Remédio caseiro para indigestão: Cálamo aromático (Acorus calamus)

Se sofre de ingestão, talvez deva experimentar tomar um remédio caseiro feito à base de cálamo, que muito fará pela regulação de todo o processo digestivo do organismo.

cálamo (Acorus calamus)

Enquanto planta medicinal, o cálamo (Acorus calamus) também conhecido como Açoro, cálamo aromático, acorina, lírio-dos-charcos ou cana-cheirosa é amplamente utilizado no combate e prevenção dos mais diversos tipos de problemas digestivos, assim como muitas das suas complicações associadas, como é o caso de arrotos, flatulência, perda de apetite e sensação de empanzinamento.

A forma mais eficaz de extrair todas as propriedades benéficas do plátano (Acorus calamus) é através da preparação de um chá, que deverá ser tomado com bastante regularidade.

Benefícios do Chá de Cálamo Aromático

Comece por ferver 2 colheres de chá de folhas ou cascas de cálamo em cerca de meio litro de água, por não mais de 5 minutos.

De seguida, deixe descansar um pouco, até arrefecer e coe bem o chá, de forma a livrar-se de todas as ervas restantes, que poderão dificultar a sua ingestão.

Beba o chá em pequenas doses, diversas vezes ao dia, enquanto os sintomas da indigestão se fizerem notar.

Durante os períodos de indigestão, é importante comer o menos possível e, principalmente, evitar ingerir refeições excessivamente pesadas.

Fique-se pelo consumo de alimentos bem leves, como é o caso de saladas, frutas e sopas.

Em adição, nunca se esqueça de ingerir sempre umas boas quantidades de água, na medida em que a mesma é vital para um funcionamento perfeito do aparelho digestivo.

Conheça os Melhores Remédios Caseiros para Indigestão

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:50 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)