Fotos Antes e Depois

13 Incríveis Remédios Caseiros para Aliviar a Coceira no Couro Cabeludo

Fungos no couro cabeludo? A caspa, a psoríase, os piolhos, e as infecções fúngicas, podem todas elas causar coceira no couro cabeludo.

Tente o óleo da árvore do chá, óleo de eucalipto, mel, ou o neem, para eliminar a caspa.

O açafrão, o mel, o aloe vera, e a meditação, pode ajudá-lo com a psoríase.

A vaselina, o óleo da árvore do chá, o óleo essencial de neem, e um pente específico, podem ser os seus melhores aliados contra os piolhos.

O óleo essencial de lavanda e o óleo de melaleuca (tea tree), quando em combinação com a medicação, ajudam a reduzir os sintomas de infecções fúngicas do couro cabeludo, tinea capitis ou pitiríase.

Coceira Intensa No Couro Cabeludo

Consegue resistir a essa vontade extrema de coçar a cabeça? Não é fácil certo? Este tipo de ocorrência pode ser irritante, bem como embaraçosa em algumas situações.

Mas, o que pode ser, e quais as causas desta comichão? São muitas as condições de pele que podem estar na origem do sintoma!

As mais comuns incluem, a caspa (dermatite seborreica), psoríase, piolhos, e uma infecção fúngica (tinea capitis).

Vamos conhecer um pouco melhor todas estas ocorrências dermatológicas e alguns remédios naturais (cientificamente comprovados e citados na matéria) que podem ajudar a lidar com elas.

Tratamentos Caseiros

Coceira no couro cabeludo devido a caspa

Caspa

Sabia que a caspa afeta quase 50% de todos os adultos? (1) Esta condição origina coceira na área, bem como descamação da pele.

É considerada uma forma leve de dermatite seborreica, que provoca muita comichão na pele e descamação em outras partes do corpo.

Apesar de ainda não se saber exatamente o que está na causa desta condição, o crescimento da levedura/fungo Malassezia está associada ao seu desenvolvimento. (2)

Normalmente são usados ​​shampoos anticaspa, para controlar a caspa. No entanto, se procura um remédio natural, reunimos 4 soluções à sua medida.

Óleo da árvore do chá

Óleo Essencial Da árvore Do Chá

O Óleo da árvore do chá (Melaleuca alternifolia) tem propriedades antifúngicas e pode ser útil no tratamento da caspa.

Um estudo publicado diz-nos que o uso de um shampoo de óleo da árvore do chá a 5% por dia, durante 4 semanas, reduziu significativamente a coceira e oleosidade em pessoas com caspa ligeira a moderada caspa. (3)

Como aplicar/usar: Adicione uma colher de chá de óleo da árvore do chá ao seu shampoo regular e lave 2 a 3 vezes por semana.

O que Procura?
Máscara facial de Cúrcuma para uma Pele mais Brilhante

Óleo Essencial de eucalipto

O eucaliptol (1.8-cineol), um composto natural encontrado no óleo de eucalipto, apresenta atividade anti-caspa, uma vez que atua na inibição do Fungo Malassezia. (4)

Como usar/aplicar: Misture cerca de 10 gotas de óleo essencial de eucalipto (da espécie Eucalyptus globulus Labill.) ao seu shampoo normal e massaje o couro cabeludo. Deixe a mistura atuar no local durante alguns minutos antes de enxaguar, permitindo que o óleo de eucalipto realize a sua magia.

Nim (Azadirachta indica)

De acordo com a investigação realizada, o extrato da planta neem (Azadirachta indica), é extremamente potente contra o fungo associado à caspa. (5)

Como usar/aplicar: Ferva algumas folhas de neem na água, arrefeça a mistura e use-a para lavar o couro cabeludo e o cabelo.

Também pode adicionar uma colher de chá de óleo de neem ao seu shampoo regular ou massajar o óleo de neem no couro cabeludo (depois de diluí-lo em uma base de óleo de gergelim), para se livrar desses flocos irritantes.

Mel

Mel

O mel, apesar de ser um docinho maravilhoso, carrega ainda propriedades antifúngicas e antioxidantes que podem ajudar a reduzir a caspa.

Num estudo realizado, os participantes aplicaram 90% de mel diluído em água morna a cada dois dias e deixaram a mistura atuar no local durante 3 horas, antes de enxaguar com água quente.

Todos os participantes experimentaram um grande alívio na dermatite seborreica. A coceira e a escamação foram ambas resolvidas em uma semana.

Observou-se também que a aplicação semanal de mel impediu a ocorrência do problema. (6)

Coceira no couro cabeludo devido a Psoríase

Psoríase No Couro Cabeludo

A psoríase é uma doença de pele de longa duração que resulta em manchas pruriginosas de pele avermelhada e escamas prateadas.

Esta condição pode afetar não apenas o couro cabeludo, como também os joelhos, cotovelos, palmas das mãos, costas, rosto e pés.

Ela ocorre devido a um problema no sistema imunológico e pode ser agravada por fatores como o estresse, infecções, pele seca, e alguns medicamentos.

O dermatologista muitas vezes aconselha a toma de medicamentos ou a terapia de luz para lidar com a condição. (7) No entanto, pode também beneficiar de alguns remédios caseiros, tais como:

Aloe Vera

Desde sempre que a aloe vera tem sido valorizada pelas suas excelentes propriedades calmantes e hidratantes.

No entanto, a pesquisa indica-nos que ela também pode ajudar a reduzir os sintomas assocoados à psoríase.

Durante um estudo realizado, os pacientes com psoríase aplicaram um creme contendo 0,5% de extrato de aloe vera, três vezes por dia, durante 5 dias consecutivos, num período máximo de 4 semanas.

O estudo verificou que o tratamento eliminou significativamente as placas de psoríase e curou 83,3% daqueles que a utilizaram. (8)

O que Procura?
Desodorante Caseiro

Como usar/aplicar: Corte uma folha de aloe vera ao meio e aplique o gel presente no interior, nas áreas afetadas. Lave após 20-30 minutos. Esta mezinha ajudar a aliviar a coceira e lidar com o problema.

Açafrão-da-Terra

O açafrão-da-terra (cúrcuma, turmérico, açafrão-da-índia), é uma especiaria exótica maravilhosa que pode ajudar a lidar com a psoríase.

Um estudo realizado mostrou que, a aplicação tópica de um gel contendo cúrcuma, melhorou significamente o problema. (9)

Pensa-se que os resultados positivos obtidos tenham sido devido ao efeito de curcumina, um composto presente no açafrão-da-índia, o qual inibe as várias enzimas inflamatórias implicadas na doença autoimune.

Como usar/aplicar: Misture um pouco de açafrão-da-terra em pó com água para realizar uma pasta e aplique sobre as áreas afetadas três vezes ao dia.

Enxague após a pasta agir no local durante alguns minutos. Também pode incorporar o turmérico na sua dieta diária para ajudar a combater a inflamação.

Meditação

Meditação Mindfulness

Sabe-se que o estresse é um fator que piora o estado da psoríase. Desta forma, faz sentido o uso de técnicas de relaxamento como a meditação em indivíduos com a condição.

Um estudo realizado sugere que a meditação pode melhorar clinicamente os sintomas de psoríase. (10)

Outro estudo realizado também descobriu que os indivíduos que participaram de uma intervenção de redução de estresse baseada na meditação mindfulness durante a terapia de luz (fototerapia), obtiveram uma cura mais rápida do que aqueles que não a fizeram. (11)

Portanto, que tal “desligar para meditar” durante alguns minutinhos todos os dias? 🙂

Mel de Manuka de Grau Médico

Outro remédio caseiro disponível na prateleira da cozinha à espera para ser chamado à ação.

Segundo a pesquisa, as propriedades antioxidantes e hidratantes do mel, podem ajudar a lidar com a condição.

Num estudo realizado, os participantes com psoríase aplicaram todas as noites Mel de Manuka de Grau Médico nas áreas afetadas, durante 2 semanas.

Após esse período verificou-se que este super alimento é comparável em termos de eficácia, aos cremes geralmente recomendados para o tratamento da condição. (12)

Coceira no couro cabeludo devido infestação de piolhos

Infestação De Piolhos

Estes malditos parasitas alimentam-se do sangue humano e normalmente adquirem-se através do contato próximo.

Também podemos ser contaminados com piolhos, compartilhando coisas simples como escovas de cabelo ou chapéus, com alguém que já está infestado. (13)

A indústria farmacêutica dispõem de várias loções e sprays para tratar os piolhos. No entanto, e especialmente para quem é extremamente cauteloso com os produtos químicos fortes e procura algo natural, reunimos alguns remédios caseiros.

Pente para piolhos

Pente Para Piolhos

Atualmente existem muitas opções de pentes para piolhos, desde os mais simples aos elétricos. São certamente uma excelente opção para remover os piolhos do cabelo.

O que Procura?
Remédio Caseiro para Roséola Infantil

Embora estes pentes possam também ser usados em cabelos secos, eles funcionam melhor em cabelos molhados e com um condicionador aplicado. Os piolhos neste caso terão uma dificuldade acrescida em se mover devido ao condicionador. (14)

Vaselina

Vaselina

De acordo com um estudo realizado, a vaselina não apenas mata os piolhos sufocando-os, como também funciona extremamente bem nos ovos, permitindo a incubação de apenas 6% deles.

Tenha em mente que este método pode não ser tão eficaz como a utilização de uma loção pesticida ou remover manualmente os piolhos, pois leva algum tempo e obriga a repetir várias vezes a aplicação. (15)

Neem

Folhas De Nim, Neem (Azadirachta Indica)

Estudos de laboratório mostram que os extratos das sementes de Neem podem matar os piolhos. (16) O óleo essencial de Neem também tem sido utilizado tradicionalmente em algumas comunidades asiáticas para tratar os piolhos.

Como aplicar/usar: Da próxima vez que for incomodado/a por esses parasitas, adicione algumas gotas de óleo de neem ao seu shampoo, sempre que lavar o cabelo. (17)

Óleo da árvore do chá

Óleo Essencial Da árvore Do Chá

O Óleo da árvore do chá funciona de forma eficaz contra piolhos. (18)

Como usar/aplicar: Adicione algumas gotas de óleo da árvore do chá ao seu shampoo, massageie-o em seu cabelo, e deixe descansar por alguns minutos.

Também pode adicionar o óleo à máquina de lavar roupa para desinfectar fronhas/capas de almofadas ou lençóis que possam estar infestadas com estas pestinhas. (19)

Coceira no couro cabeludo devido a infecção fúngica (tinea capitis)

Tinea Capitis, Micose Do Couro Cabeludo

A infecção fúngica ou micose do couro cabeludo, conhecida também como tinea capitis, pode causar manchas na pele escamosas em forma redonda, vermelhas e inflamadas.

Este tipo de micose pode também levar à perda de cabelo nas áreas afetadas e causar coceira intensa no couro cabeludo.

Os óleos essenciais como o óleo da árvore do chá e o óleo de lavanda tem propriedades antifúngicas, e a sua aplicação tópica pode ser extremamente útil.

Como usar/aplicar: Misture aproximadamente 2 gotas de óleo essencial, diluídos em cerca de 7 ml de óleo transportador/carreador, como óleo de amêndoa e aplique no couro cabeludo. Lavar depois destes atuarem durante algum tempo.

No entanto, tenha em mente que as infecções do couro cabeludo causadas por fungos, são difíceis de tratar e podem não responder bem a alguns remédios caseiros.

Para estes casos o médico pode aconselhar a toma de um medicamento antifúngico ou um shampoo de prescrição para lidar com o problema.

05. julho 2017 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *