Programa Leonardo da Vinci

Programa Leonardo da Vinci – A MINHA EXPERIÊNCIA DE ESTÁGIO NO EXTERIOR, INSERIDA NO PROJETO LEONARDO DA VINCI “EDA.INT” PARA O QUAL EU FUI SELECCIONADO, COMEÇA COM UMA LONGA VIAGEM QUE, DA MINHA CIDADE ME LEVOU A MILÃO, PORTO E FINALMENTE A VISEU.

A minha acomodação foi excelente. O único inconveniente: estar na mesma casa com outros 4 italianos “você encontra um em cada canto do mundo com os quais naturalmente converso em italiano que para o meu português, tudo o que tenho a ser aprendido não é o ideal, mas “não faz mal.”. É exatamente essa primeira frase em português, aprendida no dia da minha chegada a tornar-se a palavra de ordem na nossa casa, que se traduz no jeito de viver a vida dia a dia e de entender as coisas pelo que elas são.

O primeiro mês passou rápido. Terminamos após só 3 semanas um curso de línguas. Estamos todos empolgados para o primeiro fim de semana considerando o slogan para a promoção turística dessa terra inexplorada por nós “Descobrir Portugal”. Não temos muito tempo livre, somente dois dias, a nossa etapa é o Porto: Cidade encantada, fascinante e rica de folclore. A imagem que me ficou impressa na mente e que vou me lembrar será o por do sol na Ribeira com a agradável companhia de um copo ou dois daquele vinho notável que leva o nome da cidade.

Com o segundo mês começa também o trabalho. Pedi para fazer o estágio numa agência de publicidade. Com o receio natural de uma primeira oportunidade de trabalho, essa possibilidade me entusiasmou. Tive realmente muita sorte de ter encontrado um ambiente de trabalho tão acolhedor e me senti em casa, me parece conhecer todos há muito tempo – a studiobox. Alguns dos meus amigos de casa não estão satisfeitos com os seus estágios, mas outros estão muito satisfeitos assim como eu.

As noites aconteciam entre festas terminadas com a chegada da polícia pelo barulho e uma noite “terrível de delírio em Las Vegas passada na discoteca”. O terceiro mês foi inaugurado pela chegada de um novo rapaz, Manuel o espanhol de Ferrol. Com ele a nossa família fica completa, assim como o grupo dos leornardinhos continua crescendo com a chegada de duas moças inglesas e um eslovaco.

As nossas festas tornam-se cada vez mais multi étnicas, agora conhecemos também os rapazes do outro projeto europeu de intercâmbio cultural, Erasmus. Estou no último mês aqui emViseu e o tempo começa a escapar das minhas mãos. Assim que possível viajamos e continuam as aventuras de Mr Facc, esse é o apelido que me foi dado pelos meus amigos, o porquê é uma longa história entre as festas das latinhas de Coimbra e as belezas, e o pastel de natas das doceiras de Lisboa nas quais foi possível experimentar um pouco do made in Italy saboreando um cappuccino, mesmo se readaptado pela mão portuguesa com chantilly e canela.

O meu estágio segue na melhor das formas: estou aprendendo muito e conhecendo novas pessoas. Este artigo é uma das últimas tarefas do meu trabalho e com grande tristeza, em breve terei de dizer adeus a lugares, pessoas e as minhas novas famílias; aquela que me acolheu aqui no trabalho e com a qual eu dividi grande parte dos meus dias; e aquela com a qual vivi esta experiência. Viseu é o nome dessa pequena cidade de Portugal que até alguns meses atrás para mim era totalmente desconhecida, agora, no entanto, posso afirmar com certeza que tanto tem a oferecer e para se explorar.

Quem sabe quantos passaram antes de mim “quase por acaso” conseguiram o melhor dessa experiência… Eu consegui. Daqui a alguns dias voltarei a minha cidade, esta belíssima experiência será somente uma lembrança, mas rico de mil emoções.
Michelemarco Facchini

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Esta matéria tem 1 Comentário
  1. Henrique Guimarães Reply

    E aí, como vai? Achei muito interessante esse programa “Leonardo da Vinci”. Tem um fotógrafo Italiano que quer me contratar pra fazer um estágio com ele durante 3 meses na Alemanha. Como funciona exatamente esse programa? Por eu ser brasileiro, poderia participar?

    abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 2:48 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)