Neuropatia Diabética: Trate a Lesão dos Nervos com 11 Remédios Naturais

Revisado por Equipe Editorial a 5 de janeiro de 2018 e Atualizado em 4 setembro 2018

A neuropatia diabética é um tipo de dano nervoso que os diabéticos sentem principalmente nas pernas e nos pés. Proteja os seus nervos, controlando bem a diabetes.

Use e abuse da ashwagandha (ginseng indiano), consuma alimentos ricos em vitamina B12 e faça exercício físico regularmente.

Experimente a aromaterapia, o óleo de prímula, ou pomadas caseiras ricas em capsaicina e gengibre para aliviar os sintomas.

Receber uma boa massagem também pode ajudar a melhorar a mobilidade.

Neuropatia Diabética, Alivie As Dores Causadas Pela Lesão Dos Nervos Periféricos Com 11 Tratamentos Naturais

Para controlar a neuropatia diabética, tenha em mente os seguintes objetivos:

1 – Reduza o desconforto e a dor associados à neuropatia e interrompa qualquer dano neural adicional.

2 – Tenha um melhor controle sobre a diabetes, para que os sintomas da neuropatia diabética sejam menos graves.

Se é diabético, é provável que tenha algum tipo de neuropatia ou lesão nervosa, uma condição extremamente comum em quase 60% a 70% das pessoas com diabetes.

Um termo abrangente para um grupo de distúrbios nervosos que afetam as pessoas com diabetes, a neuropatia diabética é causada pelos elevados e constantes níveis de açúcar no sangue.

Quando os nervos ficam danificados, pode resultar em dores, dormência e até mesmo perda de sensibilidade nas extremidades, como mãos e pernas, e até no sistema digestivo, nos órgãos sexuais e no coração.

Sabendo a sua aflição, é compreensível que procure formas alternativa de controlar alguns sintomas. Felizmente, existem alguns remédios caseiros, tratamentos naturais e muitas dicas simples, que podem ajudar a minimizar o desconforto dos sintomas e controlar a doença.

Tratamentos Naturais Para Neuropatia Diabética

1. Controle a Diabetes

A sua primeira linha de defesa é controlar a doença. Se o fizer bem, pode até reverter a diabetes. Ao manter os níveis de açúcar no sangue sob controle, pode gerenciar melhor a neuropatia diabética e os seus sintomas. Abaixo estão algumas maneiras simples e naturais para mantê-lo no caminho certo:

Dieta saudável. A alimentação deve ser rica em produtos frescos, grãos integrais, fibras, e pobre em gordura saturada, açúcar, sal e gorduras trans.

Exercício – todos os dias, se possível, mesmo que seja apenas uma pequena caminhada.

Tente a meditação, respiração profunda, caminhadas ou até mesmo apenas ouvir música para relaxar e desestressar. O estresse pode elevar os níveis de açúcar no sangue.

Controle os níveis de açúcar no sangue regularmente. Se tem pressão alta, a pressão arterial precisa ser monitorada regularmente também.

2. Consuma Ashwagandha para aliviar os sintomas

O Remédio herbal ayurvédico ashwagandha, ginseng indiano (Withania somnifera) pode ajudar bastante, seja a manter a diabetes sob controle ou controlar os sintomas da neuropatia diabética.

Pode ajudar a reduzir a insulina sérica ou os níveis de glicose no sangue e também melhorar a tolerância à glicose e a sensibilidade à insulina.

Como resultado, os sintomas da neuropatia também melhoram e podem até se tornar menos graves.

Um estudo realizado, onde os indivíduos tomaram 5 gramas de ashwagandha com leite duas vezes ao dia durante 2 meses verificou um alívio significativo das sensações de queimação e formigamento nas mãos e nos pés. Essa dormência característica, também diminuiu consideravelmente.

3. Use óleo de prímula para melhorar a função dos nervos

Aplique o óleo de prímula nas áreas afetadas para aliviar os sintomas. Se tiver sorte, pode até melhorar a função geral dos nervos. Estudos realizados descobriram que tomar a combinação de suplementos de vitamina E e óleo de prímula pode ajudar no controle de casos leves a moderados de neuropatia diabética.

4. Coma gengibre para tratar o desconforto da gastroparesia

Quando o corpo experimenta picos de açúcar ou hiperglicemia, pode desencadear problemas na função dos nervos e músculos presentes no sistema digestivo e causar distúrbios gástricos.

O gengibre pode ajudar a reduzir os sintomas gástricos associados à neuropatia diabética, como a gastroparesia, em que o alimento deixa o estômago muito lentamente.

Além de oferecer uma imensidade de outros benefícios para a saúde, a raiz é uma ajuda digestiva bem conhecida que pode aliviar o desconforto e a náusea.

Também pode induzir as contrações que ajudam no esvaziamento gástrico e aceleram a digestão.

O gengibre pode ser tomado em forma de chá simples (feito fervendo algumas fatias de gengibre fresco em água). Também pode adicioná-lo a receitas como tempero.

5. Use a Aromaterapia para aliviar a dor e o estresse

O uso tópico de óleos essenciais misturados a uma base ou óleo transportador (carreador) pode proporcionar um alívio da dor em indivíduos com esta lesão dos nervos causada pela glicemia elevada.

Um estudo, em que foi usada uma mistura de óleos essenciais de lavanda, gerânio, árvore-do-chá, eucalipto e bergamota, verificou um alivio da dor no pé associada à neuropatia periférica.

Ajudou a diminuir a dor sentida após 30 minutos da aplicação. O que significa que pode usar estas misturas de óleos essenciais todos os dias para aliviar algum do desconforto diário.

O Aroma dos óleos essenciais difundido pelo ar também podem ajudar a aliviar a ansiedade e o estresse associados à condição. Por exemplo, o óleo de lavanda pode ajudar a dormir melhor, aliviar o estresse e melhorar o humor. Os óleos essenciais de lima ou de Salvia esclareia podem acalmar e torná-lo menos ansioso.

6. Consuma alimentos ricos em vitamina B12

A dieta também pode a fazer diferença nestes casos. A vitamina B12, em particular, tem um papel fundamental na manutenção da função normal do sistema nervoso.

Não consumir as doses suficientes do nutriente pode causar perda da camada protetora de mielina em redor dos nervos e prejudicar a função dos nervos. Sabendo isto, consuma mais alimentos ricos em vitamina B12.

Algumas opções incluem:

  • Carne de órgãos (consuma, mas certifique-se de o fazer com moderação)
  • carnes vermelhas
  • Aves de capoeira
  • Marisco
  • Ovos
  • Lacticínios
  • Cereais de pequeno-almoço (nem todos contêm, verifique o rótulo para ter certeza)
  • Levedura nutricional (novamente, nem todas as variedades possuem B12, portanto, verifique as etiquetas)

7. Pratique Ioga

A Ioga ajuda a melhorar a sensibilidade à insulina e a tolerância à glicose, para além de proteger também o organismo do estresse oxidativo, que está ligado a complicações como esta.

Algumas Poses de ioga como a postura do arco (Dhanurasana), pose de cadáver (Shavásana), curva para a frente sentada (Paschimottanasana), meia torção da coluna vertebral (Ardha Matsyendrasana), e a torção do corpo deitada( Natrajasana), são especialmente úteis para qualquer pessoa com diabetes.

8. Pare de fumar

Fumar é um GRANDE NÃO para quem pretende controlar a neuropatia. Não só agrava os sintomas, como também aumenta o risco de problemas nos pés ligados à neuropatia.

9. Cuide dos seus pés

Uma vez que já sabe que tem uma maior tendência para problemas nos pés como resultado da doença, pode usar algumas medidas naturais para reduzir o risco de complicações:

Faça exames de rotina para verificar sinais visuais como a formação de calos, aumento do calor, cortes / rupturas e lesões. Esta informação ajudará a receber tratamento precoce antes de apresentar problemas maiores.

Use calçado que reduza a pressão anormal em algumas partes do pé que resultam na formação de úlceras / calos. Escolha calçado coberto que proteja o pé de qualquer lesão ou trauma externo.

Mantenha os pés secos, hidrate-os para evitar rachaduras e evite as imersões de pés.

Apare as unhas e lixe as extremidades para evitar que elas eventualmente prendam nas roupas de cama / roupas e quebrem.

Se estiver em risco de problemas nos pés, evite realizar exercícios com pesos ou de elevado impacto que aumentem o risco de lesões. Em vez disso, opte por nadar ou andar de bicicleta.

10. Creme de capsaicina como remédio tópico para dor

Outro remédio tópico que pode tentar é o creme de capsaicina feito de pimenta capsicum. Os Pesquisadores descobriram que é benéfico para pessoas com neuropatia diabética e pode ajudar a aliviar a dor ligada à condição.

11. Faça uma massagem para aliviar o desconforto e impulsionar a circulação

Uma Boa Massagem Nos Pés Pode Ajudar A Reduzir A Dor Crônica Da Neuropatia Diabética

Se tem neuropatia diabética, uma boa massagem pode ajudar a reduzir a dor crônica com a qual você já quase aprendeu a conviver.

A massagem pode aliviar a dor nos nervos, a ansiedade, o estresse, ajudá-lo a dormir melhor e melhorar o bem-estar geral.

Para além disso também melhora a mobilidade. Certifique-se apenas de consultar um terapeuta experiente e treinado para estes casos.

Faça uma Pergunta ou Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *