+7 Remédios Caseiros para se livrar de Furúnculos na parte interna das coxas, nádegas etc

Preparado para conhecer 8 Remédios Caseiros fantásticos para se livrar de Furúnculos na parte interna das coxas, nádegas, virilha, rosto, vagina, etc? Confira:

furunculo

O furúnculo é uma infecção que se origina no folículo capilar ou numa glândula da pele. A área infectada se torna avermelhada e uma pequena protuberância se desenvolve na sequência.

Dentro de 4 a 7 dias, a protuberância fica esbranquiçada conforme o pus começa a se acumular sob a pele.

Os Furúnculos podem aparecer em qualquer lugar do corpo humano, mas as áreas mais comuns são rosto, braços, sovacos, pescoço, peito, costas, ombros, coxas, a área ao redor da vagina, virilha e nádegas.

Se uns desses furúnculos se desenvolvem na região dos olhos, é conhecido como tersol.

Se os furúnculos aparecerem em grupo, dá-se o nome de carbúnculo (antraz). Estes tendem a aparecer na parte anterior do pescoço, nas costas e coxas.

O carbúnculo pode chegar ao tamanho máximo de 10 cm, podendo escorrer pus de múltiplos lugares. Pessoas sofrendo de carbúnculos também podem exibir os seguintes sintomas associados:

  • Mal-estar geral.
  • Fraqueza e exaustão.
  • Uma alta temperatura de 38 graus ou acima disso.

O aparecimento de carbúnculos é bem raro, tendendo a ocorrer em homens de meia idade ou idosos que tenham um sistema imune debilitado.

Tipos de furúnculos

imagem-de-furunculo-no-rosto

Dependendo do local ou causa da inflamação, os furúnculos são categorizados dentro dos seguintes tipos:

Acne cística

Isto normalmente aparece no rosto de adolescentes. Elas ocorrem quando os ductos oleosos da pele se entopem, subsequentemente tornando-se infectados. A maior diferença da acne cística pra acne comum é que o local da infecção é muito mais profundo do que o da acne comum.

Furúnculo

imagem-de-furunculo-na-face-perto-do-labio

Este é normalmente causado quando a bactéria Staphylococcus aureus infecta um folículo capilar. Pode ter uma ou mais aberturas, dependendo do número de folículos na região infectada. Se ficar sem tratamento, pode causar tanto febre quanto calafrios!

Hidradenite supurativa

A hidradenite supurativa é causada quando as glândulas sudoríferas dos sovacos, peito ou virilhas são infectados. Normalmente se apresenta em múltiplos abcessos, muito similar aos carbúnculos. Com frequência intervenção cirúrgica é necessária para tratar esta condição.

Cisto pilonidal

O cisto pilonidal ocorre na parte superior da prega que divide as nádegas, o rego, normalmente formado após uma longa viagem onde se senta muito sobre apenas de uma maneira por um período estendido de tempo.

Sua formação ocorre após os folículos capilares do local ficarem infectados e inflamados. Ele resulta na formação de um nódulo mole que se torna, posteriormente, firme e dolorido, que causa desconforto ao sentar.

Causas dos furúnculos: De onde eles vêm?

imagem-de-furunculo-no-rariz

O fator comum por trás da formação dos furúnculos é o acúmulo de bactérias numa tal área. Isto pode ocorrer por diferentes fatores:

Cabelos encravados

Se um fio de cabelo não consegue sair da pele, é conhecido como pelo ou cabelo encravado. Cabelos encravados tendem à entupir os poros, o que leva à formação de sebo (um óleo natural produzido por nossa pele, que a deixa relativamente à prova d’agua) que se torna um ambiente propício para o acumulo bacteriano de staplylococcus, levando à furúnculos ocasionais ou recorrentes.

Outras doenças

Certas doenças, como diabetes, falência dos rins ou até mesmo AIDS, enfraquecem o sistema imune. Aumentando assim a chance de que pequenas fissuras na pele se infectarem, resultando em furúnculos.

Algumas pessoas sofrem de doenças como a hipogammaglobulinemia, que reduz a produção de anticorpos (células brancas do sangue que combatem infecções) o que acaba levando a uma maior chance de formação e recorrência de furúnculos.

Falta de nutrientes

Às vezes você não precisa estar seriamente doente para ter um sistema imune fraco. As pessoas que não ingerem uma quantidade significativa de frutas e verduras na sua dieta terão falta de vitaminas essenciais, como Vitamina A, vitamina C, vitamina D e especialmente a Vitamina B6, que auxiliam no aumento da resposta imune, fortificando nossos corpos contra infecções bacterianas, inclusive os furúnculos.

Ter uma dieta balanceada que contenha grandes porções de frutas e leguminosas verdes ajuda muito na prevenção do aparecimento de furúnculos.

Objetos estranhos

Objetos estranhos podem ficar presos na pele, independente do seu tamanho (como um espinho), podem se tornar uma fonte de infecção bacteriana que pode facilmente se traduzir em furúnculo do dia pra noite.

Falta de higiene

Falta de higiene apropriada permite que as bactérias se multipliquem, o que pode acabar causando furúnculos. Desenvolver hábitos razoavelmente simples que melhorem a higiene podem eliminar esta causa de modo definitivo.

Exposição a produtos químicos fortes

Certos produtos podem causar uma reação alérgica, que pode se manifestar na forma de furúnculos.

Os furúnculos são contagiosos?

As Bactérias da família staphylococcus (MRSA) que causam furúnculo são contagiosas, mas não o furúnculo por si só.

Se o pus não tiver sido drenado completamente ou se a pele não tiver curado, então pode ser contagiosa. Não é muito comum, mas existe uma possibilidade distinta de que a infecção possa se alastrar para outras partes do corpo da pessoa afligida, ou para alguém mais.

Isto acontece por contato direto na pele ou através do uso compartilhado de itens pessoais que estiveram em contato direto com o local da infecção.

Sintomas de furúnculo

furunculo

Quase todo mundo no planeta tem uma noção de como um furúnculo se parece. Ele normalmente se forma por um período de alguns dias, passando pelos seguintes estágios:

  • Começa com um calombo, dolorido, vermelho que tem o tamanho de apenas alguns centímetros.
  • Pelos próximos dias, a protuberância se torna maior, mais mole e ainda mais dolorida.
  • O “olho” do furúnculo se torna branco conforme o pus começa a se formar no topo.

Se você sentir qualquer um dos seguintes sintomas, então pode haver uma infecção severa ocorrendo em seu corpo e você deve buscar atenção médica imediatamente:

  • Mais furúnculos se desenvolvem ao redor do furúnculo inicial, levando à formação de um carbúnculo, assim como mencionado anteriormente.
  • Se existir inchaço nos nódulos linfáticos.
  • Se você começar a ter febre.
  • Se a pele ao redor do furúnculo começar a mostrar sinais de infecção. Ela pode ficar inchada, avermelhada e quente.

Como espremer o furúnculo

como-espremer-o-furunculo

Espremer o furúnculo é um método extremamente popular para resolver o problema. Este procedimento se livra do pus e provê o tão esperado alívio da dor incessante que é causada pelo acumulo do mesmo. Contudo, antes de fazer isso, as seguintes medidas de segurança devem ser empregadas:

Trate a área afetada com calor: Antes de espremer o furúnculo trate a área afetada com uma bolsa de água quente.

Isto dilata os vasos sanguíneos dentro e ao redor do furúnculo, o que aumenta a circulação de anticorpos, oxigênio e nutrientes para lutar contra a infecção.

Esta medida vai garantir que o pus se formará mais cedo e que a pele fique mais amolecida, deixando a área “própria” para espremer.

Não esprema o furúnculo se estiver duro e pequeno: Espremer um furúnculo sempre trás o risco de infecções secundárias. Se você começar o tratamento com a bolsa de água quente cedo, existe uma boa chance de que ele se drene internamente e não seja necessário espremer.

Apenas esprema um furúnculo quando existe um “olho”, “cabeça” ou pústula significativa e a pele esteja macia ao toque.

A aplicação recorrente da bolsa de água quente e compressas mornas (como um pedaço de pano imerso em água quente) irão drenar o pus internamente ou estourar o furúnculo.

Se isso não ocorrer você pode facilmente espremer o mesmo, aplicando um pouco de pressão nas laterais do furúnculo. Após espremer, se certifique seguir os seguintes passos para aumentar a segurança:

Tenha certeza de que você drene o tanto de pus quanto puder. Uma vez que começar a sair um pouco de sangue pela boca do furúnculo (após o pus ter sido drenado), então é hora de parar. Pressão desnecessária pode causar cicatrizes permanentes.

Mantenha aplicando a bolsa de água quente após o furúnculo ter estourado ou espremido. Isto vai garantir que os anticorpos e nutrientes ainda cheguem à área, logo prevenindo o aparecimento de infecções secundárias.

Após o furúnculo ter sido estourado, você precisa proteger o local contra infecções secundárias. Para fazer isto vá até a farmácia e consiga um tubo de iodopovidona, um pouco de gaze e esparadrapos.

Então aplique generosas porções da loção na ferida aberta. Sinta-se a vontade de polvilhar sobre a loção aplicada um pouco de pó de turmérico, caso tenha.

Após isso, cubra a área com gaze e prenda com esparadrapos. Refaça o processo pelo menos duas vezes por dia, ao longo de alguns dias até que a ferida esteja curada por completo.

Remédios caseiros para se livrar de furúnculos

remedios-caseiros-para-furunculos

Vitaminas A e E

A vitamina A aumenta sua imunidade enquanto a vitamina E têm um papel chave em manter a epiderme saudável. Logo, elas podem ajudar você a se livrar do furúnculo.

Melão, toranja, damasco, cenoura, abóbora, batata doce, abobrinha, espinafre e brócolis são ótimas fontes de vitamina A.

Espinafre e brócolis também servem como excelentes fontes de vitamina E, junto com nozes (especialmente amêndoas e noz-pecã), azeitonas, mamão, salsa, abacate e couve. Se você não tiver gosto por consumir todas estas comidas, então pode sempre fazer uso de suplementos.

Óleo essencial da árvore do chá

oleo-essencial-da-arvore-do-cha

Apesar de serem um desconforto, os furúnculos normalmente são benignos. As coisas mudam de figura devido à infecções secundárias. É aí que o óleo da árvore do chá pode ajudar, por conta de suas propriedades antimicrobianas.

Contudo, não deve ser aplicado sem ser diluído, pois pode ser muito forte para a pele. Misture em partes iguais com um óleo neutro como óleo de amêndoas e aplique na área infectada com um cotonete.

Algumas pessoas são alérgicas ao óleo essencial da árvore do chá (Tea Tree, Melaleuca alternifolia). Se não tiver usado antes, é recomendado que você aplique um pouco do óleo diluído em uma parte saudável da pele.

Inicialmente você deve sentir um pouco de desconforto, que deve desaparecer dentro de minutos. Porém, se a sensação se tornar numa queimação persistente, isso quer dizer que você é alérgico ao óleo da árvore do chá e deve buscar um tratamento alternativo.

Óleo de rícino ou óleo de mamona

óleo de rícino 100% puro, orgânico, e livre de hexano

O Óleo de rícino é benéfico para o furúnculo tanto quanto o óleo da árvore do chá, a exceção é que ele é mais suave na pele, podendo ser aplicado sobre o furúnculo sem ser diluído. Aplique algumas gotas com o auxílio de um cotonete algumas vezes durante o dia até se livrar do furúnculo.

Neem

nim-neem-arvore-da-vida-ou-arvore-sagrada

O Nim indiano, de nome científico Azadirachta indica, melhor conhecido na India como neem e no Brasil como Árvore-da-vida ou Árvore sagrada, é outro tratamento bastante efetivo contra furúnculos.

As razões para isto se encontram em suas propriedades documentadas como adstringente e antibacteriano. Existem algumas maneiras de como utilizar folhas de neem para tratar seus furúnculos:

Você pode ferver um punhado de folhas de neem numa panela até que 2/3 da água evapore. Espere o líquido esfriar em temperatura ambiente, coe e aplique como uma loção tópica sobre a área afetada com um cotonete tanto quanto quiser.

Pegue um punhado de folhas de neem, adicione uma colher de sopa de água e uma colher de chá de pó de turmérico (Açafrão-da-Índia). Use um pilão para moer a mistura até que se torne uma pasta.

As propriedades anti-inflamatórias do turmérico realmente veem a calhar quando lidamos com grandes furúnculos e até mesmo carbúnculos.

Alho

alho

O alho contém propriedades anti-inflamatórias, anti-bacterianas e anti-virais que o tornam a opção perfeita para o tratamento de furúnculos. Faça uma pasta com dois a três dentes de alho fresco e aplique sobre o local afetado. Adicione também o alho à sua dieta diária para prevenir outras complicações de pele.

Açafrão-da-terra (Curcuma longa), Turmérico

curcuma-acafrao-da-india

Além de aumentar a potência do tratamento com o neem, a cúrcuma por si só é um tratamento efetivo contra furúnculos. Suas propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias foram documentadas no Ayurveda (antigo tratado de medicina tradicional indiano) e na medicina tradicional chinesa.

Estas propriedades são atribuídas a uma enzima chamada de curcumina, que existe em abundância no turmérico. Existem algumas formas de usar o turmérico para tratar os furúnculos:

Misture um pouco de pó de turmérico com água para formar uma pasta densa. Aplique esta pasta na área afetada e deixe assentar por mais ou menos 30 minutos. Lave a pasta após isso.

Você pode aplicar isso várias vezes no decorrer do dia. Isto fará com que o furúnculo se abra mais rápido, estourando sozinho em alguns dias. Algumas pessoas também adicionam creme de leite e vinagre orgânico de maçã para aumentar a potência do tratamento.

Consumir cúrcuma diariamente lhe ajudará a lutar contra a infecção. Tente comer alguns pratos indianos, pois a maioria dos currys são preparados usando turmérico como um de seus ingredientes.

Você também pode ingerir uma colher de chá de pó de turmérico com um copo de leite morno, bebendo esta mistura toda noite antes de dormir. Se for intolerante à lactose, você pode fazer o mesmo com leite de soja ou água.

Sal de Epsom

Sal de Epsom (sulfato de magnésio)

Sal de Epsom é um adstringente, que pode puxar para fora o pus e as impurezas associadas ao seu furúnculo. Suas propriedades antibacterianas também protegem a área de infecções secundárias.

Existem duas maneiras de usar o sal de Epsom para tratar seus furúnculos:

Você pode adicionar ¼ de copo de sal de Epsom à dois copos de água morna e usar como compressa.

Adicionando um copo de sal de Epsom na banheira para um banho de vinte minutos.

Tome este banho até três vezes por dia. Não exagere neste tratamento uma vez que pode deixar sua pele ressecada.

Clara de ovo

Clara de Ovo

Existe muita evidência popular sugerindo que a clara de ovo pode ser extremamente efetiva no tratamento de furúnculos.

Isto porque a clara de ovo é rica em vitaminas A e E, e conforme mencionado antes, aumenta a imunidade e protege a epiderme.

Então, para usar a clara de ovo, você deve ferver um ovo, separar a gema e prender a clara cozida sobre o furúnculo usando gaze e esparadrapos. Reponha o curativo a cada seis horas.

Comer claras de ovos também fortifica seu sistema contra furúnculos.

Cebola

cebola-allium-cepa

A Cebolas possuem propriedades antissépticas naturais e podem ser utilizadas para tratar furúnculos. Existem algumas maneiras de fazer o tratamento com cebolas:

Corte a cebola em fatias grossas, aplique uma fatia no furúnculo, enfaixando com gaze e esparadrapos. Troque o curativo a cada duas horas.

A sabedoria popular diz que moer a cebola usando um processador, posteriormente aplicando a pasta no furúnculo e enfaixando; deixa o tratamento ainda mais eficaz.

Ferva três cebolas de tamanho médio numa panela d’água. Espere até apenas sobrar 1/3 da água. Coe e deixe a água esfriar em temperatura ambiente.

Lave o furúnculo repetidamente com a água durante o dia, da mesma maneira que faria com a água de neem.

Tratamento médico para furúnculos

tratamento-medico-para-furunculos

Existem diferentes tratamentos médicos para furúnculos, que são recomendados dependendo da severidade do problema. Os seguintes tratamentos são os mais comuns:

Remédios para dor

A melhor maneira de lidar com um furúnculo é deixá-lo se curar naturalmente. Existe alguma dor associada com o processo, causada pela pressão do pus acumulado nos nervos da pele.

Isto pode ser facilmente endereçado com o uso de remédios para dor como Advil e Ibuprofeno. Remédios mais fortes normalmente não são prescritos para lidar com a dor dos furúnculos.

Punção

Neste método, uma pequena incisão é feita com um material cortante, seguida por pressão contínua nas laterais para a drenagem do pus.

Isto normalmente é feito quando o furúnculo cresce para dentro, resultando numa pústula visível, porém muito pequena deixando o paciente sob muita dor pela pressão feita pelo pus.

Normalmente um anestésico local é aplicado para adormecer a área. Este procedimento deve ser feito apenas por médicos licenciados.

Se for feito incorretamente, pode causar sérios ferimentos e também deixar o paciente mais propenso a infecções secundárias, especialmente no caso de furúnculos vaginais.

Antibióticos

No caso de uma infecção severa, é comum a prescrição de antibióticos à base de penicilina, como o flucloxacilina.

Baseado em seu histórico médico, seu atendente pode prescrever antibióticos alternativos, como claritromicina ou eritromicina. Os antibióticos são prescritos normalmente quando:

  • O paciente está sofrendo por furúnculos sérios ou carbúnculos.
  • O paciente está com temperatura elevada.
  • O paciente está enfrentando dor intensa e desconforto.
  • Se o furúnculo estiver no rosto, por causa de acne cística ou infecção do gênero. Isto por conta de que os furúnculos faciais conterem um risco maior de infecção secundária.
  • Se o paciente começar a desenvolver celulite infecciosa ou outra infecção secundária.

Saiba O Que Causa o Furúnculo Vaginal e Como Tratar?

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:59 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)