Pele mista - Como tratar e reconhecer a pele mista
Fotos Antes e Depois

Pele mista

Pele mista: Quando começamos a pensar em cuidar da pele, a primeira coisa a saber é que tipo de pele é o nosso para que, a partir daí, se possam comprar os produtos mais adequados. No entanto, se nos dizem que a nossa pele é mista pode surgir a grande questão: produtos para pele oleosa ou para pele seca?

Como se sabe, toda a gente tem um tipo de pele determinado que fica perfeitamente definido depois da adolescência.

Dentro dos tipos de pele mais conhecidos, existem os três grandes grupos que incluem a pele seca, a pele normal e a pele oleosa. Apesar disso, podemos ainda sub-dividir cada um destes grandes grupos naquilo a que podemos chamar, os sub-tipos da pele e onde se encontra incluída a pele mista.

Pele mista

Chama-se pele mista porque, dentro de uma mesma superfície como é a do rosto, podem existir zonas em que a pele apresenta as características de uma pele oleosa e outras em que as características podem ser secas ou normais.

Desta forma, podemos considerar que, num mesmo rosto, é possível existir dois tipos de pele muito diferentes e que, por isso, também exigem cuidados diferentes.

Isto pode tornar-se um problema para as mulheres que têm este sub-tipo de pele, porque pode ficar a dúvida sobre que linha de cosmética deve usar para satisfazer as necessidades destas duas zonas tão diferenciadas uma da outra.

De qualquer modo e considerando que, aparentemente, é aquela que mais exige em termos de trabalho e de quantidade de produtos, a verdade é que a pele mista também pode ser tratada de uma forma eficaz e simples.

Como reconhecer a pele mista

É um sub-tipo de pele muito frequente e apresenta a zona média do rosto oleosa (o chamado T que inclui as zonas da testa, nariz e queixo) e as restantes zonas mais secas ou normais.

Para a reconhecer terá de observar-se na zona T a presença de oleosidade, que é acompanhada de pontos negros, grão ou poros dilatados e eventuais borbulhas que podem surgir de vez em quando, tendo a pele desta zona uma textura espessa e uma aparência mais grosseira.

Dentro desta zona média, é geralmente o nariz aquele onde a secreção sebácea é mais intensa, podendo retirar-se dele bastante gordura e pontos negros. Quanto a eventuais borbulhas, essas surgirão facilmente na testa, nas têmporas e no queixo.

A pele mista é geralmente pálida, que se pode tornar áspera nas zonas laterais, com o aparecimento de rugas em redor dos olhos.

Tratamento da pele mista

Se quiséssemos ser rigorosos no tratamento desta pele, certamente que o ideal seria usar duas gamas de produtos diferentes, uma para equilibrar a oleosidade da zona média do rosto e outra indicada para pele normal ou seca que seria indicada para cuidar das zonas laterais.

Mas porque se tornaria muito pouco prático e também bastante dispendioso, a cosmetologia permite ter ao seu dispor gamas especialmente indicadas para peles mistas, da mesma maneira que também pode optar por gamas indicadas para todos os tipos de pele.

Tanto uma como a outra permitem a boa hidratação da pele, mantendo o filme hidrolipídico estabilizado e a zona oleosa equilibrada.

No entanto, sabendo que o nível de gordura existente na pele pode ser variável da pessoa para pessoa, estas gamas podem fazer com que uma pele mista ligeiramente mais oleosa possa vir a formar mais borbulhas, situação que pode acontecer com toda a facilidade.

Neste caso e para que não se correrem riscos de qualquer espécie, as gamas de produtos à base de ácidos são excelentes, já que, para além da sua capacidade regeneradora e rejuvenescedora da pele, contribuem para uma descamação invisível mas contínua da epiderme.

Em alternativa a estas soluções, pode ainda optar-se por uma mistura de duas gamas, uma indicada para pele seca e a outra para todos os tipos de pele, devendo-se, neste caso, fazer uma associação de ambas.

Por exemplo: um gel desmaquilhante para pele oleosa, um tónico ligeiramente adstringente e um creme para todos os tipos de pele que não seja comedogénico (que não contribua para a formação de pontos negros).

Duas máscaras

Uma vez que a máscara constitui um verdadeiro banho de beleza que actua rapidamente, fornecendo à pele aquelas substâncias de que precisa para se manter bonita, o ideal será usar, no caso de uma pele mista, duas máscaras diferentes que pode aplicar num mesmo tempo de pose: uma máscara purificante para espalhar na zona T e outra hidratante para pele normal nas restantes zonas laterais.

Continuação » 4 Remédios caseiros para eliminar Borbulhas em peles oleosas

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Saúde com Ciência", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.