Poliomielite

Revisado por Equipe Editorial a 13 janeiro 2018 - Publicado a 11 de março de 2011

A poliomielite é uma doença altamente infecciosa que ataca as células da medula espinal e leva, muitas vezes, à cegueira e à paralisia. É também conhecida por “paralisia infantil.”

A poliomielite é um doença altamente infecciosa provocada por um vírus que entra no corpo humano através da boca e depois se multiplica no intestino. Ataca o sistema nervoso e pode levar rapidamente à paralisia (uma questão de horas ou dias). Os principais sintomas de poliomielite são febre, fadiga, dores de cabeça, vómito, rigidez no pescoço e dores nos membros.

O vírus (germe) da poliomielite entra no organismo do seu filho através da boca. Por vezes, a poliomielite não causa uma doença grave. Mas por vezes também, causa paralisia, o que significa que o seu filho não consegue mexer os músculos. A poliomielite mata muitas pessoas pois pode paralisar os músculos que ajudam a respirar.
Mais de 20.000 pessoas apanharam poliomielite, todos os anos, nos Estados Unidos antes de ser descoberta a vacina em 1955. Actualmente, menos de 10 pessoas apanham poliomielite todos os anos nos Estados Unidos. Mas a doença continua a ser comum em algumas partes do mundo. Mesmo 1 caso de poliomielite num outro país pode voltar a trazer a doença se não estivermos protegidos pela vacina. Já não precisaríamos da vacina contra a poliomielite se todas as pessoas no mundo estivessem vacinadas. Mas, até esse momento, temos de continuar a vacinar todas as crianças com a vacina da poliomielite.

A poliomielite atinge, principalmente, crianças até aos 3 anos, mas também pode afectar os adultos. É uma doença que não tem cura e apenas pode ser prevenida através de uma vacina- que é aplicada mais do que uma vez.

As crianças com menos de cinco anos de idade são o grupo mais vulnerável. Uma vez que não existe cura, a única forma de combater a doença é através da prevenção: a vacina contra a poliomielite, administrada várias vezes por via oral, pode imunizar uma criança para o resto da vida.

Os efeitos da poliomielite

O vírus polio é o responsável pela poliomielite – uma doença infecciosa que pode conduzir à paralisia e até mesmo à morte, nos casos em que os músculos do aparelho respiratório ficam imobilizados.

A infecção ocorre por via oral, com a ingestão de água ou alimentos contaminados e, depressa, o vírus se multiplica na garganta e nos intestinos. Os primeiros sintomas incluem estados febris, fadiga, dores de cabeça, vómitos e dores nos membros superiores e/ou inferiores.

A vacinação, efectuada graças à vacina desenvolvida por Jonas Salk, desde 1955, e por Albert Sabin, desde 1961, mostrou-se como um método eficaz de erradicação da doença.

Breve Historial

Em 1988, a OMS (Organização Mundial de Saúde) em parceria com outras instituições como, por exemplo, o CDC (Centers for Disease Control), dos Estados Unidos, iniciou um programa de combate mundial à poliomielite com o objectivo de erradicar a doença da natureza até ao ano 2000. Apesar de resistirem focos endémicos, foi conseguida uma redução em cerca de 99 por cento do número de casos registados anualmente a nível global, quando comparando os dados de 1988 com os de 2003 (até Abril). Dos cerca de 350 mil casos passou-se para os actuais quase 2000 casos por ano em 2002 (valores mantiveram-se até Abril de 2003).

Em 1955, Jonas Salk inventou a vacina contra a poliomielite. Em 1961, Albert Sabin desenvolveu-a, e hoje, a vacinação é o metodo mais eficaz contra a doença. Ainda assim, um por cento das infecções pelo ví­rus da poliomielite resulta em paralisia infantil.

Sugestões de Leitura:

Vacina Contra Poliomielite
Rotary e a Poliomielite

  • Vagina Saudável E Vagina Com Candidíase
  • Conheça As Principais Causas Do Corrimento Branco, Grosso E Pegajoso E Aprenda O Significado De Cada Tipo De Consistência
  • Sinais De Que Você Deve Ir Ao Ginecologista
  • Entenda O Que Significa Cada Cor De Corrimento Vaginal E Como Tratar
  • + Saúde Íntima

    + Dieta e Nutrição

    -->