Óleos Essenciais que Fazem Bem ao Coração: O Que nos Diz a Ciência! - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Óleos Essenciais que Fazem Bem ao Coração: O Que nos Diz a Ciência!

Sabe quais as doenças que lideram a principal causa de morte em todo o mundo? As doenças cardiovasculares superam todas as outras.

E isso é verdade tanto para os homens quanto para as mulheres. Para termos ideia da dimensão do problema – as doenças cardíacas matam cerca de 610 mil pessoas por ano só nos Estados Unidos – aproximadamente 1 em cada 4 mortes.

Reduzir o risco de doença cardíaca envolve mudanças simples no seu estilo de vida, como parar de fumar, reduzir a quantidade de álcool que consome, manter hábitos alimentares inteligentes, fazer exercícios diários e vigiar o seu colesterol e pressão arterial.

Conheça os Principais Sintomas de Alerta de Doença Cardíaca

Óleos Essenciais Para A Saúde Do Coração

A aromaterapia faz bem ao coração?

Usados na medicina durante séculos, os óleos essenciais são compostos perfumados derivados principalmente da destilação de flores, folhas, madeira e sementes de plantas.

A maioria dos pesquisadores concorda que não existem provas conclusivas de que a aromaterapia tenha algum efeito terapêutico positivo em pessoas com doenças cardíacas, mas existem algumas evidências de que a aromaterapia pode sim, diminuir a ansiedade e o estresse, que são 2 fatores de risco para a pressão arterial elevada.

Um estudo publicado em 2012 descobriu que a aromaterapia, usando óleos essenciais, pode baixar a pressão arterial através do relaxamento.

A saber…

1. Não existem provas conclusivas de que os óleos essenciais desempenhem um papel na saúde do coração, mas as pesquisas já realizadas são promissoras.

2. A aromaterapia, usando óleos essenciais, pode ajudar a diminuir a ansiedade e a pressão arterial, mas apenas em pequenos períodos. O uso proloingado pode ter o efeito oposto.

Ou seja, apenas breves sessões de aromaterapia trazem benefícios. De acordo com o mesmo estudo realizado em 2012, a exposição que dura mais de uma hora tem o efeito oposto.

Se quiser tentar usar óleos essenciais para reduzir o risco de doenças cardíacas, estas são algumas das suas melhores apostas:

Manjericão

Esta “erva real” aparece no pesto (molho italiano), sopas e pizzas. Ela contém uma dose sólida de vitamina K e magnésio. Além disso, o extrato de folhas de manjericão mostra um potencial para baixar os níveis de colesterol mau, também conhecido como LDL (lipoproteína de baixa densidade). O LDL desempenha um papel importante nos casos de aterosclerose, depositando moléculas de gordura ao longo das paredes das artérias.

Saiba mais sobre o composto AQUI.

Cassia auriculata

Planta Cassia Auriculata

Mantém os seus níveis de açúcar no sangue, não só ajuda a prevenir diabetes, mas também as doenças cardíacas. Isso porque a glicose elevada no sangue não regulada pode aumentar a quantidade de placa que se forma nas paredes das artérias.

A pesquisa mostra que o extrato de flor de cassia (Cassia auriculata) reduz os níveis de glicose no sangue enquanto aumenta a insulina plasmática.

Usando Óleos Essenciais

Tirar o máximo proveito desses poderosos aromas envolve o uso de um difusor para espalhar a fragrância através do ar. Pode no entanto encontrar versões de cápsulas comestíveis contendo doses de óleo diluídas que também são comercializadas. Nunca consuma os óleos essenciais na sua forma pura.

Sálvia Esclaréia

Oleo Essencial De Salvia Esclareia

Pesquisas realizadas na Coreia mostram que os vapores do óleo das flores branco-rosa deste arbusto de folhas largas são efetivos para diminuir a pressão arterial sistólica (um valor elevado na leitura da pressão arterial).

Conheça 30 Sinais e Sintomas de Pressão Arterial Elevada a Estar Atento!

Cipreste

Oleo Essencial De Cipreste

O estresse e a ansiedade têm um efeito direto na pressão arterial e na saúde geral do coração. Considere o óleo de cipreste que, quando usado em massagem de aromaterapia, oferece relaxamento a curto prazo, tranquilidade e alívio da fadiga.

Leia mais sobre este composto AQUI.

Verifique com o seu médico, primeiro…
Tenha em mente que, enquanto os óleos essenciais tendem a ser seguros quando usados corretamente, eles não são regulados pela US Food and Drug Administration.

Eucalipto

óleo Essencial De Eucalipto

Geralmente associado a produtos para o alívio do resfriado e gripe, como a tosse, o eucalipto também é bom para o seu coração. De acordo com um estudo realizado, a inalação de ar infundido com o óleo de eucalipto pode reduzir significativamente a pressão arterial.

Gengibre

Óleo Essencial De Gengibre Young Living

Um alimento básico da culinária asiática, o gengibre com cheiro suave, não só possui propriedades antioxidantes e ajuda com a náusea, como, adicionar extrato de gengibre à água também se mostra promissor na inibição do LDL.

Sempre viva (Helichrysum)

Sempre viva, Immortelle (Helichrysum italicum)

Talvez não seja tão reconhecível quanto os outros nesta lista, a Immortelle, com as suas flores juncosas, surge num estudo que se concentra nos seus efeitos cardiovasculares. Este provou ser outra opção potencial para controlar a pressão arterial elevada.

Óleo de Limão

óleo Essencial De Limão

O limão é possivelmente o adstringente mais popular. Este óleo essencial pode ajudar a fortalecer os vasos, tonificar o coração e todos os outros órgãos. É ótimo para aliviar os sintomas de estresse e fortalecer o sistema imunológico.

Também pode ajudá-lo a dormir melhor, o que é sempre uma vantagem e uma grande medida preventiva!

Lavanda

Um marco antigo dos jardins de quintal, esta flor azul-violeta encontra lugar através dos perfumes, sabões e é até reconhecida por repelir mosquitos. A pesquisa sobre o perfume do óleo de lavanda descobriu que ele produz um sentimento geral de calma e relaxamento naqueles que o inalam.

Saiba mais sobre o composto AQUI.

Manjerona

Oleo De Manjerona

Quando inalado, o óleo desta erva mediterrânea (parente próximo do orégano) reduz a pressão arterial. Ele relaxa os vasos sanguíneos excitando o sistema nervoso parassimpático, o que melhora o fluxo sanguíneo.

Ylang ylang

Em 2013, os pesquisadores examinaram num grupo de homens saudáveis o efeito do aroma desta flor nativa de uma árvore do Sudeste Asiático. Eles relataram que a fragrância teve uma resposta sedativa e abaixou tanto a frequência cardíaca como a pressão arterial.

Referências

http://onlinelibrary.wiley.com/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23197402
https://www.cdc.gov/heartdisease/facts.htm
https://www.cdc.gov/dhdsp/data_statistics/
https://www.researchgate.net/
http://www.mayoclinic.org/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3203283/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/18997985
https://www.cdc.gov/nchs/data/nvsr/nvsr64/nvsr64_02.pdf

Atualizado em 16 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Ciência com Saúde", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.