Fotos Antes e Depois

Os Óleos Essenciais Tratam a Neuropatia em Pessoas com Diabetes?

1. A neuropatia provoca danos nos nervos, o que pode causar dor, dormência e formigamento nas áreas afetadas.

2. O óleo essencial de hortelã-pimenta (Mentha × piperita) é conhecido por relaxar os músculos e agir como analgésico.

3. Os óleos essenciais podem ser utilizados de várias formas. Para o alívio das dores recomenda-se o uso de uma abordagem tópica.

Óleos Essenciais Para A Neuropatia

Populares durante milhares de anos, os óleos essenciais são conhecidos pelas suas extensas propriedades curativas.

A aromaterapia refere-se ao uso medicinal ou terapêutico de óleos essenciais absorvidos através da pele ou sistema olfativo.

Estes compostos são conhecidos por ajudar a acalmar a mente e o corpo, e podem ajudar no tratamento de uma série de condições.

Devido a isso, são muitas vezes vistos como uma alternativa natural aos medicamentos de farmácia.

A neuropatia é uma lesão ou doença que afeta os nervos, o que pode prejudicar a sensação, o movimento, as glândulas, funções de alguns órgãos, e causar alguns problemas de saúde.

O problema por vezes causa dor, formigueiro, sensação de picadas (parestesia), nas áreas afetadas. Para as pessoas com diabetes, o distúrbio afeta principalmente as pernas e os pés.

Os casos graves de neuropatia podem causar problemas no sistema digestivo e afetar a frequência cardíaca.

Embora sejam necessárias mais pesquisas, os óleos essenciais podem ajudar a aliviar alguns dos sintomas.

Quais são os benefícios dos óleos essenciais?

1. Os óleos essenciais podem ajudar a aliviar a dor associada à neuropatia.

2. Alguns óleos oferecem propriedades antimicrobianas, que podem ajudar a tratar alguns tipos de infecções.

Estes compostos são muitas vezes vistos como uma “cura natural”. E para além de aliviarem os sintomas de algumas doenças e reduzir o tempo de recuperação destas, eles podem também ajudar a:

• tratar cortes, arranhões ou infecções
• purificar o ar no ambiente
• equilibrar as hormonas
• aliviar o estresse, a tensão e a ansiedade
• ajudar a adormecer mais facilmente

O que Procura?
Óleos Essenciais Para Tratar Dor e Infecção de Ouvido: Conheça os Fatos

Para pessoas com neuropatia, os benefícios podem incluir o alívio da dor e melhoramento da digestão.

O que diz a pesquisa

Uma pequena pesquisa realizada sugere que os óleos essenciais de hortelã-pimenta, camomila-romana e lavanda, podem auxiliar na dor dos nervos. No entanto, são necessárias mais pesquisas para avaliar exaustivamente os potenciais benefícios, riscos e eficácia destes para este fim.

Hortelã-pimenta

O óleo essencial de hortelã-pimenta é conhecido por relaxar os músculos, controlar os espasmos musculares e agir como maravilhoso analgésico natural. Os pesquisadores descobriram num estudo publicado em 2002 que o óleo de hortelã-pimenta ajudou uma mulher de 76 anos a tratar a nevralgia.

Esta mulher tinha sido resistente aos tratamentos padrão, mas encontrou um alívio quase imediato da dor após a aplicação tópica do óleo de hortelã-pimenta. Este alívio durou de quatro a seis horas após a aplicação.

Existem ainda evidências que sugerem que o óleo de hortelã-pimenta pode ajudar a melhorar os sintomas da síndrome do intestino irritável e aliviar a indigestão.

Leia Também: Remédios Caseiros para Indigestão: 3 Infusões e Chás para Aliviar Problemas Digestivos

Camomila-romana

A camomila-romana (Chamaemelum nobile) é mais um dos compostos que pode ajudar a aliviar os músculos doloridos. Um estudo realizado em 2014 concluiu que a camomila-romana seria benéfica em distúrbios inflamatórios. Neste estudo, a camomila mostrou também diminuir o estresse oxidativo.

Lavanda

A lavanda é conhecida por melhorar o sono e agir como um analgésico. Num estudo publicado em 2014, a lavanda mostrou ter um efeito calmante e relaxante em animais de laboratório. Os pesquisadores confirmaram que o extrato da planta produz um efeito anticonvulsivo e antiespasmódico.

Mistura de óleos essenciais

Também pode encontrar alívio através da mistura de alguns destes compostos, de forma a criar uma formulação mais poderosa.

Num estudo publicado em 2010, os pesquisadores administraram um óleo tópico homeopático a 60 participantes com dores no pé, resultante da neuropatia periférica.

A fórmula incluiu uma mistura de óleo de gerânio, lavanda, bergamota, árvore-do-chá e óleo de eucalipto. Cinquenta e seis participantes que receberam o tratamento, relataram uma diminuição da dor após 30 minutos.

O que Procura?
Óleo Essencial de Pimenta Preta (Pimenta-do-Reino): 10 Benefícios e Usos

Como usar os óleos essenciais para a neuropatia diabética

“Eu gosto dos aromas de ylang-ylang, manjerona, cipreste, hortelã-pimenta e lavanda. Por vezes uso-os de forma isolada, mas também costumo combiná-los.

Ajudam-me bastante na circulação sanguínea, o que no meu caso é um grande problema. Foi através deles que encontrei o alívio para alguns incômodos, como o formigamento e a dormência. [Eles] não fazem milagres, mas ajudam bastante.”

Viviane Oliveira, 51 anos, diagnosticada com diabetes tipo 2 aos 30 anos

Os óleos essenciais podem ser administrados de várias maneiras. Para o alívio da dor, podemos usar a aplicação tópica.

Deve-se adicionar sempre 1 onça de óleo base (carreador/transportador), como o óleo de coco ou de azeite de oliva, para cada 12 ou mais gotas de óleo essencial. Esta medida ajuda a impedir que o óleo essencial cause irritação ou inflamação na pele.

Se desejar massajar a área afetada, pode misturar o óleo essencial de sua escolha com um óleo de massagem. O óleo de massagem irá diluir o óleo essencial, tornando-o desta um método seguro para usar na pele.

Também pode adicionar uma pequena quantidade à água do banho, permitindo assim que este seja absorvido pela pele enquanto relaxa.

Os Difusores de óleos são outra opção eficaz em alguns dos sintomas associados à dor dos nervos, como a falta de sono, estresse e ansiedade.

Riscos e advertências

1. As agências governamentais de saúde como a US Food and Drug Administration, não regulam o processo de fabrico destes compostos.

2. A aplicação de óleos essenciais na sua forma pura (não diluídos) pode causar irritação grave na pele.

Leia sempre os rótulos para garantir que está a obter um óleo essencial 100% puro e de grau terapêutico. Observe os possíveis alérgenos.

Deve realizar sempre um teste de sensibilidade numa pequena área de pele antes de aplicar o óleo em áreas mais extensas.

Se notar quaisquer pruridos ou manchas vermelhas, interrompa o uso de imediato. Certifique-se de diluir sempre o óleo antes da aplicação.

O que Procura?
Óleo de Orégano: Antibiótico Natural com Benefícios Superiores aos Antibióticos de Prescrição

Como já referido, a aplicação de óleos essenciais não diluídos pode causar irritação e inflamação em peles mais sensíveis.

Se estiver grávida, converse com o seu médico antes de usar estes ompostos aromáticos.

Outros tratamentos para neuropatia diabética

Infelizmente, ainda não existe uma cura definitiva para a neuropatia. Em vez disso, o tratamento concentra-se no abrandamento da progressão da doença e na gestão de quaisquer complicações que surjam.

O tratamento geralmente envolve uma mistura de terapias, tradicionais e complementares, incluindo:

• acupuntura
• exercício de baixo impacto
• fisioterapia
• terapia de massagem
• estimulação nervosa

O médico por vezes recomenda analgésicos sem receita médica ou cremes anestésicos. Se esses medicamentos não funcionarem, serão recomendadas algumas drogas opioides de prescrição.

O que pode fazer neste momento

O uso de óleos essenciais para a neuropatia pode ser uma terapia extremamente benéfica e económica para ajudar a aliviar a dor.

Eles podem aliviar os espasmos musculares, aliviar as dores dos nervos e permitir que durma melhor.

Geralmente estes compostos estão disponíveis on-line ou em lojas físicas de produtos naturais.

Certifique-se de diluir sempre o óleo antes de o utilizar e realizar um teste de sensibilidade antes de uma aplicação mais extensa.

Depois de seguidas todas as precauções, poderá começar a aplicar as misturas de forma tópica ou a difundi-las pelo ar.

Sugerimos a compra um difusor ou humidificador de alta qualidade para se certificar de que está a difundir os aromas no seu estado mais puro.

Referências

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/12048423
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10904159
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
https://nccih.nih.gov/health/peppermintoil

24. novembro 2017 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *