Fotos Antes e Depois

Os 7 Efeitos Colaterais e os 6 Riscos da Cirurgia Ocular a Laser

A cirurgia ocular a laser é um procedimento muito comum, usado para corrigir vários problemas de visão, incluindo a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo.

Embora essa cirurgia seja um procedimento extremamente seguro, ela pode acarretar efeitos colaterais de curto prazo, como dor moderada, coceira, irritação e sensibilidade à luz.

Efeitos Colaterais E Os Riscos Da Cirurgia Ocular A Laser

Em alguns casos, as complicações de longo prazo incluem: tremedeiras, olho seco, correção parcial, abaulamento da córnea, infecção e inflamação.

Efeitos colaterais da cirurgia ocular a laser

  • Complicações associadas à aba da córnea
  • Infecção e inflamação
  • Olho seco
  • Correção incompleta
  • Redução ou perda permanente da visão

Mesmo que a cirurgia ocular a laser seja um procedimento muito seguro, às vezes ela pode ocasionar alguns efeitos colaterais e complicações a curto e a longo prazo.

Mas antes de nos aprofundarmos nesses possíveis efeitos colaterais, vamos conferir rapidamente as noções básicas relacionadas à cirurgia ocular a laser.

O que é a cirurgia ocular a laser?

Ao contrário da crença popular, a cirurgia ocular a laser não é um procedimento isolado. Trata-se de uma expressão que engloba vários tipos de cirurgias oculares, realizadas para corrigir problemas de visão e, assim, fazer com que as pessoas deixem de usar óculos ou lentes de contato.

Alguns problemas de visão, incluindo a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo, podem ser corrigidos por meio da cirurgia refrativa a laser — sendo que e os tipos mais comuns incluem LASIK, LASEK, EpiLASIK e PRK.

Em todos esses procedimentos, um laser especial, conhecido como “excimer”, é usado para remodelar cuidadosamente a córnea e corrigir a visão.

Um exame de visão aprofundado conduzido por um oftalmologista pode ajudar a determinar se você é um bom candidato para a cirurgia ocular a laser.

O que Procura?
Conheça 6 Causas da Enxaqueca Ocular (Oftálmica)

Essa avaliação também é usada para recomendar o procedimento mais eficaz para você.

O LASIK é, de longe, a forma mais comum de cirurgia ocular a laser para a correção de erros refrativos, além de ser a cirurgia eletiva mais comum do mundo.

O que acontece exatamente após a Cirurgia Refrativa a Laser

Imediatamente após o procedimento, você pode sentir uma sensação de queimação no olho, dor moderada, lacrimejamento e uma irritação e desconforto gerais.

Os olhos iniciarão o processo de cura imediatamente após o procedimento. Também será solicitado que você descanse os olhos ao máximo durante o primeiro ou até o segundo dia.

O médico pode prescrever uma medicação que ajude a aliviar a dor pós-operatória.

Precauções após cirurgia

Você deve providenciar alguém que possa levá-lo para casa logo após a cirurgia. Além disso, serão necessários cerca de 3 a 4 dias de licença do trabalho para que você consiga se recuperar.

Você receberá óculos escuros para se proteger contra a sensibilidade à luz e protetores de olhos para usar na hora de dormir, além de um colírio antibiótico e lubrificante. (1)

A vontade de esfregar o olho pode ser intensa após a cirurgia, mas não faça isso! Você também não deve usar maquiagem ou cremes no olho por cerca de duas semanas, evitar atividade física extenuante e esportes de contato por cerca de três semanas, além de evitar o uso de piscinas e banheiras com água quente por aproximadamente oito semanas depois da cirurgia. (2)

Efeitos colaterais da cirurgia a curto prazo

Como mencionado anteriormente, uma dor leve e sensação de queimação são efeitos colaterais normais logo após a cirurgia ocular a laser.

No entanto, se você sentir uma dor severa e/ou sua visão piorar após a cirurgia, você deve chamar seu médico imediatamente.

No pós-operatório, os olhos podem lacrimejar (até mesmo o olho não operado). Também é normal que o paciente sinta a visão embaçada.

Outras reações adversas a curto prazo incluem: sensibilidade à luz, visualização de halos ao redor de fontes luminosas, e olhos avermelhados (como se estivessem injetados de sangue).

O que Procura?
Ceratoconjuntivite

Algumas pessoas também apresentam problemas relacionados à visão noturna. Você também pode sentir certa sensibilidade com relação ao baixo contraste, o que afeta a nitidez da visão. (3)

Esses sintomas são comuns e a maioria tende a desaparecer dentro de 2 a 4 dias após a cirurgia. O médico pedirá que você retorne para uma consulta de acompanhamento no decorrer de 1 a 2 dias do pós-operatório.

Depois disso, você deve retornar regularmente durante cerca de 6 meses para passar por avaliações rotineiras.

Vale destacar que, depois cirurgia ocular a laser, leva até 6 meses para que o olho consiga se curar completamente e a visão se estabilize.

Então, é importante que você seja paciente consigo mesmo. Além disso, é preciso resistir à vontade de cutucar o olho, mesmo se você sentir a visão embaçada ou turva após a cirurgia.

Riscos da cirurgia

A cirurgia ocular a laser é um procedimento geralmente seguro e as chances de ocorrer efeitos colaterais a longo prazo e/ou complicações são bastante baixas.

Mesmo que ocorram, eles podem ser tratados com sucesso e sem danificar a visão. As chances de perder a visão devido a essa cirurgia são extremamente baixas. A seguir, confira alguns possíveis, mas incomuns efeitos colaterais a longo prazo:

Complicações na aba da córnea

A cirurgia ocular a laser envolve a criação de uma aba articulada extremamente fina na frente da córnea. Durante a cirurgia, ela fica suspensa para que a córnea seja remodelada com a ajuda do laser.

Depois da cirurgia, essa aba é recolocada no lugar para atuar como um curativo. Caso essa aba seja feita incorretamente, ela não conseguirá aderir à superfície da córnea como deveria, causando rugas microscópicas.

Por sua vez, essas rugas podem distorcer a visão e causar outras complicações.

Infecção e inflamação

Algumas pessoas podem sofrer infecção e inflamação. Geralmente, isso é tratável com medicação e, raramente, requer um procedimento cirúrgico para correção.

Olho seco

Algumas pessoas manifestam olho seco crônico, muitas vezes associado com vermelhidão e coceira. O problema costuma ser tratado com a ajuda de medicação indicada para os casos de olho seco.

O que Procura?
Sinais e Sintomas de Doenças Oculares Diabéticas

Correção incompleta

Se o procedimento a laser for feito incorretamente, os pacientes podem sentir uma correção parcial do problema de refração, o que pode ocasionar uma visão embaçada. Normalmente, o problema é corrigido por meio de um procedimento a laser ou utilização de óculos corretivos.

Abaulamento da córnea

Uma córnea abaulada é outro possível efeito colateral a longo prazo. Dito isso, apenas 1 em cada 5.000 pessoas desenvolveram essa reação no pós-operatório.

Esta condição médica é conhecida como ectasia. Cabe ao médico avaliar a digitalização da córnea para determinar se o paciente corre o risco em questão.

Redução ou perda permanente da visão

Há uma chance muito pequena de sua visão piorar depois da cirurgia. Uma visão parcialmente reduzida pode ser tratada com lentes corretivas, enquanto a completa perda da visão é algo extremamente raro. (4)

01. agosto 2017 by Fabricio

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *