Punta Cana

Viajar para Punta Cana, Oito dias no Paraíso – por Celeste Mesquita

Destino: Punta Cana – Republica Dominicana
Vou contar e ao mesmo tempo recordar as melhores férias que já passei. Para relaxar do stress que nos é imposto no dia-a-dia nada melhor que disfrutar do belo sol e das quentes águas do Caribe.

Vista panorâmica da Ilha Saona

Guia de Viagem

Itinerário:
1º dia – Comparecemos no aeroporto da Portela duas horas antes do embarque partindo com destino a Punta Cana, onde fomos acolhidos pelo representante da agência e transportados num autocarro privativo até ao hotel.
2º ao 7º dia – Dias inteiramente livres para apreciar os locais de maior interesse turístico ou simplesmente as magnificas praias caribenhas. Entre os locais a visitar optamos pela excursão à ilha Saona, local onde é difícil permanecer indiferente à paisagem natural que nos rodeia. Outro local visitado foi a capital, Santo Domingo, onde se pode admirar alguns monumentos coloniais e adquirir artigos de artesanato, pedras semi-preciosas “carey” e típicas pinturas “naif”.

O regatear dos preços é habitual. Eu também o fiz! Facto que o meu namorado procurava evitar. Ao longo da praia também adquirimos alguns “recuerdos” para os nossos “entes” queridos. Dançando ao ritmo do Merengue, despedi-me com muita saudade, e com um bronzeado de fazer inveja, prometendo voltar um dia.

8º e 9º dia – Partimos do Hotel rumo ao aeroporto onde embarcamos com destino a Lisboa, tendo passado a noite a bordo.
Não há dúvida… encontrei o Paraíso!!!

Curiosidades
A Republica Dominicana é um estado da América Central que ocupa o sector oriental da ilha de la Española. As principais cidades são: Santo Domingo e Santiago de los Caballeros. A principal actividade económica é a agricultura. A cana do açucar é a principal cultura embora também se cultive o café, tabaco, cacau e banana para exportação. O turismo funciona como um importante motor da economia compensando de certo modo a escassez de recursos energéticos.

O que mais gostei desta minha viagem a Punta Cana – Republica Dominicana
A ilha Saona que recomendo a todos os turistas, foi a excursão que mais me fascinou. No trajecto para a ilha o grupo parou para mergulhar e observar a grande variedade de corais, bem como a fauna e a flora a eles associada. Ao desembarcarmos na ilha ficamos maravilhados com a sua beleza natural. A água era azul cristalina. Os búzios e as conchas pousados na areia pareciam querer dizer algo… mas infelizmente, não os pudemos trazer, sendo desde início um pedido do nosso guia turístico.

Seguidamente, fomos homenageados com um saboroso almoço à base de mariscada! Uma delícia… Pouco depois, demos um pequeno passeio pela ilha sendo o suficiente para tirar à volta de 50 fotografias. De regresso, ainda tivemos a oportunidade de experimentar as chamadas piscinas naturais, (que eu tanto ouvia falar). Com a água pela cintura estivemos em contacto com uma numerosa família de gigantescas estrelas-do-mar (equinodermes). Sem dúvida, uma excursão que eu recomendo a todos os turistas.

Video – Ilha Saona em Punta Cana – República Dominicana

Como chegar a Punta Cana
A viagem para Punta Cana é feita através de avião e a duração da mesma ronda as 7 horas desde a partida em Lisboa e a chegada ao aerorporto de Punta Cana. No entanto se preferir pode embarcar no aeroporto Franciso Sá Carneiro com escala em Madrid ou voo directo do aeroprto da Portela.

Hoteis e Resorts Onde ficar alojado
Nós Escolhemos o Hotel H10 Bávaro Resort, de quatro estrelas. Fomos confrontados com uma grande dose de simpatia e hospitalidade, parecendo que já eramos da família. Todos os quartos tinham belas vistas para a praia ou para o deslumbrante jardim. Do meu podia ver um lindo lago e apreciar a beleza e a elegância de flamingos, garças e outras aves comuns naquela região. À noite, o difícil era optar entre ir à discoteca queimar calorias, ou ficar sentado a contemplar o luar no mar das Caraíbas.

Quando viajar para Punta Cana
Com uma temperatura que oscila entre os 26ºC e os 30ºC, a altura ideal para uma visita, em que predomina o clima tropical húmido, é de Janeiro a Maio, visto as chuvas e os ciclones aparecem entre Junho e Outubro.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 3:08 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)