Quantas Vezes se Deve Urinar por Dia – Está urinando demais? 7 Possíveis Causas

Sabe quantas vezes por dia você deve fazer xixi? Em média uma pessoa saudável precisa urinar 6 a 7 vezes por dia e no máximo uma vez à noite.

Este número também depende do estilo de vida, ingestão de líquidos e estado de saúde de cada um.

Sabe Quantas Vezes Por Dia Você Deve Urinar. Conheça Algumas Doenças Urinárias Que Podem Estar Na Causa Da Micção ExcessivaNunca segure a urina, se possível – isso reduz o risco de infecções do trato urinário, e inchaço abdominal.

Também esteja ciente que, fazer xixi muitas vezes por dia pode indicar uma infecção urinária, doença renal, problema da próstata, ou a diabetes.

Fazer xixi várias vezes à noite pode ser um sintoma de noctúria ou apneia do sono.

Urinar é algo que muitas vezes damos por certo. No entanto, é uma função chave do corpo que ajuda a livrar o sistema de excesso de resíduos e água.

Você já percebeu uma mudança brusca no padrão de urinar? Ou está preocupado por estar fazendo xixi demais? Quantas vezes por dia você deve fazer xixi afinal?

Temos algumas respostas para si!

Porque precisamos de urinar?

A micção é a forma do nosso organismo expulsar os resíduos do corpo, juntamente com qualquer excesso de água presentes.

Os rins trabalham para filtrar os resíduos conhecidos como a ureia, juntamente com a água do sangue que circula no corpo, para produzir urina.

A urina, em seguida, move-se dos rins através dos ureteres, tubos finos que se conectam à bexiga. A bexiga, em seguida, “segura” a urina até sentirmos vontade de urinar.

A vontade em urinar geralmente ocorre quando a bexiga está cheia e inchada. Uma vez esvaziada, encolhe de novo para um tamanho menor. (1)

Quantas vezes por dia devemos fazer xixi?

Então, quantas vezes você deve esvaziar a bexiga? E que quantidade deve urinar por dia? Para entender isso, necessita saber a capacidade da sua bexiga e quanto tempo ela pode segurar a urina antes de você sentir a necessidade de fazer xixi.

A bexiga consegue conter 2 copos de líquido durante 2 a 5 horas

Os indivíduos saudáveis normalmente têm bexigas com uma capacidade de aproximadamente 2 copos ou 16 onças (cerca de 473 ml).

Esta quantidade de urina pode ser segurada pela bexiga sem muita dificuldade durante cerca de 2 a 5 horas.

Devemos urinar cerca de 6 a 7 vezes ao dia

A frequência normal de micção para um homem ou mulher saudável é em torno de 6 a 7 vezes por dia. No entanto, algumas pessoas sentem-se confortáveis com apenas 4 idas ao banheiro.

Por outro lado, outras têm uma necessidade acrescida para cerca de 10 vezes por dia.

Seja qual for o caso, o nível de rotina é a chave. No entanto, mantenha-se atento a qualquer mudança na quantidade, frequência, ou tipo de urina produzida (cor), bem como quaisquer outros sintomas como dor ou ardor ao urinar, uma vez que podem indicar algum problema de saúde. (2)

O que Procura?
Cálculo Renal

Em situações normais no máximo urinamos uma vez durante a noite

Em circunstâncias normais, não necessitamos de nos levantar para urinar, durante um sono de 6-8 horas. No máximo, podemos precisar de ir uma vez no banheiro.

No entanto, esta frequência pode mudar com a idade, uma vez que os idosos se tornam mais propensos à noctúria (urinar muitas vezes de noite).

Não aguente a urina por muito tempo

Se não urinar o suficiente, poderá originar problemas para si mesmo. No caso das mulheres, a preocupação com infecções do trato urinário (UTIs) é uma realidade.

Segurar a urina só vai fazer com que as bactérias permaneçam durante mais tempo no sistema, aumentando o risco de desenvolver uma infecção do sistema urinário.

Para quem costuma aguentar o xixi por muito tempo, outra ocorrência comum a longo prazo é a incontinência urinária (perda involuntária de urina).

Por vezes também surge o inchaço abdominal, e algumas pessoas podem até mesmo desenvolver problemas renais devido à mau esvaziamento da bexiga. (3)

Você está urinando demais? 7 Possíveis Causas

Você Está Urinando Demais Conheça As Possíveis CausasSe pensa estar urinando com mais frequência que o considerado normal, sem ter realizado qualquer mudança na dieta ou estilo de vida, pode ser devido a um dos problemas listados abaixo. Preste atenção aos sintomas listados e trate o problema, se for o caso.

Infecções do trato urinário

Você tem vontade de urinar logo depois de já ter feito xixi recentemente? Este evento pode ser devido a uma infecção do trato urinário.

Este tende a ser um problema mais comum nas mulheres, com as estimativas a sugerirem que quase metade da população feminina terá uma infecção do sistema urinário em algum momento das suas vidas.

Este problema ocorre quando a mulher desenvolve uma infecção em qualquer lugar do trato urinário. Na bexiga, que é o mais comum, ou nos rins, um problema mais difícil de tratar.

Os ureteres ou a uretra por vezes também desencadeiam infecções. (4)

Os diabéticos, as mulheres e aqueles com lesão da medula espinhal são os mais propensas a este tipo de infecções.

Sintomas a ficar atento/a:

  • Sensação de esforço no final da micção
  • Ardor ou dor ao urinar
  • Vontade de fazer xixi várias vezes durante a noite
  • Sensação que não conseguiu esvaziar completamente a bexiga após fazer xixi
  • Urina de cor-de-rosa, vermelha, ou turva
  • Fluxo de urina reduzido em comparação com o que se produz normalmente – isto é para homens
  • Dor nas costas
  • Dor abdominal
  • Febre

Como tratar ou gerenciar uma infecção do trato urinário

A combinação de antibióticos e analgésicos para controlar a dor é o curso normal de tratamento. (5) A ingestão de vinagre de maçã orgânico é um remédio caseiro comum para a infecção do trato urinário.

Doença renal

Os problemas renais podem aumentar a frequência normal de micção.

Um dos sinais de alerta de doença renal é que o indivíduo sente vontade de fazer xixi com mais frequência que o normal, especialmente durante a noite.

O que Procura?
18 Remédios Naturais para Tratar a Disfunção Erétil

Os danos nos filtros renais pode causar a necessidade de esvaziar a bexiga com maior regularidade. (6)

Sintomas a estar atento/a:

  • Fraqueza
  • Dificuldades em dormir
    Coceira na pele
  • Urina com espuma ou com sangue
  • Olhos inchados
  • Tornozelos inchados
  • Cãibras musculares
  • Falta de apetite

Como tratar ou gerenciar a doença renal

Algumas mudanças no estilo de vida como alterar a dieta, parar de fumar, reduzir a ingestão de álcool, reduzir a ingestão de sal para menos de 6 gramas diárias, perda de peso e o exercício, podem ajudar nesta etapa.

Além disso, é necessária medicação para controlar alguns problemas relacionados, como a pressão arterial elevada ou o colesterol elevado.

Na doença renal crônica avançada (estágio 5), pode ser necessária a realização de diálise para replicar a função renal.

Em alguns casos, o transplante de rim pode ser a melhor solução nesta fase. (7)

Hiperplasia benigna da próstata

Localizada em torno do tubo que transporta a urina pelo corpo, a próstata ajuda os homens na produção de sémen.

Com a idade – normalmente depois dos 50 anos – a próstata tende a crescer. Quando fica muito grande, pode originar a necessidade mais frequente, e muitas vezes urgente de urinar, especialmente durante a noite. (8)

Este aumento é apelidado de hiperplasia prostática benigna. Os sintomas de próstata aumentada são semelhantes até mesmo ao câncer da próstata, e devido a isso, deve ser sempre verificada por um especialista.

Sintomas a estar atento:

  • Dificuldade em começar a urinar
  • Problemas para criar mais do que apenas uma pequena gota de urina
  • Fluxo urinário fraco e lento
  • Fluxo de urina que é constantemente interrompido – para e reinicia várias vezes durante a tentativa de urinar
  • Sensação de que ainda precisa fazer xixi, mesmo quando acabou de o fazer
  • Vestígios de sangue na urina

Como tratar ou gerenciar a próstata aumentada

Algumas mudanças no estilo de vida como cortar na cafeína e no consumo de álcool algumas horas antes de se deitar, realizar exercício para fortalecer e melhorar a capacidade da bexiga, e a toma de medicamentos como relaxantes musculares e bloqueadores hormonais, são algumas das opções opções.

Além disso, a intervenção cirúrgica para a remoção do tecido da próstata em excesso, o alargamento da uretra, a inserção de implantes elevadores uretrais, ou a remoção da porção exterior da próstata, podem em alguns casos ser recomendados, dependendo da situação. (9)

Incontinência Urinária

Incontinência UrináriaPerder o controle da bexiga pode fazer com que você faça xixi com mais frequência. Pode ocorrer a saída de pequenas quantidades de urina ou – quando a condição é especialmente ruim – micção incontrolável.

As mulheres e as pessoas de mais idade são duas vezes mais propensas a desenvolver o problema. A causa para o problema são os músculos enfraquecido ou hiperativos. (10)

Sintomas a ficar atento/a:

O enfraquecimento dos músculos causa incontinência urinária de esforço, podendo o indivíduo experimentar a saída de urina simplesmente quando ri, levanta objetos pesados, ou espirra.

Os músculos hiperativos podem fazer com que o indivíduo queira fazer um xixi de forma desesperada, mesmo quando não tem muita urina na bexiga.

Esta ocorrência é conhecida como bexiga hiperativa.

Como tratar ou gerenciar a incontinência urinária

O tratamento pode envolver exercícios de fortalecimento muscular como os exercícios de Kegel ou técnicas de treinamento da bexiga; mudanças no estilo de vida como cortar na ingestão de cafeína, perda de peso, alterar a ingestão de líquidos; medicação para reduzir o desejo de urinar (antimuscarínicos, anticolinérgicos diretos), ou relaxar a bexiga (Mirabegron); o uso de dispositivos especiais para ajudar com o problema como um cateter ou pensos absorventes, e até mesmo a cirurgia. (11)

O que Procura?
Urina com sangue (hematúria): o que pode ser e quais as causas?

Cistite intersticial

Se tem a necessidade de urinar com urgência e mais frequentemente, acompanhada de dor, pode ser um sinal de cistite intersticial ou síndrome da bexiga dolorosa.

Este é um problema crônico da bexiga com sintomas semelhantes a uma infecção do trato urinário. Mas não é uma infecção. Mais uma vez, as mulheres são as mais propensas. (12)

Sintomas a ficar atento/a:

  • Dor na bexiga
  • Desconforto
  • Alguns indivíduos podem sentir urgência e aumento da frequência, sem dor, enquanto outros podem sofrer dor, mas não têm essa urgência
  • Os sintomas pioram nas mulheres quando têm o período menstrual
  • A relação sexual também pode piorar a dor

Como tratar ou controlar a cistite intersticial

A medicação como os antidepressivos tricíclicos ajudam a relaxar a bexiga enquanto que o Pentosano polissulfato de sódio é utilizado para aliviar a inflamação e curar o revestimento da bexiga.

Os anti-histamínicos são também por vezes prescritos para a inflamação e dor e, assim como os fármacos anti-inflamatórios não esteróides. (13)

O treinamento da bexiga pode ajudar a reduzir a frequência de micção.

Diabetes

A diabetes também pode aumentar a frequência normal de micção, como resultado da sensação de sede excessiva e beber mais líquidos do que o normal.

Sintomas a estar atento/a:

Estes são alguns dos sintomas da diabetes (14):

  • Coceira genital, candidíase vaginal, ou infecção por fungos
  • Sede
  • Fadiga e letargia
  • Perda de peso
  • Cicatrização lenta
  • Visão turva

Como tratar ou controlar a micção frequente ligada à diabetes

Além de obter tratamento para manter a diabetes sob controle, sugere-se algumas das mesmas mudanças de estilo de vida, exercícios, treinamento da bexiga, ou medicamentos mencionados anteriormente.

Noctúria

Rotulada com esta designação porque ocorre durante a noite, a noctúria é mais um sintoma do que uma condição em si. Provoca perda de sono nos afetados e é mais comum entre os adultos mais velhos.

A gravidez e a diabetes também podem causar este problema. A insuficiência cardíaca e a insuficiência hepática também podem desencadear o problema.

No entanto, se detetar um padrão de micção frequente, apenas durante a noite, o problema pode ser derivado à apneia do sono e não um problema de bexiga. (15)

A maioria das pessoas pode ir ao banheiro uma vez à noite ou nenhuma durante as suas 6 a 8 horas de sono

Aqueles com noctúria podem ser despertados até 5 a 6 vezes por noite pelo desejo de urinar.

À medida que envelhecemos, tornamo-nos mais propensos à noctúria porque o nosso corpo produz menos hormônio antidiurético, necessário para ajudar na retenção de líquidos. Na sua ausência, é produzida mais urina.

Nestes casos o problema é agravado para os idosos que vêem a capacidade de retenção de urina reduzida.

30. junho 2017 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *