Fotos Antes e Depois

Óleos Essenciais Para o Tratamento do Herpes Zoster: O Que Dizem os Especialistas

Quase toda a gente experiencia catapora (varicela), ou é vacinado contra ela durante a infância. No entanto, só porque já sofreu deste problema em criança não significa que tenha ficado totalmente imune.

A Zona, ou Cobreiro, também conhecida por herpes Zóster, é causada pelo mesmo vírus da varicela. Este vírus pode ficar adormecido nas suas células nervosas até ser mais velho e tende a causar erupções cutâneas dolorosas e desconfortáveis.

Vírus Herpes Zóster

Uma boa percentagem da população experienciará um surto de herpes zoster ao longo das suas vidas.

Ainda que a vacinação para este problema exista e seja geralmente eficaz, é sempre bom conhecer todas as alternativas a que poderá ter acesso para o tratamento dos sintomas de herpes zoster.

Alguns nutricionistas e osteopatas recomendam a utilização de óleos essenciais para o tratamento deste problema. Mas, será que resultam mesmo?

Perspectiva médica

De acordo com o Dr. Nicole Van Groningen, da Universidade da California em São Francisco, ainda que existam relatos de alguns óleos essenciais apresentarem propriedades antivirais, não existem ainda estudos que confirmem a viabilidade dos óleos essenciais no combate deste vírus.

No entanto, ainda que os óleos essenciais não devam ser adoptados como tratamento primário, o Dr.Van Groningen acredita que não deverá descartar por completo a possibilidade de recorrer a estes óleos, uma vez que existem relatos presentes na literatura médica que apoiam a utilização dos óleos essenciais de hortelã e gerânio no combate às dores resultantes desta doença viral.

Um paciente infetado com o vírus, que não havia conseguido o alívio das dores através de medicação convencional, sentiu um efeito imediato logo após experimentar óleo de hortelã-pimenta.

A capsaicina, que representa uma substância presente em algumas pimentas, também é conhecida pela sua capacidade de aliviar as dores associadas a uma enorme diversidade de doenças, incluindo zona.

O que Procura?
Inalação de Vapor com Óleo Essencial de Eucalipto: Efeitos Colaterais e Contra Indicações

Dito isto, é importante que os pacientes tenham consciência de que existem diversos outros medicamentos capazes de aliviar as dores associadas com este problema.

A utilização de óleos essenciais no tratamento da Herpes Zóster

Óleos Essenciais Para O Tratamento Do Herpes Zoster

O Dr. Nicole Van Groningen recomenda a utilização dos óleos de capsaicina, hortelã-pimenta (Mentha × piperita) e gerânio (Pelargonium odorantissimum) enquanto complementos à medicação prescrita pelo seu médico.

Estes óleos poderão ser adquiridos sem receita médica em lojas de produtos naturais.

Brigitta Lauren, uma terapeuta holística californiana, recomenda misturar 10 gotas dos óleos essenciais de tomilho (Thymus vulgaris), gerânio e limão a uma colher de sopa de óleo de coco de alta qualidade e de seguida aplicar sobre as erupções cutâneas.

Segundo a terapeuta, o estress pode contribuir para desencadear a herpes zoster, por isso, o simples ato de dedicar algum tempo a si mesmo e relaxar poderá ajudar a controlar o problema.

Espalhar esta mistura pelas zonas do corpo mais doridas pode ajudar a amenizar o desconforto.

Adicionalmente, os efeitos hidratantes do óleo de coco ajudarão a prevenir a coceira e o desenvolvimento de rachaduras.

Aplique diariamente esta mistura de óleos essenciais sobre a pele para que os resultados sejam mais satisfatórios.

Riscos da utilização de óleos essenciais para o tratamento de herpes zoster

Nem todos os óleos essenciais são seguros para toda a gente. Há quem relate sensação de ardor ao aplicar capsaicina sobre a pele, bem como reacções alérgicas a diversas plantas. Por esta razão, consulte sempre o seu médico antes de utilizar qualquer óleo essencial.

Sintomas de herpes zoster

Erupções Na Pele Privocadas Pelo Vírus Herpes Zoster

Esta doença tende a manifestar-se através de erupções cutâneas num dos lados do corpo. Muitas pessoas relatam o aparecimento de erupções pelo tronco.

A maior complicação deste vírus é a dor que pode causar, que resulta dos danos exercidos sobre as células nervosas, onde o vírus se apresenta em maior concentração.

Em alguns casos, a dor manifesta-se antes das erupções. Esta dor persistente, conhecida por neuralgia pós-herpética, pode exercer um efeito muito nocivo na qualidade de vida dos afectados.

O que Procura?
Bronzeamento artificial e câncer de pele

Causas do herpes zóster

O herpes zóster pode desenvolver-se em quem se encontra infectado pelo vírus. E mesmo que não esteja infectado, existe o risco de infecção, uma vez que a simples exposição ao vírus pode levar à contração da doença.

Fatores de risco

Se já tem o vírus presente nas suas células nervosas, o maior risco é o envelhecimento. Estresse, tratamentos para o câncer, certos medicamentos e HIV também podem levar ao desencadeamento de um surto de herpes zóster.

Diagnóstico e tratamento

Zona Ou Cobreiro (herpes Zoster) Nas Costas

Tal como qualquer outro vírus, este também tem o seu ciclo. O sistema imunitário apresenta defesas eficazes contra o vírus do herpes zoster, por isso, desde que esteja de boa saúde, o seu corpo tratará do problema sozinho.

No entanto, existem medicamentos antivirais que podem ajudar a acelerar todo o processo de recuperação, bem como ajudá-lo a a reduzir a dor resultante do problema.

O Dr. Van Groningen recomenda que consulte o seu médico assim que sentir qualquer tipo de dor ou erupção associada ao vírus, uma vez que a medicação para o tratamento desta doença precisará de ser prescrita num prazo de 72 horas após o aparecimento dos primeiros sintomas, de modo a actuar o mais eficazmente possível.

Prevenção

Existe uma vacina destinada à prevenção da doença, particularmente direcionada para pessoas acima dos 50 anos.

Fale com o seu médico de modo a determinar se poderá ou não estar em risco de desenvolvimento de herpes zoster. Se for esse o caso, deverá ser vacinado.

Caso o problema já se tenha manifestado, o seu médico irá prescrever-lhe antivirais que ajudarão no combate ao vírus. Este medicamentos ajudarão a amenizar os sintomas e a prevenir o agravamento do problema.

Adicionalmente, poderá complementar o tratamento com a utilização de óleos essenciais de hortelã-pimenta e gerânio.

28. novembro 2017 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *