Fotos Antes e Depois

8 Óleos Essenciais Para Psoríase: Funcionam Mesmo?

Se está a lidar com a coceira e as manchas escamosas desconfortáveis da psoríase, não pense que está sozinho/a!

Esta condição de pele, relativamente comum, pode surgir a qualquer momento e deixar o desconforto no seu rastro.

O alívio pode ser conseguido de várias formas, desde medicamentos, tratamentos de terapia leve, e até mesmo óleos essenciais.

Os óleos essenciais são utilizados na aromaterapia e outras terapias alternativas para uma ampla variedade de problemas de saúde, incluindo condições de pele como a psoríase.

São poucos os estudos que têm explorado os potenciais poderes dos óleos essenciais como um tratamento caseiro para a psoríase. Muita da informação disponível é de natureza empírica (não necessariamente verdadeira ou confiável, apenas baseada em experiências pessoais, e não em fatos ou pesquisas).

Os óleos essenciais não são recomendados como opção de tratamento primário ou de primeira linha. Deve usá-los apenas como uma terapia complementar ao tratamento indicado pelo médico.

É igualmente importante, consultar o médico antes de adicionar os óleos essenciais à sua rotina de tratamento. Só o médico pode ajudar a determinar se essa é a sua melhor opção, natural.

Psoríase Nos Joelhos

Abaixo descrevemos os óleos normalmente usados para tratar a psoríase.

Óleo de coco

O óleo de coco não é considerado um óleo essencial. No entanto, tem propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar a aliviar a dor causada pela psoríase. É amplamente considerado como um ingrediente suave.

Devido a isso, muitas vezes é recomendado como um tratamento natural para a psoríase do couro cabeludo, uma vez que hidrata a pele e as escamas.

Quando usado sozinho, o óleo de coco normalmente não causa efeitos colaterais. O composto é rotineiramente usado como ingrediente culinário e é perfeitamente seguro para consumo. Pode ser tomado internamente ou aplicado externamente se quaisquer efeitos secundários. Sempre com moderação claro!

Pode usar o óleo de coco de várias maneiras. Tente ingerir diariamente duas colheres de sopa de óleo de coco virgem.

A substância de ácido láurico contida no óleo vegetal, pode bloquear a entrada de bactérias e vírus no corpo.

Também poderá aplicar o óleo de coco virgem liberalmente às áreas afetadas. Este pode ser mais eficaz se colocá-lo na pele logo após o banho.

Se sentir dor, coceira ou outros sintomas incomuns após o uso deste, pare de usá-lo imediatamente e fale com o seu médico.

Óleo da árvore-do-chá

O óleo essencial da árvore-do-chá provém das folhas de uma planta nativa da Austrália, a Melaleuca alternifolia. O óleo é dito ter propriedades antibacterianas, antivirais e antifúngicas. Também pode manter uma função imune saudável.

O que Procura?
4 Óleos Essenciais Para Aliviar Sintomas de Queimação da Azia

Considere aplicar o óleo da árvore-do-chá na área afetada. Esta aplicação pode ajudar a afastar a infecção e aliviar a inflamação.

Atenção: Não use muito deste poderoso óleo, pois, pode ele secar a pele e piorar a situação.

Não existem estudos científicos que confirmem ou neguem a sua eficácia no tratamento da psoríase. Em alguns casos, é possível ocorrer uma irritação adicional da pele ou uma reação alérgica. Para determinar se é ou não alérgico à substância, deve primeiro testá-lo numa pequena área de pele antes de o aplicar a áreas maiores.

Algumas pessoas encontram alívio usando produtos comprados na loja que contêm óleo da árvore-do-chá nos seus ingredientes. É possível encontrar o composto em vários produtos, desde champôs até sabonetes e loções.

Óleo de Rícino

Óleo De Rícino, óleo De Mamona

O óleo de rícino não é um óleo essencial, mas pode ser usado como veículo/transporte para a aplicação de óleos essenciais.

Pode adicionar óleos essenciais a uma base de óleo de rícino antes da aplicação. Esta forma de uso ajuda a diluir o óleo essencial e evitar quaisquer efeitos adversos na pele.

Este emoliente natural, extraído das sementes da planta Ricinus communis, também funciona para suavizar a pele.

Relatos empíricos (anedóticos) sugerem que o óleo de rícino prensado a frio pode ajudar a acelerar a cicatrização e hidratar as áreas da pele secas e escamosas quando usado diariamente.

Afirma-se também que a aplicação de óleo de rícino diretamente na pele, ajuda a remover toxinas e a melhorar a função imunológica, aumentando a contagem de células de linfócitos que combatem a doença.

O óleo das sementes da planta Ricinus communis vendido nas lojas pode ser processado quimicamente ou proveniente de sementes que tenham sido pulverizadas com pesticidas. Deve ler os rótulos cuidadosamente para evitar efeitos colaterais como a irritação da pele.

Não deve usar este óleo se estiver grávida ou a amamentar.

Óleo de lavanda

O óleo de lavanda é um dos óleos mais estudados. É usado frequentemente para uma variedade de condições, incluindo abrasões na pele, dores de cabeça e dor muscular.

O composto extraído da planta Lavandula angustifolia demonstrou ter propriedades antibacterianas e antifúngicas bem-sucedidas contra diferentes bactérias, quando os medicamentos tradicionais falharam.

Se estiver sob estresse, considere aplicar/massajar o óleo de lavanda diluído, na região das têmporas (Ver Imagem). Esta sugestão pode ajudar a aliviar a mente, possivelmente aliviando alguns desencadeantes emocionais.

O óleo de lavanda também pode ajudar a reduzir a coceira na pele quando misturado com uma loção e aplicado à pele.

As mulheres grávidas ou amamentando, bem como as pessoas com diabetes, devem evitar o uso de óleo de lavanda. O uso excessivo deste pode resultar em náuseas, vómitos ou dores de cabeça.

O que Procura?
7 Óleos Essenciais para Controlar a Ansiedade, Estresse e Nervosismo

Leia Também: Óleos Essenciais para Aliviar Náuseas e Vômitos

Tal como acontece com outros óleos, pode aplicar algumas gotas de óleo de lavanda na sua pele, mas só depois de diluído com um óleo base/carreador como o de coco.

Algumas pessoas também adicionam algumas gotas deste maravilhoso óleo diretamente à água do banho.

Óleo de gerânio

óleo Essencial De Gerânio

O óleo essencial de gerânio, extraído da planta Pelargonium graveolens ajuda a melhorar a circulação, diminuir a inflamação e até mesmo trabalhar no alivio do estresse. Promove também o crescimento e regeneração de células saudáveis.

Nota: Pode sofrer alguns efeitos colaterais ao aplicar este óleo diretamente na pele. Deve realizar um teste de alergia antes da aplicação. Deve também diluir o óleo usando óleos bases/carreadores. Esta forma de uso ajuda a reduzir a probabilidade de reações adversas.

O óleo de gerânio é conhecido por retardar ou parar o fluxo sanguíneo, por isso, tenha cuidado se tiver pressão arterial alta ou estiver em risco de doenças cardiovasculares.

Para problemas de pele que vão desde a acne até à dermatite, pode tentar misturar até cinco gotas de óleo de gerânio com um óleo base, como o óleo de coco. Aplique a mistura nas áreas afetadas duas vezes ao dia até ver melhorias.

Óleo de hortelã-pimenta 

Oleo Essencial De Hortela Pimenta

O óleo de hortelã-pimenta (Mentha × piperita) pode ajudar a reduzir o prurido e dor causada pelas manchas da psoríase.

Existem cerca de 25 espécies diferentes de hortelã-pimenta e mais de 600 variedades. Independentemente da planta que use, o mentol encontrado no óleo é o que dá à hortelã-pimenta o seu poder medicinal.

Este óleo também ataca a coceira causada por outros motivos, desde bolhas de herpes até infestações de sarna.

Em pequenas doses, a hortelã-pimenta geralmente não causa efeitos colaterais. Existe uma pequena hipótese de reação alérgica, portanto, esteja atento/a a quaisquer sinais e sintomas incomuns após a aplicação.

Um remédio caseiro bastante popular envolve a combinação de um copo de água destilada com cinco a sete gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta (numa garrafa de spray, borrifador). Pode pulverizar a mistura na pele dolorida e com coceira para um alívio imediato.

Óleo de Argan

óleo De Argan

O óleo de argan, argão ou argania, é um óleo de base extraído da árvore Argania spinosa L. Não é um óleo essencial.

É rico em vitamina E, que é um excelente hidratante para a pele. Também pode melhorar o metabolismo da sua pele, reduzir a inflamação e proteger a pele, do sol.

O óleo de argan pode funcionar perfeitamente na psoríase uma vez que é anti-inflamatório e antisséptico. Isso significa que o composto ajuda a reduzir a vermelhidão, a secura, o inchaço e a coceira.

O que Procura?
8 Óleos Essenciais para Tratar e Prevenir Infecções Urinárias (Uretra, Bexiga, Ureter e Rins)

Observe que os óleos de argan utilizados para usos culinários e para usos cosméticos não são o mesmo produto. Não deve NUNCA ingerir o óleo de argan cosmético.

As reações alérgicas são raras e deve interromper o uso se sentir desconforto.

Como este não é um óleo essencial, mas sim vegetal, ele pode ser aplicado diretamente na pele.

Óleo de Cominho-preto

óleo De Sementes De Cominho Preto, Nigella Sativa

Também chamado de “óleo de sementes de cominho-preto”, este óleo extraído das sementes da planta Nigella sativa tem propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas, antifúngicas e anti-helmínticas. Pode ajudar com uma variedade de problemas de pele, desde os causados pela psoríase até os causados por parasitas.

Estes benefícios ajudam a acalmar qualquer inflamação, além de acelerar o processo de cicatrização da pele.

O composto é um excelente hidratante e pode até reduzir a espessura das escamas.

As sementes de cominho preto podem retardar a coagulação do sangue e diminuir a pressão arterial, sendo que as pessoas com distúrbios de coagulação, diabetes ou pressão arterial baixa, devem falar com o médico antes de as usar.

As mulheres grávidas também devem evitar o uso do composto.

O composto oferece também efeitos sedativos.

Pode aplicar óleo de semente de cominho preto diretamente na pele ou misturar com um óleo de base antes da aplicação. Este método natural ajuda a acalmar a coceira e hidratar a pele.

Fatores de risco a considerar

Psoríase Nos Cotovelos

Investigue sempre o óleo específico que pretende usar antes de incorporá-lo no seu plano de tratamento. Cada óleo vem com os seus próprios cuidados e interações.

Embora sejam todos naturais, os óleos essenciais podem conter ingredientes extremamente potentes. Por esta razão, eles devem ser tratados como remédios e usados com cuidado.

Estes compostos geralmente não são recomendados para mulheres grávidas ou que estão a amamentar. Alguns deles podem interagir com determinados medicamentos ou problemas de saúde.

Deve falar sempre com o seu médico sobre os óleos que gostaria usar para complementar o seu tratamento atual.

Considerações

Psoríase No Couro Cabeludo

Se considera o uso dos óleos essenciais para tratar os sintomas da psoríase, existem algumas coisas que pode/deve fazer neste momento:

• Pergunte ao médico se os compostos são adequados para o seu caso em específico.

• Pesquise as precauções e as interações de cada óleo.

• Leia cuidadosamente os rótulos dos produtos e avance devagar para evitar efeitos colaterais.

• Teste uma pequena área de pele antes de usar o óleo em grandes áreas.

Referências

http://www.sciencedirect.com/
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
https://nccih.nih.gov/health/lavender/ataglance.htm
https://nccih.nih.gov/
https://nccih.nih.gov/health/tea/treeoil.htm
https://www.psoriasis.org/
https://www.mayoclinic.org/

14. novembro 2017 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *