3 Frutas Cítricas para Reduzir os triglicerídeos: abacaxi, laranja e limão

Sendo um perigoso tipo de gordura presente no sangue, os triglicerídeos poderão, a partir de determinados níveis, tornar-se extremamente perigosos para o coração, pelo que, assim que diagnosticados, é importante fazer os possíveis para diminuir os seus níveis, e assim evitar surpresas desagradáveis.

3 frutas ricas em Vitamina C que reduzem os triglicerídeos

Para atingir estes resultados, poderá recorrer ao consumo regular sumo de laranja com limão, que actuará rápida e eficazmente na eliminação destas gorduras do seu sistema circulatório.

Estas frutas cítricas, não só actuarão eficazmente na resolução deste problema, como também na prevenção do desenvolvimento de muitos outros de igual gravidade.

Num liquidificador, coloque 2 copos de água, 2 rodelas de abacaxi, 1 laranja com bagaço e suco de 1 limão. Bata tudo muito bem, até obter uma mistura homogénea, e de seguida coe. Se preferir, poderá adoçar o sumo com um pouco de mel, se bem que, como é óbvio, ao natural será sempre muito mais saudável.

Beba este sumo duas vezes ao dia, de preferência logo pela manhã e durante a noite. Deverá evitar beber sumo que tenha ficado de um dia para o outro, na medida em que, após poucas horas, o sumo começará logo a perder algumas das suas propriedades mais importantes.

Não se esqueça que, este problema é, quase sempre, o resultado de uma alimentação inadequada, pelo que, se quiser mesmo livrar-se totalmente dele, será obrigado a prestar muita atenção a tudo aquilo que mete para dentro do seu organismo. Siga uma alimentação verdadeiramente equilibrada, e nunca negligencie a importância da prática regular de actividade física, que será sempre de grande ajuda na eliminação dos triglicerídeos.

Continua » 12 Remédios Caseiros para Baixar o Colesterol e Triglicerídeos

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça uma Pergunta ou Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:06 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)