Fotos Antes e Depois

4 Óleos Essenciais Para Aliviar Sintomas de Queimação da Azia

Antes de iniciar a leitura perceba os 3 pontos descritos abaixo:

1. Embora sejam necessárias mais pesquisas, algumas evidências sugerem que alguns óleos podem realmente aliviar os sintomas de azia (sensação de queimação e ardor no centro de peito ou abdómen superior, que muitas vezes sobe pelo peito e irradia para o pescoço e garganta.

2. A melhor forma de tratar a azia com óleos essenciais é através da inalação do aroma diretamente da garrafa/frasco ou de um difusor.

3. Raramente se recomenda tomar óleos essenciais por via oral.

Óleos Essenciais Para Aliviar Sintomas De Queimação Da Azia

Os óleos essenciais estão a experienciar uma onda de popularidade.

“Os amigos, dos nossos amigos promovem os seus benefícios nas redes sociais, os nossos colegas de trabalho vendem-os no escritório, e os nossos vizinhos têm difusores perfumados que espalham aromas quentes de gengibre e lavanda pelas suas casas.”

Embora muitas pessoas vejam os óleos essenciais como uma forma prática simples de usufruir da aromaterapia, eles são utilizados há séculos como uma opção alternativa de tratamento.

As pesquisas são limitadas, mas as evidências sugerem que alguns óleos podem aliviar muitos sintomas, como a indigestão e as náuseas. Abaixo descrevemos tudo o que precisa saber sobre o uso de óleos essenciais para o alívio da azia.

O que diz a pesquisa…

Os óleos essenciais geralmente têm aromas atraentes. Eles são feitos/extraídos a partir de plantas:

• raízes
• casca
• flores
• sementes

Estas espécies botânicas são “exprimidas”naturalmente até liberarem a sua essência, o óleo essencial.

Apesar da sua crescente base de fãs e popularidade, estes compostos têm poucos apoios da comunidade médica convencional.

Os estudos realizados avaliaram principalmente as suas qualidades de aromaterapia e no alívio do estresse.

Poucos foram os estudos médicos que examinaram a sua capacidade de tratar ou aliviar sinais e sintomas de patologias ou doenças.

Embora sejam necessárias mais pesquisas, algumas evidências sugerem que o uso de alguns óleos específicos, pode minimizar o sintoma de ardência no peito e aliviar a azia.

O que Procura?
Óleo Essencial de Tangerina na Cura da Pele e Combate ao Câncer

Óleo de gengibre

São muitas as pessoas têm usado o gengibre para tratar vários distúrbios gastrointestinais. Os óleos essenciais extraídos do gengibre, podem igualmente beneficiar as pessoas que experimentam os sintomas de azia.

Como usá-lo? Adicione 2-4 gotas a uma xícara de chá de ervas e saboreie lentamente. Esta bebida é perfeita quando ingerida 20 minutos antes das refeições, para melhorar a digestão.

Se tiver um “ataque de refluxo ácido bem ruim”, esfregue algumas gotas deste no estômago para encontrar alívio imediato do inchaço e dor.

O cheiro do composto também é muito efetivo para estados de ansiedade e náuseas, que muitas vezes acompanham um ataque de refluxo ácido mais complicado.

Óleo de lavanda

O cheiro da lavanda é relaxante e calmante, tornando-o um produto base da aromaterapia. Além das propriedades sedativas, a lavanda também pode ajudar a reduzir os sintomas de estômago irritado.

Muitos dos sintomas do estômago e azia são semelhantes. Desta forma, experimentar o óleo de lavanda pode ser uma opção benéfica para os indivíduos que lidam com o ácido estomacal em excesso.

Limão

Alcalino por natureza, o óleo essencial de limão ajuda a neutralizar o ácido no estômago. É também antibacteriano e pode matar as bactérias ruins para dar ao sistema digestivo uma boa limpeza.

O limão é ótimo para uma desintoxicação, razão pela qual a adição de uma gota deste composto a um copo de água pode ajudar a liberar todas as toxinas e ácidos que ficaram no estômago, dando a este a confiança necessária para produzir ácido fresco, altamente concentrado para otimizar a digerir a sua próxima refeição.

Como usá-lo? Adicione uma gota de óleo essencial de limão de alta qualidade a um copo de água morna e beba “lentamente”, meia hora antes de cada refeição para preparar o sistema digestivo.

Alternativamente, também pode colocar 1-2 gotas de óleo de limão na sua língua, mexer com a saliva e de seguida engolir.

Óleo de hortelã-pimenta

O consumo excessivo de óleo de hortelã-pimenta (Mentha × piperita) pode originar sintomas de azia. No entanto, doses adequadas deste composto podem ajudar a aliviar a azia, a dor de estômago e as náuseas.

Como usar os óleos essenciais para a azia

Estes compostos são extremamente potentes. Uma gota ou duas é o suficiente para difundir aromas em todo o ambiente.

O que Procura?
Óleo de Coco: 107 Benefícios e Utilidades desta Gordura Vegetal Super Saudável

Uma a duas gotas, misturadas com um óleo de base (carreador) é a quantidade que geralmente se recomenda para a aplicação de óleos essenciais de forma tópica e por via oral. Também pode inalar o óleo diretamente do frasquinho ou através de um pano.

A melhor forma de tratar azia com estes compostos é através da inalação do aroma diretamente da garrafinha ou difusor.

Se desejar usar um difusor, coloque duas a três gotas no recipiente de vapor do aparelho. Ligue-o e a água morna difundirá os óleos concentrados.

Se não tiver tempo para configurar ou usar o difusor, pode respirar profundamente o aroma, diretamente do frasco, ou com a ajuda de um pano ou toalha.

Riscos e advertências

Nenhum estudo científico apoia o uso de óleos essenciais para o tratamento da azia. Em vez disso, aponta-se apenas para o alívio de sintomas semelhantes que ocorrem devido à azia.

Tomar os óleos essenciais por via oral raramente é uma prática  recomendada. Se optar pela toma por via oral, e sentir náuseas ou ficar com dor de barriga, pare de usar os imediatamente. E, converse com o seu médico ou o aromaterapeuta antes de voltar a usá-los novamente.

É prioritário, o uso de óleos de qualidade, de forma a garantir que não fica doente depois de usá-los. Pesquise até encontrar um fabricante no qual possa confiar.

Outros tratamentos para a azia

Embora a acidez do estômago geralmente possa ser tratada com medicamentos de venda livre, os medicamentos de prescrição médica são a melhor opção.

Se sofre de azia recorrente, fale com o seu médico sobre as opções de tratamento disponíveis, de forma a obter uma recomendação farmacológica que possa realmente reduzir ou aliviar os seus sintomas.

Antiácidos

Os medicamentos antiácidos são o tratamento de primeira linha para a azia. Eles ajudam a neutralizar o ácido estomacal que está a causar a sensação de ardor. Os antiácidos geralmente são de ação rápida. Se as opções de venda livre não funcionarem, fale com o médico para ele lhe prescreva um que seja mais indicado para o seu caso.

Anti-histamínicos H2

Os anti-histamínicos H2 ou antagonistas do receptor são uma boa forma de prevenir a gastrite e estes sintomas antes que eles aconteçam. Esses medicamentos, que estão disponíveis sem receita médica e com receita médica, reduzem a produção de ácido no estômago e podem ser utilizados no tratamento da dispepsiaúlceras pépticas, duodenais doença de refluxo gastroesofágico

Não são medicamentos de ação rápida, mas podem proporcionar alívio por um período mais longo do que os antiácidos.

O que Procura?
Óleos Essenciais Que Podem Aliviar as Cólicas Menstruais

Inibidores da bomba de protões (IBPs)

Os Inibidores da bomba de protões trabalham para reduzir a quantidade de ácido estomacal produzido pelas glândulas no estômago. Estão disponíveis no mercado com e sem receita médica.

O que pode fazer neste momento

Antes de experimentar os óleos essenciais para tratar a azia ou qualquer outra condição, certifique-se de estudar os seus efeitos colaterais e os potenciais riscos. As dicas abaixo podem ajudá-lo/a a orientar as suas decisões:

Óleos de origem segura

A US Food and Drug Administration (FDA) classifica os óleos essenciais como “geralmente reconhecidos como seguros”. No entanto, tanto a FDA como outras agências governamentais de saúde, não inspecionam nem supervisionam a produção e a venda destes produtos.

Isso significa que a qualidade dos compostos depende inteiramente dos seus produtores. Por este motivo, é de extrema importância procurar um produto de marca na qual confie e se sinta seguro em usar.

Estes compostos são vendidos em muitas lojas de produtos naturais e através de algumas lojas online.

Faça a sua pesquisa

Antes de usá-los, realize a sua pesquisa. Entenda quais os que podem ser adequados para a sua condição. Considere sempre os possíveis efeitos colaterais e como eles podem interferir nas suas atividades diárias.

Peça ajuda

O seu médico pode não saber muito sobre óleos essenciais, mas tem recursos que pode usar para ajudar na sua busca por tratamentos para a azia. Embora os médicos convencionais não prescrevam estes compostos, eles podem ajudar a fazê-lo de forma segura, garantindo que estes não afetem os medicamentos que está a tomar atualmente.

Consulte o médico

Se o uso, destes ou dos tratamentos adquiridos sem receita medica não aliviarem os sinais e sintomas da azia, fale com o seu médico sobre um tratamento que possa ser efetivo o suficiente para aliviar o desconforto.

Referências

1 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
2 https://www.mayoclinic.org/
3 https://nccih.nih.gov/health/
4 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
5 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/

23. novembro 2017 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *