Saiba Como Planear uma Gravidez - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Saiba Como Planear uma Gravidez

Atualizado em 13 Janeiro 2018

QUANDO TOMAREM A DECISÃO de ter filhos, é prudente prepararem-se com antecedência.

Para terem um bebé saudável, as pesquisas demonstram que os factores mais importantes são, de longe, a vossa forma física e a vossa nutrição.

Isto também se aplica aos pais, pois cada bebé é constituído por 50 por cento do pai e, assim, essa metade tem que ser o mais saudável e estar nas melhores condições possíveis.

gripe a durante a gravidez

Planear o nascimento

Se estiverem a pensar seriamente em constituir família, o ideal seria começarem a pensar nisso pelo menos um ano antes da altura em que desejam que o bebé nasça.

É uma ideia deixar, pelo menos, uma margem de três meses para que os vossos corpos atinjam o auge da forma pré-concepcional. Há outros assuntos que poderá querer também levar em linha de conta, como por exemplo a altura do nascimento.

Se estiver a pensar mudar de casa, ou souber que os compromissos de trabalho lhe vão roubar muito tempo fora de casa numa altura específica do ano, o melhor é evitar que isso coincida com a possível chegada do seu bebé.

Alguns pais podem até pensar se querem que o bebé nasça no Inverno ou no verão: a maioria dos sistemas educacionais implica que o ano lectivo tenha início no outono e há provas de que algumas crianças nascidas no verão, as mais novas no seu grupo escolar, podem não ser capazes de acompanhar academicamente tão bem as crianças mais velhas e mais maduras que nasceram no Inverno.

Isto não vai afectar apenas os primeiros anos; por vezes, pode arrastar-se até à adolescência.

Adiar o projeto de ter filhos

Há cada vez mais mulheres a adíar uma gravidez até depois dos trinta anos, ou até mesmo aos quarenta.

Uma mulher gravida com mais de 35 anos vai ser vigiada mais de perto mas a saúde geral e a forma física da mulher melhorou imensamente nos últimos anos e uma mãe mais velha que esteja grávida já tem menos probabilidades de correr alguns riscos, comuns nas gerações anteriores.

Para além disso, os casais que iniciam uma família por volta dos trinta anos, ao planearem o nascimento de um bebé têm mais probabilidades de possuírem um relacionamento e uma situação financeira estáveis.

No entanto, ao planear conceber um filho depois dos trinta e cinco anos ou depois disso, vai aumentar o tempo que poderá ter que esperar para engravidar – uma média de seis meses se tiver 35 anos, em comparação com quatro meses se tiver 25 anos .

Quando parar com os métodos contracetivos

Se tem estado a usar métodos de barreira directos, como por exemplo preservativo ou o diafragma, poderá conceber com segurança assim que deixar de utilizá-los. No entanto, a maioria dos médicos recomenda que haja, pelo menos, um período menstrual normal depois de parar de usar outro tipo de formas contraceptivas, antes de engravidar.

A pílula

A melhor forma é deixar de tomar a pílula com três meses de antecedência, contudo basta um mês, desde que tenha um período normal antes de conceber um bebé.

Disposifivo intra-uterino (DIU)

Aplica-se o mesmo período de tempo a um Diu, por isso retire-o três meses antes de tencionar engravidar. Tenha, pelo menos, um , período normal antes de parar definitivamente a contracepção – entretanto use um : método de barreira.

Mãe

É sensato planear a melhor altura para conceber. A data prevista será calculada em 40 semanas, a partir do primeiro dia do seu último período, por isso tem que levar em conta quando planear o seu programa de forma física antes de engravidar.

A Forma física é importante

Existe um desenvolvimento fenomenal do seu corpo durante as 40 semanas de gravidez; as estatísticas são surpreendentes.

Eis aqui algumas: o útero aumenta 1000 vezes de volume (músculo); o útero aumenta 30 vezes de peso (proteína); as fibras individuais musculares do útero aumentam 40 vezes em comprimento; o trabalho efectuado pelo coração da mãe aumenta em 50 por cento; o volume do sangue da mãe aumenta cerca de um terço; os rins da mãe filtram 50 por cento mais sangue do que até então.

Prevenir uma anemia

Se estiver anémica, o seu coração está a trabalhar em excesso, o que pode afectar o bebé. Uma análise de sangue pode derectar uma anemia e ser necessário tomar suplementos à base de ferro.

Evitar anomalias no parto

O ácido fólico foi descoberto para reduzir o risco de anomalias no parto, como por exemplo a espinha bífida.

É recomendável começar a aumentar a ingestão de ácido fólico três meses antes de parar a contracepção e durante três meses depois de conceber.

As boas fontes de alimento são os legumes de folha verde, os cereais e o pão; ou, como alternativa, tome suplementos.

Se Tiver problemas de saúde

Se tomar regularmente algum tipo de medicamento para uma doença específica, informe o seu médico antes de tentar engravidar, uma vez que a dosagem poderá ter que ser alterada enquanto estiver grávida .

Como a forma física os ajuda aos dois

Como futura mãe, quanto mais em forma estiver, mais facilmente o seu corpo estará apto a lidar com as pressões e esforços da gravidez.

No entanto, a forma física e o estilo de vida também podem mudar a capacidade de um homem conseguir conceber uma criança, afectando a produção de espermatozóides.

Pense na sua saúde geral e no seu estilo de vida, pelo menos, três meses antes de planear cessar a contracepção. Melhorará a sua forma física e aumentará as suas hipóteses de conceber sem demoras e de ter um bebé saudável.

Uma alimentação saudável

Adaptar a sua alimentação não deverá requerer alterações desagradáveis. A sua alimentação base deverá incluir uma boa qualidade de hidratos de carbono, como por exemplo pão de trigo integral, afroz e batatas.

Diminua a ingestão de gorduras animais, mudando para o leite desnatado, queijos com poucâ gordura e utilize azeite ou óleo de girassol para cozinhar.

Coma diariamente muita fruta e legumes frescos. Não omita refeições, evite alimentos já cozinhados, elimine os almoços líquidos e coma um pequeno-almoço substancial.

Fazer exercício

O exercício físico contribui para uma mãe/pai saudável, por isso, se não está ainda habituada a fazê-lo, comece por fazer exercícios ligeiros acompanhada por alguém, como por exemplo jogging, natação ou aulas de ginástica.

Experimente fazer uma sessão de 20 minutos diários de exercício, pelo menos três vezes por semana, o que vai aumentar e melhorar os seus batimentos cardíacos.

No entanto, não se esqueça de que um exercício muito activo ou uma dieta mal orientada pode reduzir a fertilidade.

Precauções rotineiras de saúde – O que deve considerar e melhorar

Tabaco

O tabaco reduz a fertilidade, especialmente nos homens,uma vez que diminui a sua contagem de espermatozóides. Renuncie ao tabaco antes de tentar ter um filho; fumar durante a gravidez – directa ou passivamente – prejudica o feto.

Álcool

O álcool pode danificar tanto os espermatozóides como os óvulos, por isso os futuros pais não devem ingerir mais do que 5 doses de bebidas alcoólicas por semana para as mulheres e 10 para os homens. (Uma dose: um copo de vinho ou meia cerveja.)

Drogas e medicamentos

Muitas drogas pesadas ou medicinais afectam a fertilidade. É o caso particular do haxixe, que reduz a produção de espermatozóides; os efeitos podem levar meses a ser eliminados. Consulte o médico se estiver a tomar medicamentos com regularidade.

Exames a fazer antes de engravidar

Muito antes de pensar em engravidar, faça o teste de imunidade para a rubéola e, se necessário, leve a vacina; faça uma citologia exfoliativa e algum tratamento, caso precise; verifique se sofre de alguma doença sexualmente transmissível.

Fatores ambientais

Antes de conceber e depois de parar com a contracepção, certifique-se de que evita raios-X, saunas quentes e poluentes, como por exemplo dioxinas e outros produtos tóxicos, que podem ser encontrados nos jardins e nos produtos domésticos de limpeza.

Pai

Pode parecer-lhe óbvio que a forma física e o estilo de vida da sua companheira renha influência na sua capacidade de conceber, mas precisa de ter consciência de que a sua própria forma física também é um factor crucial.

Se não estiver em forma, poderá não doar o melhor do seu material genético ao seu filho através do seu esperma e essa é uma responsabilidade a que não pode esquivar-se.

O seu estilo de vida é importante

As suas capacidades sexuais podem não ter relação directa com a sua capacidade de conceber uma criança.

A fertilidade masculina não depende só da quantidade, mas também da saúde do seu esperma que pode ser afectada por uma grande variedade de factores, como por exemplo o tabaco, o álcool, as drogas, e tambem o stress.

Tenha atenção à alimentação, pratique desporto e evite o stress.

Aconselhamento genético

Procure conselhos e faça análises se houver alguma disfunção genética na Sua família. Os problemas hereditários incluem a fibrose cística, a talassemia, a distrofia muscular e a hemofilia.

O que acontece numa sessão de aconselhamento

O médico explica o problema e os antecedentes familiares e mostra-lhe o padrão de hereditariedade através das gerações passadas.

Nem todos os portadores de um gene defeituoso têm a doença: se for recessivo, ele pode ser disfarçado por uma versão saudável, ao passo que um gene dominante sempre vai aparecer.

Com um gene dominante, as hipóteses de o seu bebé ser afectado são de uma em cada duas e com um gene recessivo elas são de uma em cada quatro.

Concepção

CONCEBER UM BEBÉ é a expressão suprema de um relacionamento sexual amoroso entre parceiros, que tomaram essa decisão em conjunto, sem pressões de parte a parte. Poderá conceber poucos meses depois de ter tomado a decisão de parar de usar métodos contraceptivos, principalmente se tiver relações sexuais no seu período mais fértil do mês.

Quando está fértil

Uma mulher encontra-se fértil durante a ovulação, quando um ovulo foi libertado do ovário. Isto ocorre quase sempre 14 dias depois do primeiro dia do último período menstrual.

Poderá, portanto, prever a ovulação registando os seus períodos num calendário, ou poderá fazer uma análise de ovulação ou de urina, o que pode ser útil caso não tenha um ciclo regular de 28 dias.

Três quartos de todos os casais que têm relações sexuais não protegidas vão conceber num espaço de 9 meses e 90 por cento em 18 meses, mas a partir mais ou menos dos 25 anos, a fertilidade dos homens e das mulheres começa efectivamente a diminuir.

O que acontece quando se concebe

Uma vez que o óvulo pode sobreviver durante 36 horas e o espermatozóide durante 48 horas, o seu período fértil pode durar cerca de três dias. euando a ovulação e a relação sexual se sobrepõem, o esperma percorre o cérvix e o útero para ír ao encontro do óvulo e a fecundação com um espermatoz6id,e dá-se na extremidade superior da trompa de Falópio.

Depois, demora entre 3-4 dias para que a célula fecundada (chamada zigoto) chegue ao útero e se implante no endométrio – a mucosa uterina especialmente preparada.

Ao processo de implantação dá-se o nome de nidação; o óvulo fecundado, chamado agora de blastocisto, refugia-se na mucosa e forma rapidamente uma placenta inicial; sete dias após a ovulação, o blastocisto já está implantado e a crescer

Hipóteses crescentes de concepção

Depois de parar de usar contraceptivos e de os seus períodos menstruais começarem a ser normais, as seguintes sugestões podem ajudá-la a conceber com maior rapidez:

Tente ter relações sexuais durante o seu período mais fértil.

O seu período fértil é assinalado pela textura do muco cervical, que se torna transparente, fino e viscoso, facilitando a passagem dos espermatozóides através do cérvix. A ovulação ocorre normalmente 24 horas depois de este tipo de muco se encontrar na sua fase mais abundante.

Evite ter relações sexuais alguns dias antes do seu período fértil, para ajudar a constituir um número mais favorável de espermatozóides.

Julga-se que a “posição de missionário” (o homem por cima) é uma das mais eficazes para a conceção, principalmente se permanecer deitada durante mais ou menos uma hora depois de ter tido relações sexuais.

Reduza a ingestão de cafeína – existem algumas provas que levam a crer que essa substância possa interferir com a capacidade de o embrião se implantar nas paredes do útero.

Saber se está grávida

Muitas mulheres suspeitam que estão grávidas dias depois da concepção, mas o único indício óbvio é a ausência de um período, e todas as mulheres com um ciclo menstrual regular vão perceber que aconteceu algo depois de um atraso de três ou quatro dias.

Outras mulheres podem não se aperceber durante duas ou três semanas, principalmente se continuam a ter aquilo a que se chama hemorragia de “desabituação”, onde as hormonas de pré-gravidez, ainda presentes no corpo, causam um ligeiro sangramento menstrual.

No entanto, podem suspeitar de que estão grávidas a partir de outros sintomas físicos. De qualquer das formas, você vai provavelmente querer confirmá-lo o mais depressa possível através de um teste de gravidez.

Testes de gravidez

Os testes de gravidez comercialmente produzidos encontram-se agora amplamente disponíveis – e podem confirmar se está ou não grávida a partir do primeiro dia de ausência do período.

No entanto, se puder esperar mais um ou dois dias, obterá um resultado mais confiável; não é provável um resultado positivo falso, mas se for cedo de mais o resultado negativo pode não corresponder à verdade.

Também poderá pedir ao médico que lhe faça o teste.

Conheça 15 Testes de Gravidez Caseiros Confiáveis Online: Como Fazer Passo a Passo

Outros sinais de gravidez

Poderá sentir outros sinais nos dias que se seguem à ausência do período e que a alertarão para a possibilidade de uma concepção bem sucedida:

1-Seios sensíveis e pesados, que podem doer um pouco. Poderá achar o soutien um pouco apertado, as veias dos seios podem ficar mais salientes do que o habitual e os mamilos e aréolas podem parecer mais vermelhos.

2-Uma sensação de náusea. Apesar de ser muitas vezes chamada de “enjoo matinal”,a náusea pode aparecer a qualquer hora do dia.

3-Um sentido extremamente apurado do olfacto e um sabor metálico na boca.

4-Uma necessidade de urinar mais frequente do que a habitual.

5-Sentir-se incrivelmente cansada, principalmente à noite.

Esperar muito tempo para engravidar

Se tentou conceber durante 12 meses sem sucesso (ou oito meses, se tiver mais de 35 anos), poderá consultar o médico para lhe pedir um conselho sobre testes de fertilidade.

Descobrir que é incapaz de conceber sem uma ajuda pode ser bastante desgastante, mas muitos casais descobrem que dar este primeiro passo é, por si só, um antídoto para o stress e poderão conseguir conceber antes da consulta com o especialista.

Prepare-se para os testes de fertilidade

O processo de testes pode ser longo e difícil, por isso os dois membros do casal devem fazê-lo voluntariamente. Antes de começarem, devem pensar com cuidado na pressão (incuindo talvez a financeira) que estão prestes a iniciar.

Muitos relacionamentos desfizeram-se devido ao stress dos testes de infertilidade, e viver na incerteza, juntamente com os testes desagradáveis e invasivos, pode ser extremamente duro e difícil.

Partilhar a responsabilidade

Tenha consciência de que a vossa capacidade como casal para conceber – a vossa fertilidade – é a soma de ambas as vossas fertilidades.

As pesquisas podem indicar um problema que é provável que tenha tratamento e vale a pena lembrar que em cerca de metade dos casais inférteis, o problema é do homem.

A infertilidade não é culpa de ninguém, portanto partilha-se.

Não repartam a culpa, não sintam ressentimento nem culpa, senão abrirão um fosso entre os dois, o que tornará a concepção ainda mais ilusória.

Rapaz ou rapariga?

Como conceber um rapaz ou rapariga

Não sou a favor de se tentar seleccionar o sexo do bebé. A natureza faz muito bem em manter um equilíbrio de cerca de 103 rapazes para cada 100 raparigas e não devemos interferir nisso. Com os progressos nas ecografias e nas investigações das células fetais, poderão saber o sexo do bebé durante a gravidez, embora isso vos prive da surpresa ao descobrir o sexo do bebé à nascença.

O que determina o sexo do bebê

Os homens produzem esperma com 22 cromossomas, mais um cromossoma sexual X (feminino) ou um cromossom A sexual Y (masculino).

Os óvulos das mulheres também possuem 22 cromossomas correspondentes, mas apenas produzem o cromossoma sexual X. Um zigoto fecundado por um espermarozóide X dá origem a uma rapariga e por um espermatozóide Y dá origem a um rapaz.

É possível influenciar o sexo do bebé?

Muito embora não tenha sido desenvolvido nenhum método com validade científica, anotando as características diferentes dos espermatozóides X e Y é possível sugerir uma maneira de aumentar as suas possibilidades de conceber o sexo que pretende:

O espermatozóide X é maior e mais lento do que o espermatozóide Y.

O espermatozóide X vive mais tempo do que o espermatozóide Y.

Para aumentar as hipóteses de um espermatozóide X fecundar o óvulo e conceber uma rapariga, a relação sexual deverá ocorrer dois a três dias antes da ovulação, uma vez que apenas o espermatozóide feminino sobrevive durante mais tempo, para ir ao encontro do óvulo quando este é finalmente libertado.

Existe uma maior possibilidade de que um espermatozóide Y vá fertilizar um óvulo no dia da ovulação, porque vai alcançar o óvulo muito mais rapidamente e o bebe será então um rapaz.

A ejaculação frequente diminui o tamanho do espermatozóide Y por aí é provável conceber-se uma rapariga.

O sexo pouco frequente aumenta o tamanho do espermatozóide Y e Também as hipóteses de ser um rapaz.

Conheça 17 Sintomas Iniciais que Indicam que Pode Estar Grávida

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade