Fotos Antes e Depois

Mudanças corporais na gravidez

Mudanças corporais na gravidez:

O que é a gravidez?

A gravidez ou gestação corresponde ao desenvolvimento de um bebé (ou mais) dentro do útero (ventre materno). Uma gravidez habitualmente dura cerca de 40 semanas. Existem várias coisas que pode e deve fazer para se manter, a si e ao seu bebé, plenamente saudáveis durante a gravidez.

O que são as consultas pré-natais?

A gravidez implica a realização de checkups regulares com o médico ao longo das várias semanas. Uma boa vigilância antes do nascimento do bebé é extremamente importante. Ajuda a evitar/prevenir problemas durante a gravidez e o parto. Siga os conselhos do médico e não falte às consultas pré-natais. Anote quaisquer questões que tenha acerca da gravidez e da forma como está a ser tratada. Lembrar-se-á, assim, de as colocar durante a próxima consulta. Nesta consulta o seu médico entregar-lhe-á o chamado livro da grávida, onde registará tudo o que de importante ocorre durante a sua gravidez.

O seu médico deverá efectuar-lhe um exame ginecológico aquando da sua primeira consulta pré-natal. O tamanho e a forma do seu útero serão examinados para que se possam obter dados importantes acerca da sua gravidez. Poderá ter de fazer um exame de Papanicolau como medida de rastreio do cancro cervical (do colo do útero). Aquando da primeira consulta, é possível que tenha de fazer análises ao sangue e à urina.

Uma ecografia é um exame indolor que pode ser efectuado durante a gravidez e que recorre ao uso de ondas sonoras (ecos) para obter imagens do feto no interior do seu útero. Também a pode ajudar, a si e ao médico, a confirmar a data de provável do parto.

O seu médico poderá querer vê-la mensalmente ao longo de grande parte da gravidez. Durante as últimas 6 semanas as suas consultas serão mais frequentes. A cada consulta, será devidamente pesada. Proceder-se-á, paralelamente, à medição da pressão arterial e à análise da urina. O crescimento do bebé é avaliado pela altura uterina (medição do abdómen). Terá de fazer análises ao sangue regularmente (geralmente de 2 em 2 meses).

A gravidez é um tempo destinado a escutar o seu corpo. Conseguirá, provavelmente, determinar aquilo que deve e não deve fazer pela forma como se sente. Por exemplo, se estiver cansada, descanse. Coma algumas crackers se estiver com enjoos. Não deverá ingerir bebidas alcoólicas, consumir drogas nem fumar durante a gravidez (mais do que em qualquer altura). Consulte o seu médico antes de tomar quaisquer medicamentos. Eis algumas informações relativas às mudanças que se verificarão no seu corpo durante a gravidez. Damos-lhe ainda algumas sugestões sobre como pode tratar melhor de si e do feto.

Mudanças corporais: A gravidez origina várias mudanças no corpo.

Dores nas costas

É provável que tenha dores nas costas à medida que o feto se desenvolve. Ser-lhe-á, porventura, mais fácil agachar-se do que baixar-se. Ao agachar-se, use os músculos das pernas e não os músculos das costas. Tente adoptar uma postura correcta, mantendo-se direita. Use sapatos que lhe permitam uma boa base de apoio e com saltos rasos. Descanse bastante. Uma massagem nas costas também pode ajudar a aliviar as dores. O uso de uma cinta de grávida pode ser útil.

Sangramento das gengivas

Informe o seu médico se este problema se verificar. Lavar os dentes e usar o fio dental durante a gravidez ajudá-la-á a manter as gengivas e os dentes saudáveis. Pode ir ao dentista enquanto estiver grávida. Certifique-se, porém, de que o informa acerca do facto de estar grávida.

Seios

Os seus seios ficarão maiores, mais pesados e, possivelmente, mais sensíveis. Poderão causar-lhe um certo desconforto. Um bom soutien, que suporte devidamente o peito, usado por vezes durante 24 horas por dia, poderá ajudá-la a sentir-se melhor. É possível que um líquido transparente ou semelhante ao leite lhe comece a sair dos mamilos. É possível que sinta os mamilos muito sensíveis. Lave-os apenas com água. Se desejar, aplique um pouco de lanolina (comprada em farmácias) nos mamilos para o alívio das dores.

O que Procura?
Enxoval da Mamãe no Hospital

Leia mais sobre as mudanças nas mamas da grávida nas primeiras semanas.

Prisão de ventre

A gravidez pode tornar as fezes duras e dificultar a defecação (evacuação). Beber muitos líquidos e ingerir alimentos como cereais integrais, passas, fruta (kiwi) e legumes crus pode ajudar. A prática diária de exercício físico pode atenuar a prisão de ventre. Consulte o seu médico antes de tomar um laxante.

Azia

É uma queixa comum inerente à gravidez e provocada pelas alterações hormonais. À medida que o útero aumenta, um conjunto de ácidos provenientes do estômago regurgita para o esófago causando essa sensação de azia e ardor. Fazer refeições ligeiras e frequentes em vez de 3 grandes refeições pode ajudar. Não ingira alimentos gordurosos ou picantes, nem se deite depois de comer. Baixar-se ou estar deitada pode agravar a azia. Informe-se junto do médico sobre a possibilidade de tomar substâncias antiácidas para ajudar a reduzir a azia.

Hemorróidas

São veias dilatadas, localizadas na zona rectal, que podem provocar dor e comichão. Resultam da pressão que o útero em crescimento exerce sobre as veias rectais. Uma alimentação equilibrada, a ingestão de líquidos e o exercício físico ajudá-la-ão a manter as fezes moles. Tudo isto poderá evitar a formação de hemorróidas.

Cãibras nas pernas

As cãibras nas pernas podem resultar do cansaço ou da ingestão insuficiente de alimentos ricos em cálcio. À medida que o seu bebé cresce e exerce pressão na parte inferior do corpo, as suas pernas poderão deixar de receber sangue em quantidade suficiente. Tente repousar regularmente com as pernas acima do nível do coração. Beba leite e coma iogurtes e queijo. Informe o médico se tiver cãibras nas pernas. Além disso, converse com o médico acerca da sua alimentação. Poderá ter de tomar diariamente medicamentos à base de cálcio ou magnésio.

Alterações de humor

Poderá passar rapidamente de um estado de alegria a um estado de tristeza ou de depressão ligeira. Estas alterações de humor prendem-se, entre outras coisas, com as hormonas do seu organismo. Converse com o seu médico ou com alguém que lhe esteja mais próximo se se sentir demasiado deprimida ou pensar, porventura, em fazer mal a si própria ou ao bebé.

Enjoos matinais

É possível que tenha náuseas e vómitos a qualquer hora do dia. Fazer refeições ligeiras e frequentes e não ingerir alimentos gordurosos ou picantes deverá ajudar a reduzir os enjoos matinais. Coma algumas crackers ou uma tosta seca antes de se levantar da cama de manhã. Consulte o seu médico se as náuseas e os vómitos persistirem para além dos primeiros 3 meses de gravidez ou se estiver a perder peso. Não tome medicamentos para os enjoos e para os vómitos sem consultar previamente o médico.

Dores nos ligamentos redondos

Existem, de cada lado do útero, bandas de tecido, designadas por ligamentos, que mantêm o útero no lugar, na cavidade abdominal. À medida que o seu útero se desenvolve ao longo da gravidez, estes ligamentos sofrem uma grande pressão, passível de provocar dor abdominal. Esta situação é absolutamente normal, pelo que não se deverá preocupar. Deitar-se sobre o lado onde tem dores pode ajudar a reduzir o mal estar.

Pele

É possível que lhe apareçam marcas rosadas, designadas por estrias, na pele. Não há muito que possa fazer para as evitar, tente usar um creme anti estrias que se vendem nas farmácias. As estrias por vezes desaparecem após a gravidez, geralmente existe uma certa tendência familiar. É possível que sinta a sua pele seca e pruriginosa. Uma loção ajudará a suavizar e a aliviar a pele. A pele da cara poderá ficar mais escura. Poderá evitar esta situação usando um protector solar ou evitando a exposição ao sol. É possível que note um escurecimento da pele à volta dos mamilos e por baixo do umbigo. Após o nascimento do bebé, a sua pele voltará ao normal.

Inchaço

Numa fase mais adiantada da gravidez, poderá ficar com os dedos, os pés e os tornozelos inchados. Deitar-se 2 ou 3 vezes por dia poderá diminuir o inchaço, assim como erguer as pernas acima do nível do coração, durante 10 ou 15 minutos. Tal ajudá-la-á, ainda, a sentir um maior alívio nas pernas.

O que Procura?
Fazer Dieta Durante a Gravidez?

Deite-se virada para o lado esquerdo ao dormir. Nesta posição, o fluxo sanguíneo processa-se de forma mais eficaz das pernas para o coração. Beba muitos líquidos. Não tome diuréticos (a não ser se prescritos pelo seu médico). Use meias elásticas. Elas ajudam a aliviar a pressão exercida nas pernas.

Cansaço

É provável que tenha necessidade de dormir mais para se sentir melhor. Descanse durante intervalos de 10 ou 15 minutos durante o dia. Se estiver devidamente repousada lidará melhor com as alterações físicas e emocionais inerentes à gravidez.

Vontade de urinar

Terá vontade de urinar mais frequentemente à medida que o útero em desenvolvimento pressionar a bexiga. É possível que também comece a ter perdas de urina ao tossir, espirrar ou ao mover-se.

Infecções urinárias

As infecções urinárias são mais comuns durante a gravidez e muitas vezes não dão quaisquer queixas!. A sua urina será analisada em cada consulta ( e de 2 em 2 meses através de uma urocultura). Contacte o médico de imediato se sentir ardor ou dores ao urinar. Ser-lhe-á prescrito um antibiótico se se comprovar infecção.

Corrimento vaginal

É possível que detecte um corrimento mais espesso e intenso, que poderá ter cheiro. Na maior parte dos casos, não há qualquer motivo para alarme sendo normal na gravidez. No entanto, é possível que tenha uma infecção vaginal. Consulte o seu médico se sentir ardor ou prurido ou se estiver preocupada acerca do corrimento.

Veias varicosas

São veias dilatadas, na gravidez ocorrem frequentemente nas pernas ( se tiver familiares com veias varicosas, corre um risco elevado de que elas surjam aquando da sua gravidez). O bebé em crescimento e a permanência em pé durante longos períodos podem originar uma grande pressão sobre estas veias. Se tiver veias varicosas nas pernas, deverá repousar frequentemente com as pernas elevadas. O uso de meias elásticas ajudá-la-á a aliviar a pressão nas pernas. Se tiver veias varicosas na zona genital (entre as pernas), repouse frequentemente com uma pequena almofada debaixo da região das nádegas. As suas veias varicosas deverão melhorar ou desaparecer após o parto.

Alimentação

Mantenha uma alimentação saudável, pois aquilo que come serve como alimento tanto para si como para o seu bebé. Uma alimentação saudável também a pode ajudar a sentir-se melhor e a ter mais energia. Seleccione diariamente alimentos de cada um dos 4 grupos alimentares: fruta e legumes, pão e cereais integrais, carne, peixe, carne de aves, ovos, frutos secos e feijão, lacticínios e queijo.

É possível que não consiga ingerir todas as vitaminas de que você e o bebé necessitam só a partir daquilo que come. Assim, o seu médico poderá querer que tome diariamente comprimidos à base de vitaminas e ferro. Os comprimidos de ferro poderão favorecer a prisão de ventre, o que lhe dificultará a evacuação. Lembre-se, por isso, de beber muitos líquidos, mantenha uma alimentação saudável e faça exercício físico.

Beba pelo menos 6 a 8 copos por dia de líquidos como leite, água ou sumo. Reduza o consumo de bebidas com cafeína, tais como o café, o chá e determinados refrigerantes. Não ingira bebidas alcoólicas durante a gravidez. O álcool pode provocar defeitos congénitos no bebé, bem como outros problemas. O seu bebé terá mais probabilidades de nascer saudável se deixar de beber hoje mesmo.

Vestuário

Use o que quer que considere confortável e nada que seja justo. O uso de sapatos rasos ou com um tacão pequeno poderá ajudá-la a manter o equilíbrio e a evitar quedas.

Duche

Pode tomar duche durante a gravidez, mas atenção às quedas !. Consulte o seu médico se tiver quaisquer questões acerca do duche.

Exercício físico

O exercício físico regular durante a gravidez é importante. Peça ajuda ao seu médico para criar um programa de exercícios físicos específico para o seu caso. O exercício físico ajuda-a a sentir-se melhor e a manter a boa forma física. O trabalho de parto poderá ser mais fácil se praticar exercício físico. Comece lentamente, se não tinha uma vida activa antes da gravidez. Caminhar e nadar são óptimas opções. Não faça nenhum exercício físico passível de provocar lesões, a si ou ao bebé (desportos radicais !). Coloque ao seu médico quaisquer questões que tenha acerca do exercício físico.

Piscinas térmicas

Não frequente piscinas térmicas tipo hot tub nem faça sauna enquanto estiver grávida.

O que Procura?
Gravidez de Gêmeos: Sinais, Sintomas e o Que deve Saber

Sexo

Poderá ter relações sexuais até muito pouco tempo antes de entrar em trabalho de parto, a menos que existam problemas (nomeadamente ameaça de aborto ou contracções prematuras, ou ruptura da bolsa de águas) . O seu médico deverá recomendar-lhe que limite ou que não tenha relações sexuais se tiver uma hemorragia vaginal ou no caso de dores no abdómen ou na vagina.

Deixar de Fumar

Não fume durante a gravidez. O seu bebé poderá ter um peso reduzido à nascença se fumar durante a gravidez. Fumar aumenta as probabilidades de um parto prematuro ou os riscos de que o seu bebé venha a ter problemas de crescimento. Os filhos de fumadoras têm com frequência problemas respiratórios, pense nisso.

Consumo de Drogas

Não consuma quaisquer drogas de rua tais como cocaína, marijuana ou heroína, especialmente, enquanto estiver grávida. Estas drogas podem causar habituação e problemas graves ao bebé.

Viagens

A melhor altura para viajar é durante o 4º a 6º mês. Os seus enjoos matinais deverão ter desaparecido e é provável que se sinta com mais energia. Aconselhe-se com o seu médico antes de fazer uma viagem. As sugestões seguintes poderão ser-lhe úteis.

Use sempre o cinto de segurança se viajar de carro. Os riscos de traumatismo causados pelo cinto são muito menores que os riscos de não o utilizar ! Aperte o cinto colocando a parte inferior por baixo do umbigo, ao contrário do habitual. Roupas largas ajudá-la-ão a sentir-se melhor. Pare de 2 em 2 horas para sair do carro e caminhar um pouco. É seguro viajar de avião durante a gravidez.

Se se sentar num lugar junto ao corredor, ser-lhe-á mais fácil ir à casa de banho ou circular dentro do avião. Consulte o seu médico acerca da realização de viagens de avião durante o último mês de gravidez (algumas Companhias Aéreas não o permitem).

Viajar pode perturbar-lhe o sono e provocar distúrbios no estômago. Não tome quaisquer medicamentos, incluindo laxantes (medicamentos para ajudar a estimular o aparelho intestinal) e comprimidos para o enjoo, sem consultar previamente o médico.

Toxoplasmose

É uma infecção que as mulheres grávidas estão sujeitas a contrair se ingerirem carne crua ou se se manipularem as caixas onde os gatos fazem as suas necessidades. Pode originar defeitos congénitos graves.
O seu médico pedirá análises que demonstrarão se já está protegida (por contacto prévio) desta infecção.

Lave as mãos depois de tocar em carne crua e certifique-se de que a come bem passada. Evite enchidos e conservas de que não saiba a proveniência. Peça a uma outra pessoa que limpe a caixa onde o gato faz as suas necessidades. Não faça jardinagem sem luvas. Lave sempre as mãos antes de ingerir qualquer alimento.

Trabalho

Não tem forçosamente que deixar de trabalhar enquanto está grávida. Consulte o seu médico se trabalhar em ambientes com substâncias venenosas ou nocivas. Se for saudável, poderá trabalhar até pouco tempo antes do parto. Questione o seu médico relativamente a quando é que poderá voltar ao trabalho.

Contacte o médico se:

  • Detectar sinais de sangue ou líquido a sair da vagina.
    Tiver a cara, os dedos, os braços, os tornozelos ou os pés inchados e dilatados.
    Tiver dores de cabeça frequentes ou que não desapareçam.
    Vomitar mais de 3 a 4 vezes por dia.
    Sentir tonturas, sensação de desmaio, perda de nitidez da visão.
    O seu bebé não se tiver movido pelo menos 10 vezes em 12 horas.
    Tiver arrepios ou febre acima dos 38ºC.
    Sentir ardor ao urinar ou estiver a urinar menos.
    Estiver a ter contracções frequentes e regulares e ainda não tiver completado 37 semanas de gravidez.
    Tiver quaisquer questões acerca da sua gravidez, ou sentir que algo está mal.

Dirija-se imediatamente a uma Urgência Hospitalar se:

  • Tiver uma hemorragia vaginal muito intensa, caracterizada por uma coloração vermelha viva e por ausência de dor (ou com dor).
    O cordão umbilical estiver a sair pela vagina.
    Achar ou souber que ainda está no início da gravidez e tiver dores pouco intensas ou agudas no quadrante inferior do abdómen, bem como perdas de sangue, um hemorragia vaginal intensa ou, ainda, se tiver dores nas costas ou no ombro direito.
    Perder líquido pela vagina.
    O seu bebé não mexer.
    Se se sentir doente.

23. Fevereiro 2011 by admin

2 Comentários no Fórum

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. A duas semanas fiz relaçao com meu marido e ele ejaculou dentro e des de entao sinto muito enjoo e principalmente dores nos seios e as veias estao saltadas…ja fiz dois testes de farmacia e um de sangue e deu negativo.oque pode ser?qual sera a causa?

  2. Adorei as esplicaçoes que vocês dão são muito claras. Sao exelentes profissionais.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *