Remédio Natural para Prisão de Ventre (suco de pêra)

Descubra um Remédio natural maravilhoso para a prisão de ventre. 

Já está farto dessa maldita prisão de ventre que teima em não passar? Não se preocupe.

Para tudo na vida existe uma solução e a prisão de ventre não é excepção. Se também não gosta de estar sempre a tomar comprimidos, também não precisa de se preocupar.

Neste artigo vou revelar um pequeno segredo infalível para acabar com a prisão de ventre. Neste caso, o seu melhor amigo tem o nome de suco de pêra. Quer saber porquê? Fique atento/a.

Benefícios da pêra para a saúde

A pêra é uma fruta rica em vitaminas, ferro e cálcio.

A ingestão frequente deste tipo de fruta ajuda o sistema digestivo a trabalhar melhor.

Isso deve-se ao facto de a pêra ter efeito laxativos que diminuem a sensação de desconforto causada pela prisão de ventre.

Como fazer este remédio natural?

Este remédio natural é super fácil e simples de fazer. Para além disso é delicioso.

Ingredientes:

• Duas chávenas de chá de pêra;
• 200ml de água.

Modo de preparação:

1. Escolha pêras grandes e doces;
2. Lave bem;
3. Retire os caules;
4. Corte a pêra em cubos pequenos;
5. Coloque a fruta e a água no liquidificador e deixe bater bem. E está pronto a beber. Como se trata de um sumo bastante denso e espesso não necessita de adicionar açúcar ou adoçante.

Como utilizar?

É aconselhável que a pessoa que sofre de prisão de ventre beba, pelo menos, dois copos de sumo de pêra por dia.

Se Sofre de prisão de ventre, não pense duas vezes e comece já a tomar este delicioso sumo de pêra e mande essa sensação de desconforto para bem longe de si.

Conheça 9 Óleos Essenciais para Prisão de Ventre

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça uma Pergunta ou Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:22 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)