Remédio caseiro para unhas amarelas e fracas

Quem sofre de unhas fracas e amarelas poderá contornar este problemas através da adopção de umas simples medidas caseiras que em muito poderão contribuir para que recupere o aspecto desejado nas suas unhas.

Remédio caseiro para unhas amarelas e fracas

O procedimento é simples, e consiste em nada mais nada menos do que mergulhar as suas unhas num pote com vinagre durante cerca de 30 minutos.

No decorrer deste processo, é importante que mantenha as unhas sempre submersas no vinagre, caso contrário os efeitos desejados poderão nunca vir a ser alcançados.

As propriedades constantes na composição do vinagre possuem o poder, não só de clarear as unhas e devolver-se um aspecto verdadeiramente limpo e saudável, como também de matar fungos que possam ser responsáveis pelo enfraquecimento das suas unhas.

Através da aplicação de vinagre, conseguirá obter unhas muito mais fortes e bonitas, e também protegê-las contra futuros problemas que possam contribuir para a sua danificação.

Após terem passado os 30 minutos, deverá lavar muito bem as unhas com sabão, secando-as logo de seguida.

Poderá repetir este procedimento regularmente, até que as suas unhas comecem a apresentar um aspecto mais saudável.

Também é importante compreender que, um dos principais responsáveis pelo enfraquecimento e alteração de cor das unhas é o consumo desregrado de determinados alimentos, pelo que, nunca deverá negligenciar a importância de seguir uma alimentação verdadeiramente equilibrada, totalmente livre de alimentos prejudiciais à saúde.

» Descubra Porque as Unhas dos Pés Ficam Amarelas?

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça uma Pergunta ou Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:59 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)