Remédio Caseiro para Desânimo

O cansaço e o desânimo podem ser sintomas de um verão muito atribulado como também podem ser sintomas de uma doença muito pouco conhecida – chamada fadiga adrenal.

Uma má alimentação poderá estar na causa de uma pessoa se sentir cansada e desanimada.

Remédios caseiros para o desânimo

Chá de erva-de-são-joão: Este chá é bastante bom para estabilizar o equilíbrio espiritual.

Óleos: Misture 2 gotas de óleo de rosas, 2 gotas de cidreira e 3 gotas de óleo de alfazema e deixe o aroma invadir a sua casa. Estes óleos são mais conhecidos pelo nome de incenso – são muito bons e o seu aroma é muito agradável.

Biscoitos: Uma forma de melhorar o ânimo é comer biscoitos e bolachas com noz-moscada (com canela). Poderá acrescentar ½ colher de noz-moscada e ½ colher de canela em qualquer receita de biscoito.

Vinho: Combater o desânimo e a depressão poderá ser fácil utilizando vinho aromatizado com violetas-de-cheiro. Deverá misturar 15g de folhas e flores de violeta-de-cheiro com 500 ml de vinho branco.

Depois de a mistura estar concluída deverá ir ao fogão deixando ferver durante 5 minutos.

Em seguida, adicione 5g de raiz galanga e 5g de raiz de alcaçuz. Depois de ir ao lume novamente, deve coar e transferir o vinho para uma garrafa tampada.

Leite: Junte leite com mel e tem a receita mágica que afasta pensamentos negativos. Deve beber o leite morno e em pequenos goles sensivelmente meia hora antes de dormir.

Conclusão

Ainda acha que o seu desânimo vai desaparecer naturalmente passado alguns dias?! Não será melhor apressar isso utilizando algumas das nossas receitas caseiras para combatê-lo?! Hoje em dia, é muito fácil preparar qualquer um destes produtos naturais.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:53 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)