.

Doenças da tireoide

Quando o corpo não consegue emitir ou regular os seus níveis hormonais, este distúrbio da pele pode surgir como resultado.

Exposição ao Sol

Quando a radiação solar penetra na pele, pode afetar as células responsáveis pela produção de pigmento, resultando em manchas de tonalidade mais escura.

Predisposição genética

Após pesquisas, foram encontradas algumas evidências que apontam para uma possível vinculação genética, no entanto, para que a condição seja considerada hereditária são necessários muitos mais estudos.

Flutuações hormonais

As flutuações hormonais desencadeiam uma explosão de manchas no rosto, causadas pelo distúrbio.

Tal como diz o nome popular, a “máscara da gravidez“, pois, é encontrada com tanta frequência no rosto das gestantes.

As manchas também podem ser resultado de alterações provocadas pelo uso de métodos contraceptivos como as pílulas anticoncepcionais, e ainda, o uso de esteroides e alguns medicamentos específicos.

O Melasma é hereditário?

O distúrbio pigmentar não é considerado especificamente hereditário, porém, admite-se existir uma ligação genética.

Sabe-se que o excesso de melanócitos na derme é conhecido como a causa desencadeante da condição. As mutações no código genético que levam a níveis mais altos de células de melanócitos também podem aumentar o risco de desenvolver melasma em algum momento da vida.

Sintomas

Antes E Depois Da Remoção De Melasma A Laser

Os principais sintomas do cloasma são as manchas faciais escuras, incluindo a ponte do nariz, as maçãs do rosto, testa, queixo e lábio superior.

Embora seja possível desenvolver manchas no pescoço e no antebraço (ou outras áreas que não estão constantemente expostas à luz solar), é muito menos frequente.

As manchas descoloridas são o único sintoma superficial desta condição.

Como Identificar

Existem lâmpadas usadas na medicina dermatológica capazes de iluminar as diferentes camadas da pele, auxiliando os médicos a identificar possíveis infecções nas áreas afetadas.

Basta apenas um exame visual para diagnosticar o melasma. No entanto, em alguns casos, pode ser necessária uma biópsia.

Fatores de risco

Os fatores de risco para este distúrbio da pele estão ligados às causas potenciais, além da sua cor de pele original.

As pessoas com um tom de pele mais escuro tendem a ser mais suscetíveis, incluindo os africanos, asiáticos, mediterrâneos e os nativos do Oriente Médio, bem como das ilhas do Pacífico e América Central.

Neste caso, a única relação entre estas pessoas, é um nível mais alto de melanócitos na pele.

Outros fatores de risco para o aparecimento do cloasma incluem níveis hormonais desregulados, particularmente níveis elevados de progesterona e estrogênio.

Quando estes hormônios são afetados pelas pílulas anticoncepcionais, alguns medicamentos ou pela gravidez, podem rapidamente levar ao desenvolvimento dessas manchas escuras.

A exposição excessiva à luz solar também aumenta o risco de desenvolver a condição, uma vez que a luz ultravioleta pode ter um efeito negativo na produção de células pigmentadas.

Tratamentos

Melasma Antes E Depois Do Tratamento Com Peeling

Existem diferentes formas de ajudar a remediar esta condição de pele potencialmente embaraçosa.

A maioria dos dermatologistas sugere o uso de cremes para clarear a pele, alguns procedimentos cosméticos como o peeling químico, a remoção a laser, ou o uso de esteroides de uso tópico.

Estes tratamentos visam aliviar a pigmentação e tonificar a pele. No entanto, os resultados dependeram sempre de como a pele responde ao tratamento.

Em muitos casos, o melasma desaparecerá por conta própria, geralmente quando a gravidez terminou ou os seus hormônios têm a oportunidade de se reequilibrar naturalmente.

Em algumas pessoas, o problema voltará novamente em algum momento da sua vida.

Portanto, evitar a exposição direta da pele ao sol, muitas vezes é o melhor tratamento / remédio, medida preventiva.

Procedimentos Estéticos

Foto De Melasma Antes E Depois Do Tratamento Estético

Os peelings químicos,o laser, e a dermoabrasão são conhecidos como tratamentos estéticos bastante eficazes para diminuir a aparência das manchas de melasma.

O tratamento é particularmente eficaz para o melasma epidérmico, que afeta apenas as camadas superiores da pele, que muitas vezes são removidas através destes 2 procedimentos.

Cremes que Clareiam a pele

Alguns cremes, géis ou pomadas são capazes de clarear a pele, permitindo diminuir as diferenças entre as zonas mais escuras da pele e as áreas circundantes.

Estes cosméticos não são eficazes para o melasma dérmico, mas muitas vezes podem ajudar a reduzir o quão óbvia a condição se nota.

Abaixo destacamos alguns produtos maravilhosos que clareiam, renovam a pele e protegem-na contra futuras manchas:

C E Feluric – Marca: SkinCeuticals

Phloretin C F – Marca: SkinCeuticals

Anthelios BB – Marca: La Roche-Posay

Anthelios AE Serum FPS 30 – Marca: La Roche-Posay

Anthelios AirLicium FPS30

Anthelios Alta Cobertura FPS 60

Capital Soleil Toque Seco FPS 50 – Marca: Vichy

Sheer Physical UV Defense – Marca: Skinceuticals

Physical Fusion UV Defense – Marca: Skinceuticals

Pigmentclar Serum – Marca: La Roche-Posay

Advanced Pigment Corrector – Marca: SkinCeuticals

Retinol 0.3 – Marca: SkinCeuticals

Idéalia Life Serum – Marca: Vichy

clareador Liftactiv Retinol HA Advanced – Marca: Vichy

Esteroides de uso tópico

Cloasma Antes E Depois De Tratamento A Laser IPL

Existem alguns tipos de esteroides tópicos que podem ser aplicados diretamente nas áreas descoloridas para estimular o equilíbrio adequado das células pigmentares da pele.

A aplicação de esteroides nem sempre é bem-sucedida, mas é um remédio relativamente não invasivo e simples para algumas pessoas.

Referências

https://jamanetwork.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://www.sdsl.com.au/
http://www.sciencedirect.com/

http://europepmc.org/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://www.tandfonline.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/
http://onlinelibrary.wiley.com/

https://link.springer.com/

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade