Reflexologia

A reflexologia é um método tradicional oriental para diagnosticar, tratar e prevenir as diversas perturbações físicas e energéticas, através da estimulação ou sedação dos pontos de acupunctura que se encontram estrategicamente espalhados ao longo de todo o corpo através dos “rios” energéticos — os meridianos.

O objectivo da reflexologia é de diagnosticar a carência ou o excesso de energia em certos meridianos, mesmo muito antes da doença se manifestar, repondo o equilíbrio natural. Pode-se dizer que é como a acupunctura mas sem agulhas, somente com a hábil pressão dos dedos. Esta terapia alternativa oferece benefícios para a saúde imediatos, pois logo que se começa a desfazer os bloqueios e as pressões, o sentimento de relaxamento é enorme. A reflexologia, pela sua simplicidade e pela fácil aprendizagem, deveria ser ensinada nas escolas, sem receio de descrédito, pois é comprovadamente utilizada à milhares de anos, e sem receio de comprometer todas as outras formas de medicina. Além disso, iria melhorar consideravelmente a saúde pública, diminuindo as despesas de saúde, no orçamento familiar e do Estado.

Sabe-se, por exemplo, que no Japão, qualquer governante ou pessoa que se preze, possui o seu terapeuta de Shiatsu ou acupunctor privado.

A Reflexologia é muito mais que uma massagem. Predominantemente aplicada nos pés, estimula os pontos correspondentes aos órgãos do nosso organismo, podendo tratar várias patologias. Extremamente indicada para casos de ansiedade e stress. É essencialmente recomendada para fazer como terapia (continuadamente), de modo a conseguir obter o melhor proveito. A primeira sessão inclui um diagnóstico, que permite à terapeuta avaliar quais os pontos que precisam ser tratados.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:05 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)