Remédio Caseiro para Febre Amarela

A febre amarela ou Barbarose é uma doença de origem infecciosa transmitida através da picada de várias espécies de mosquitos consoante a sua localização, e transmitida através de um Flavivírus da família Flaviviridae.

jurubeba

É uma doença relativamente comum em regiões tropicais da América do Sul e do continente africano. Um bom remédio caseiro para febre amarela é o chá de jurubeba.

A jurubeba é uma planta medicinal que ajuda a proteger o fígado, melhora o processo digestivo, purifica o sangue, contribuiu para a desobstrução do fígado e do baço e reduz a febre, contribuindo para reduzir os sintomas mais comuns da febre amarela.

Os sintomas da febre amarela surgem, geralmente, entre 3 a 6 dias depois da picada do mosquito infectado. Os sintomas incluem: calafrios, febre alta, sensação de mal estar geral, dores de cabeça, vómitos, dores musculares e falta de apetite.

Esta doença é conhecida como febre amarela devido à febre alta que provoca e ao facto de, nas situações mais graves, os olhos e a pele ficarem amarelados (devido à icterícia).

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de folhas de jurubeba
  • 500 ml de água

Modo de preparo

A preparação do remédio caseiro para febre amarela com jurubeba é simples.

Coloque a água a ferver. Depois de estar fervida, adicione as folhas de jurubeba.

Deixe arrefecer e finalmente pode coar.

Deve beber 3 xícaras de chá de jurubeba morno por dia, sempre sem açúcar.

Recomendação Importante

O remédio caseiro para febre amarela com chá de jurubeba deve ser utilizado apenas como complemento de um tratamento médico, devidamente acompanhado.

Geralmente, os médicos receitam medicamentos antitérmicos e analgésicos que não contenham acetilsalicílico, já que esta substância pode piorar os sintomas da doença.

Uma vez que não existe um tratamento 100% eficaz para a febre amarela, é importante apostar na prevenção, como a aplicação de medidas para reduzir a exposição aos mosquitos. Redes mosquiteiras e repelentes reduzem a possibilidade de picadas de mosquitos.

O que Procura?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *