Fotos Antes e Depois

O que é Biohacking? 8 formas de Biohackear a si mesmo para uma melhor saúde

Desde ganhar milhas suficientes para uma viagem à volta do mundo a obter bens gratuitos na mercearia, hoje em dia parece que se pode hackear quase qualquer coisa para obter o máximo de eficiência para o seu dinheiro.

E se pudéssemos hackear o nosso próprio corpo? Descobrir exatamente como ele funciona para nos conseguirmos sentir melhor e mantê-lo a funcionar da forma ideal o tempo todo. Que maravilha seria!

Sabia que já é possível hackear o nosso próprio corpo? Isso mesmo! Bem vindo ao mundo do biohacking.

O Que é O Biohacking

O que é o Biohacking?

Biohacking é um processo de fazer mudanças no seu estilo de vida de modo a “hackear” a biologia do seu corpo e sentir o seu melhor.

Conhece a expressão, “Você é o que come”? Isto aplica-se realmente aos seres humanos num sentido mais amplo: tudo o que colocamos nos nossos corpos – os nossos alimentos, os nossos pensamentos, o nosso movimento físico – todos afetam a forma como nos comportamos.

Ao biohackear-se, pode realmente transformar o seu corpo para que se sinta com mais energia, seja mais produtivo e, em geral, sinta a melhor versão possível de si mesmo.

Não envolve ser um cientista louco e executar experiências malucas com o seu corpo.

Em vez disso, significa usar vários hacks para ver o que funciona para si (o que pode ser muito diferente do que funciona para a Susana do fundo da rua!) e usá-los para #viverasuamelhorvida (não ironicamente!).

Agora, algumas pessoas irão dizer-lhe que todos os tipos de dispositivos e medições são necessárias para se biohackear, mas eu prefiro à moda antiga: fazendo pequenas mudanças no seu estilo de vida, dando tempo ao seu corpo para se ajustar e depois vendo como se sente.

Fica com as coisas que funcionam para si e abandona as outras que não funcionam.

Afinal, quando se trata de como o seu corpo se sente, você é o especialista!

Pronto para entrar? Em baixo estão várias formas de se biohackear.

8 formas de se biohackear hoje mesmo

8 Formas De Se Biohackear Hoje Mesmo

Experimente uma dieta de eliminação

Se luta contra alergias alimentares, tem problemas para digerir os alimentos, tem enfrentado problemas de pele como eczema e acne ou sente-se constantemente cansado, provavelmente está na hora de se biohackear com uma dieta de eliminação.

Uma dieta de eliminação parece assustadora mas é apenas um plano alimentar a curto prazo para descobrir se os alimentos que está a comer estão a desempenhar algum papel nos problemas que está a experienciar.

Veja como funciona: durante 3-4 semanas, irá remover alimentos que são alérgenos conhecidos, dando tempo a qualquer inflamação de passar e ficando com um registo limpo.

Glúten, soja, lácteos, amendoins e milho são todos os alimentos a cortar durante este tempo.

Então, lentamente, irá reintroduzir os alimentos proibidos, prestando atenção a como se sente e como o seu corpo responde fisicamente.

Se suspeita que um alimento que adicionou novamente na sua dieta é irritante, irá removê-lo novamente e ver se os sintomas desaparecem.

O objetivo é identificar se é menos tolerante a alguns alimentos do que a outros, e depois tomar decisões informadas sobre o que está a comer.

O que Procura?
O Fluoreto Faz Mal à Saúde? Ele não está presente apenas na água

Por exemplo, se não responder bem ao leite de vaca, poderá querer usar leite de coco no seu café ou experimentar queijo de cabra como parte de uma dieta sem leite.

Uma dieta de eliminação é um dos melhores biohacks que pode fazer por si mesmo.

Algumas pessoas não entendem o quão bem elas se podem realmente sentir até removerem alguns dos piores alimentos agressores da sua dieta.

Diminua o consumo de açúcar

Eu nunca disse que seria fácil! Removendo o açúcar viciante é uma das melhores coisas que pode fazer para a sua saúde em geral.

Pode ser um biohack bastante difícil, mas é um dos mais gratificantes.

Agora, não quero dizer que tem de eliminar os açúcares naturalmente presentes, como os que encontra na fruta e produtos lácteos, da sua dieta.

Açúcares adicionados são aqueles com os quais se deve preocupar.

Irá encontra-los em produtos como refrigerantes, alimentos processados e doces, mas também em alimentos como iogurtes aromatizados, condimentos (veja os rótulos dos molhos de barbecue e ketchup!) e bebidas energéticas.

O que torna o açúcar tão mau para o seu corpo? Aumenta o risco de diabetes tipo 2, leva a mudanças de humor, aumenta a inflamação no corpo e diminui os níveis de energia – e esta é a lista abreviada!

Como reduzir o seu hábito de açúcar? Saiba como medir o açúcar, procure-o em todas as suas formas nos rótulos (sugestão: qualquer coisa que termine em “ose” e adoçantes naturais como mel, melaço e sumo de fruta também contam) e limite alimentos processados.

Mude a forma como se alimenta

Sabia que mudando simplesmente quando come pode fazer biohack ao seu corpo?

O jejum intermitente está a ganhar popularidade como método de perda de peso e por normalizar a sensibilidade à insulina, o que pode ajudar a prevenir doenças crónicas como a diabetes.

Também regula os níveis de grelina, mais comummente conhecida como a hormona da fome, que diz ao seu cérebro quando está com fome, e leptina, que sinaliza o cérebro quando está cheio e deve parar de comer.

A coisa fantástica sobre o jejum é que existe mais do que uma forma de o fazer.

Algumas pessoas optam pelo jejum alternativo, onde, nos dias de jejum, limitam as suas calorias a 25 porcento da sua ingestão normal e, depois, comem a sua quantidade normal de calorias nos dias de não jejum.

Há refeições com restrição de tempo, onde apenas come durante um determinado período durante o dia (psst: se jantar cedo e tende a ter um pequeno-almoço tardio, já está a fazer isso!) e uma abordagem mais espiritual, o jejum do Daniel.

Embora possa levar algum tempo para se habituar ao jejum intermitente, dependendo dos seus objetivos de saúde, pode ser uma boa opção de biohacking.

Durma mais

O sono geralmente falta nas conversas sobre perda de peso e melhoria da sua saúde e humor – e esse é um grande erro.

Se não dorme o suficiente todas as noites (normalmente entre 7-9 horas) e sofre de privação do sono, está a colocar-se em risco para uma série de problemas de saúde, incluindo um maior risco de doenças crónicas, um sistema imunitário enfraquecido, depressão, dificuldade em concentrar-se, irritabilidade, um aumento do apetite e hormonas desequilibradas.

Existe uma forma para biohackear o sono: Dormir mais!

Eu sei que nem sempre é assim tão simples, mas estas 7 ajudas naturais para o sono podem ajudar.

O que Procura?
O Fluoreto Faz Mal à Saúde? Ele não está presente apenas na água

Algumas das minhas sugestões preferidas são aderir a um horário de sono regular, mesmo nos fins-de-semana, para manter os ritmos circadianos sob controlo.

Manter aparelhos eletrónicos fora da cama também é importante.

As luzes do seu smartphone dizem ao cérebro que é hora de acordar, não de adormecer.

Se continua a lutar contra a insónia, uma ajuda de óleos essenciais para dormir como a lavanda, podem solucionar o problema.

Coma gordura – muita!

Procura uma dieta onde não só é encorajado a comer uma grande quantidade de gordura, como é obrigatório? A dieta keto pode ser para si!

Enquanto a dieta cetogênica está a passar por alguma popularidade neste momento, não é uma dieta da moda.

Na dieta keto, irá tentar levar o seu corpo ao estado de cetose (“keto”), um estado metabólico onde o corpo usa maioritariamente cetonas, e não hidratos de carbono, como energia.

Isto só pode acontecer quando a gordura, e não a glucose (hidratos de carbono), fornecem a maioria das calorias do corpo.

Numa dieta citogênica, irá restringir seriamente os hidratos de carbono e o açúcar e, em vez disso, irá comer gorduras saudáveis como o óleo de coco, manteiga clarificada ghee, nozes, vegetais não amiláceos (adeus batatas) e alimentos ricos em proteína, mas que não tenham ou tenham poucos hidratos de carbono, como a carne de bovino, peixes selvagens e ovos.

A dieta keto é muito eficaz na promoção de perda de peso, especialmente se estiver com excesso de peso.

Pode reduzir os indicadores de doenças cardíacas como colesterol alto e pode até combater doenças cerebrais – de facto, a dieta keto foi usada originalmente como uma forma de gerir convulsões em pessoas com epilepsia.

Se já está a comer relativamente bem mas quer desafiar-se ainda mais, biohackear a sua dieta fazendo a cetogênica pode ser o que precisa.

Meditação

Meditação Mindfulness

Como alimentamos as nossas mentes é tão importante quanto como alimentamos os nossos corpos.

A meditação é o hack cerebral máximo.

Os benefícios da meditação são enormes: desde reduzir dores e aumentar a qualidade do sono até diminuir inflamações e aumentar a produtividade.

Se sofre de estresse ou ansiedade, a meditação pode também ser uma forma realmente eficaz de lidar naturalmente com os sintomas.

Estabelecer uma prática diária de meditação é uma das melhores coisas que pode fazer para a sua saúde mental e física.

Se se preocupa com o facto de que não consegue parar o seu cérebro o tempo suficiente para meditar, não se preocupe.

A meditação guiada pode ajudá-lo a ganhar o hábito.

Existem também imensas aplicação para smartphone que pode usar; algumas irão avisá-lo à mesma hora todos os dias ou ter diferentes meditações para diferentes objetivos, como começar o dia com uma mente limpa ou ajudá-lo a relaxar.

A oração de cura é outra opção que pode usar.

Tire os sapatos

Com que frequência anda descalço na relva ou sente a areia entre os dedos dos pés? Se a resposta é “não o suficiente”, posso sugerir-lhe que inicie o enraizamento como o seu próximo biohacking?

O enraizamento, também conhecido como ligação à terra, significa permitir que os seus pés se conectem com a superfície abaixo deles e com a energia poderosa que traz.

Quando passamos tempo descalços na terra, os nossos pés funcionam como correntes elétricas, permitindo que as cargas elétricas naturais que a Terra produz fluam por nós.

O enraizamento pode melhorar o sono, reduzir a inflamação, encorajá-lo a apreciar mais a natureza e obter a sua dose ideal de vitamina D – e o melhor, é grátis!

O que Procura?
O Fluoreto Faz Mal à Saúde? Ele não está presente apenas na água

Experimente, fazendo uma pequena caminhada sem sapatos até à sua caixa do correio, passeando na praia ou até mesmo fazendo um churrasco com os pés descalços.

À medida que o tempo fica mais frio, os calçados minimalistas pode ajudar a manter os seus pés em contacto mais próximo com a Terra.

Levante-se, fique de pé

Muitos de nós passa os dias de estar sentados nos carros para se sentarem numa secretária e voltar a sentar-se no carro novamente. Repetidamente, e nós estamos a gastar uma quantidade extraordinária de tempo das nossas vidas sentados!

Todo esse tempo sentados prejudica a nossa saúde, e pode até ser tão perigoso como fumar.

Mas existe uma solução simples para isso: fique mais tempo de pé.

Não precisa de investir numa mesa de pé (apesar de serem úteis!).

Em vez disso, é com que frequência estamos de pé, não quanto tempo estamos de pé, que importa.

Biohack a sua forma de melhorar a saúde simplesmente levantando-se e ir falar com os colegas em vez de enviar um email; subindo escadas em vez de usar o elevador; ficando de pé e passeando durante longas chamadas telefónicas ou até mesmo colocando um lembrete no seu telefone a cada 60-90 minutos para fazer uma pequena volta rápida ao seu escritório.

Precauções, com o método Biohacking usado em Silicon Valley

O Biohacking é realmente divertido: descobrir o que o nosso corpo prefere e como fazê-lo sentir-se melhor pode até ser viciante, especialmente para quem tem vindo a lutar com preocupações de saúde e finalmente está a receber respostas positivas.

Mas, é importante lembrar que nós somos mais do que apenas “um número de calorias” que ingerimos ou queimamos.

Existe um movimento de biohacking que está a ganhar popularidade em Silicon Valley, onde executivos tecnológicos estão a rastrear o que comem, os seus níveis de cetona, composição corporal, isto, diariamente.

Também fazem jejum durante dias seguidos, aumentando o risco de perder minerais importantes e contrair infecções – e provavelmente estão a criar uma obsessão e ansiedade à volta da comida (ortorexia) que estão a comer.

Embora não haja nada de errado em querer biohackear-se para estar no seu melhor, penso que deve haver uma preocupação com este comportamento obsessivo, o biohacking restritivo.

Ele pode realmente levar o organismo a um território pouco saudável ou causar alguns transtornos alimentares.

Em vez disso, recomendo a realização de uma abordagem holística ao seu biohacking.

Pegue num diário e anote como determinados alimentos o/a fazem sentir, ou que alimento ingerir que o fez sentir mal.

Se achar que comer em determinadas alturas do dia o/a faz sentir-se bem no trabalho, mantenha esse horário. É um caminho, não uma ciência!

Últimas reflexões

O que é o biohacking? O biohacking é tudo sobre fazer mudanças no estilo de vida para otimizar a forma como o seu corpo funciona.

Não precisa de dispositivos luxuosos para se biohackear; em vez disso, trata-se de encontrar maneiras naturais de melhorar a forma como se sente.

Os Biohacks incluem estratégias como, experimentar uma dieta de eliminação, ficar mais tempo de pé durante o dia, experimentar o jejum intermitente e dormir mais.

Embora uma forma mais extrema de biohacking esteja a ganhar popularidade em Silicon Valley, eu acredito que é melhor uma abordagem mais natural.

Feliz hacking!

Referências

http://www.inra.fr/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/

05. outubro 2017 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *