Os contraceptivos Hormonais e Injectáveis - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Os contraceptivos Hormonais e Injectáveis

Os contraceptivos Hormonais e Injectáveis

PÍLULA
Eficácia: 99,5-99,9%
A pílula é uma combinação de hormonas femininas (estrógenos e gestágenos) que impedem a ovulação e espessam o muco cervical, tornando-o impenetrável pelos espermatozóides. Nos últimos anos, os estrógenos diminuíram a sua concentração de forma significativa, procurando a dose mínima de efeito. Os comprimidos tomam-se durante 21 dias; depois descansa-se outros 7, durante os quais acontece a menstruação.

Precauções a ter com a pilula
Precisa de um exame médico prévio. Antes de prescrever a pílula, o médico pode solicitar umas análises. Convém tomá-la todos os dias à mesma hora, sem atrasos superiores a doze horas. Em caso de esquecimento é aconselhável usar um método adicional pelo menos durante sete dias.

Vantagens em tomar a pilula
A pílula é muito segura, não interfere nas relações sexuais, regula o ciclo menstrual, alivia a dor da menstruação e protege contra o cancro do ovário e endometrio???. Embora seja preferível esperar para completar um ciclo de pílulas, excepcionalmente, o tratamento pode suspender-se de imediato.

Inconvenientes da pilula
Não protege contra as doenças sexualmente transmissíveis. Pode ter alguns efeitos secundários como o aumento de peso, manchas na pele, dores de cabeça ou problemas cardiovasculares. Alguns medicamentos podem interferir na sua absorção.

Contra-indicações da pilula
Não se deve tomar se suspeitar estar grávida (se se tomar por erro no início da gestação, não se associa a malformações congénitas). Também se desaconselha em caso de doença vascular severa, diabetes, cirurgias que requerem imobilização prolongada, cancro da mama, hepatite activa, antecedentes de tromboembolia e enxaquecas fortes. Também é pouco conveniente se a mulher fumar mais de 15 cigarros por dia, especialmente se for maior de 35 anos.

INJECTÁVEIS
Eficácia: 99%
Trata-se de uma dose hormonal que se injecta por via intramuscular para impedir a ovulação e espessar o muco cervical, de forma que este não deixe passar os espermatozóides. A injecção pode ser mensal, à base de estrógenos e gestágenos, ou trimestral, à base de gestágenos.

Precauções
Convém aplicar a dose durante os primeiros sete dias a partir do início da menstruação.

Vantagens dos injectaveis
Trata-se de uma boa alternativa para as mulheres com intolerância gástrica à pílula. É um método económico e cómodo, já que não é preciso lembrar-se de tomar os comprimidos diariamente.

Inconvenientes
Os contraceptivos à base de estrógenos podem originar alterações significativas no ciclo menstrual (ausência de menstruação, pequenas hemorragias…) que podem inquietar a mulher (é mais um problema de preocupação não justificada que de efeitos secundários reais).

Contra-indicações
São semelhantes aos da pílula: gravidez, enxaquecas intensas, antecedente ou presença de tromboembolia ou acidente vascular cerebral, doença cardiovascular isquémica, hipertensão arterial grave, hepatite activa ou tumor hepático maligno, diabetes, complicações vasculares e cancro da mama.

Ler Também:

Pílula Contraceptiva

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade