Postos de Recolhimento de Residuos de Medicamentos - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Postos de Recolhimento de Residuos de Medicamentos

Os remédios são essenciais para resolver problemas de saúde, mas, quando a enfermidade passa, normalmente sobram comprimidos nas caixas, xarope nos vidros e até ampolas de injeção. Esses restos costumam ficar guardados nos armários até perder a validade e, então, são jogados fora. Porém, resíduos de medicamentos podem contaminar o solo e a água quando descartados no lixo comum ou na rede de
esgoto.

O problema é que boa parte da população não sabe disso e, pior, não há postos de recolhimento. Drogarias, farmácias de manipulação
e distribuidores de produtos farmacêuticos, bem como clínicas e hospitais, têm a obrigação, por lei (normas da Anvisa e do Conama),
de cuidar dos seus resíduos de modo a minimizar os impactos ao meio ambiente e à saúde pública.

Porém, de nada valem as regras se não houver fiscalização e punição para quem não a cumprir. Além disso, falta pessoal qualificado para
exercer as atividades de vigilância sanitária e ambiental – o que contribui para tornar os processos de descarte e tratamento de resíduos
inadequados. E a realidade sanitária do país, com baixa infra-estrutura – ausência de aterros sanitários e incinerador licenciado em muitas regiões –, é outro fator que dificulta os processos de tratamento adequado de resíduos químicos.

Outro problema grave para o meio ambiente nesse sentido é o fato de que o consumidor não tem nenhuma opção de descarte responsável. Embora farmácias e distribuidores de remédios tenham que cuidar do seu lixo, eles não têm a obrigação de recolher o que sobra dos produtos que vendem. O que você, consumidor, pode fazer é tentar entregar em farmácias os seus medicamentos vencidos, porém, como não há lei que obrigue, muitas não aceitam receber esse tipo de lixo.

Penso que é urgente a aprovação do projeto de lei que obriga a venda de medicamentos fracionados (para reduzir os resíduos residenciais) e também que se torne obrigatório às farmácias recolher as sobras de medicamentos dos consumidores para que sejam encaminhados para um descarte adequado. Além disso, seria de grande lucro para o meio ambiente se o governo expandisse para todo o país o sistema de coleta implantado em Curitiba – onde a Secretaria de Saúde e a Vigilância Sanitária disponibilizam pontos de
coleta desse tipo de resíduo.

Uma forma de diminuir a quantidade de medicamentos a serem descartados é a venda de remédios fracionados, pois, assim, o consumidor leva para casa apenas a quantidade necessária ao uso. Medicamentos fracionados são remédios fabricados em embalagens
especiais e vendidos na quantidade exata prescrita. Por exemplo, se você tem que tomar sete comprimidos, não precisa mais comprar a caixa com dez.

Dessa forma, além de reduzir o descarte inadequado no meio ambiente, o consumidor economiza no tratamento e evita o risco de intoxicação pelo consumo das sobras de medicamentos estocados em casa e o da automedicação. O medicamento fracionado tem a mesma qualidade e segurança daqueles que você compra hoje em dia. E, desde 2005, as farmácias e drogarias de todo o Brasil podem oferecer os remédios que seu médico recomendou na forma fracionada.

No entanto, como não há obrigação, hoje é praticamente impossível encontrar no Brasil um medicamento fracionado.

One Comment

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. Boa tarde
    A Unifar Drogaria em Belo Horizonte MG, começou um trabalho sobre o recolhimento de medicamentos vencidos ou em desuso para ser incinerados evitando a contaminação do meio ambiente. Este trabalho está sendo feito com as população através de rádios, propagandas e outras informações. O este projeto foi desenvolvido com o objetivo de chamar atenção da sociedade na intenção de proteger o meio ambiente, denominado EcoDescarte Consciente. Deixo meu contato para qualquer situação ou esclarecimento.
    Att. Uéverson Melato
    (31) 8455 6749

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade