Como Combater a Bacteremia (Bactérias no Sangue) Naturalmente - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Como Combater a Bacteremia (Bactérias no Sangue) Naturalmente

A presença de bactérias na corrente sanguínea recebe o nome de bacteremia. Condição esta, que tem de ser tratada com antibióticos.

Remédios Naturais Para Combater A Bacteremia (Bactérias No Sangue) Naturalmente

Como medida suplementar ou preventiva, faça uso do alho, mel, açafrão-da-terra (cúrcuma), feijão-da-china ou feijão-mungo, limão ou suco de limão, óleo de melaleuca, aspirina, peróxido de hidrogênio, e óleo de orégano, todos maravilhosos para reforçar as defesas do organismo.

Descansar o suficiente, ingerir líquidos, e usar uma esponja com água morna, pode ajudar com a febre.

Nestes casos existe a possibilidade do sistema imunológico ter uma forte reação à infecção bacteriana que se infiltra no sangue, causando Sepse ou Septicemia (envenamento do sangue). Sendo extremamente importante que tome e complete o curso dos antibióticos prescritos. Isso não é negociável, ok, não vamos brincar com a nossa saúde. Os remédios naturais apenas servem como medida complementar.

As bactérias nocivas presentes à nossa volta, podem originar uma série de infecções em todo o corpo. Nem mesmo a corrente sanguínea está isenta de um ataque destas criaturas microscópicas. (Ver Imagem)

De seguida vamos ficar a saber o que causa a bacteremia, ou a presença de bactérias na corrente sanguínea.

Algumas infecções bacterianas como a pneumonia, infecções do trato urinário, ou um simples abscesso cutâneo, qualquer um deles pode atuar como gatilho.

Os procedimentos médicos ou odontológicos também podem ser outra das causas de bacteremia.

Até mesmo algumas atividades cotidianas, como escovar os dentes com mais força, por exemplo, podem fazer com que as bactérias que vivem na boca entrem na corrente sanguínea através da ferida originada.

Em casos normais, o sistema imunológico é capaz de lidar com a bacteremia causada pelas atividades mais comuns e eliminá-la da corrente sanguínea. No entanto, por vezes, a condição ficar fora de controle, quando as bactérias começam a crescer de forma extremamente rápida, causando outras infecções.

A situação mais perigosa da bacteremia, é que ela pode levar à sepsis (septicemia).

Quando o sistema imunológico está mais fraco ou existe um grande número de bactérias presentes no sangue durante longos períodos, ele pode desencadear uma resposta particularmente forte e esmagadora no sistema imunológico.

Este evento vai liberar substâncias químicas que resultam em inflamação e causam o vazamento dos vasos sanguíneos e coágulos sanguíneos. Issa ocorrência é conhecida como sepse.

A condição pode prejudicar o fluxo sanguíneo e privar os órgãos de oxigênio e nutrientes, resultando em danos nos órgãos.

À medida que a condição piora, a pessoa afetada pode entrar em choque séptico. Trata-se de uma condição extremamente perigosa que pode ser fatal em até 40% dos casos. O choque séptico é ainda pior – causando a morte de 6 em cada 10 casos.

A bacteremia geralmente é tratada com antibióticos e, devido às possíveis complicações, é importante tomar os medicamentos prescritos tal como indicado pelo médico. Como abordagem holística, sugerimos alguns remédios caseiros que ajudam a reforçar a luta do corpo contra as bactérias presentes no sangue.

Abundância de líquidos e descanso

Dê tempo ao corpo para descansar e recuperar se tiver febre. Além disso, certifique-se de ingerir muitos líquidos para evitar a desidratação. Mas evite bebidas como café, chá e álcool, que podem deixá-lo desidratado.

Óleo essencial da árvore do chá 

O óleo da árvore do chá é um composto extraído das folhas da árvore que recebe o nome de Melaleuca alternifolia. Foi usado na Segunda Guerra Mundial pelos soldados suíços como forma natural de curar feridas menores.

O óleo essencial de Melaleuca alternifolia é antibacteriano, anti-fúngico e antiviral… e funciona muito bem no tratamento de erupções cutâneas, abscessos, verrugas, hemorróidas, picadas de insetos, descamação, caspa, acne, bolhas, pé de atleta, sendo também ótimo para as limpar lentes de contato.

Esponja com água morna

As esponjas com água morna (cerca de 40 graus) podem ter um efeito extremamente refrescante quando se está com febre. No entanto, tente evite os duches ou banhos frios. O frio pode causar arrepios e com isso gerar ainda mais calor. A pele também contrai os vasos sanguíneos quando fica fria, o que também pode prender o calor na corpo durante mais tempo, e não é o que queremos.

Use o mel

O mel é usado tradicionalmente para tratar feridas e infecções, pois oferece atividade antibacteriana contra uma variedade de bactérias perigosas.

Estudos realizados em animais descobriram que o mel consegue modular o sistema imunológico e, portanto, pode ajudar a lidar com a sepse.

Sempre que precisar de adoçar algo, use um pouco de mel, de preferência, mel de Manuka, para ajudar o corpo a combater as bactérias.

Feijão-da-china ou Feijão-mungo

O feijão mungo tem atraído muita atenção nos últimos anos devido ás suas qualidades nutricionais. As pesquisas mostram que o extrato de feijão-mungo têm um efeito protetor contra a sepse, tendo-se verificado num estudo que a leguminosa melhorou as taxas de sobrevivência em 29,4-70%.

Acredita-se que este efeito benéfico seja conseguido através da inibição de uma proteína conhecida como HMGB1, uma proteína de alta mobilidade do grupo de caixa 1que desempenha um papel na inflamação sistêmica.

Outros estudos descobriram também que os brotos de feijão mungo têm atividade antibacteriana e podem ser úteis como agente natural que complementa a terapia antimicrobiana.

Olmo-vermelho e Lobélia

Olmo Vermelho (Ulmus Rubra)

O olmo-vermelho (Ulmus rubra) e a lobélia são 2 plantas medicinais eficazes para feridas. Faça uma pasta com quantidades iguais das duas ervas e um pouco de água. Aplique a pasta no local com o auxílio de uma bandagem e troque conforme necessário.

Alho

Alho

Alho, um maravilhoso condimento de cozinha, também é conhecido pelas suas propriedades antibacterianas incríveis. O bolbo contém um composto presente naturalmente chamado aliina, que quando o alho fresco é esmagado, é convertido num composto antimicrobiano conhecido como alicina, que funciona muito bem contra uma extensa lista de bactérias.

Além disso, contém outro composto conhecido como sacarose metil 3-formil-4-metilpentanoato (SMFM), que demonstrou melhorar a taxa de sobrevivência da sepse, em estudos, inibindo a produção das citocinas pró-inflamatórias.

Sabendo isto, faça uso deste bolbo maravilhoso para conseguir um impulso antibacteriano. Não gosta do sabor do alho, ou fica com um hálito horrível? Pode sempre contar com o alho negro!

Andrographis Paniculata

Andrographis Paniculata

A Andrographis Paniculata, ou como alguns a chamam de “O Rei dos Amargos” é uma planta maravilhosa! Trata-se de uma planta amplamente cultivada no sul e sudeste da Ásia, onde tem sido usada tradicionalmente para tratar infecções e algumas doenças.

A Andrographis Paniculata é um ótimo antibiótico e agente anti-inflamatório natural que estimula o sistema imunológico e mata os agentes invasores.

Na medicina Siddha e ayurvédica, é promovida como um suplemento dietético para a prevenção e cura do câncer. 

O Andrographolide é o principal constituinte extraído das folhas da planta, uma lactona diterpênica bicíclica.

As folhas e raízes são as partes da planta geralmente usadas para fins medicinais. Sendo usada também a planta inteira em alguns casos.

Tome cúrcuma

Chá De Gengibre E Cúrcuma

Tal como o alho, a cúrcuma também contém propriedades antibacterianas de grande alcance. Estes efeitos benéficos são atribuídos a um composto antioxidante conhecido como curcumina presente na cúrcuma (açafrão-da-terra).

Um estudo descobriu que a administração de curcumina tem um efeito protetor contra a sepse. Reduz a lesão, a morte dos tecidos, e dá expressão a uma proteína sinalizadora conhecida como TNF-alfa, que desempenha um papel importante na inflamação sistêmica.

Apimente o jantar com esta especiaria dourada maravilhosa ou prepare e desfrute dos poderes anti inflamatórios do chá de cúrcuma e reforce as defesas do corpo contra infecções bacterianas.

Vitamina C

Fortaleça o sistema imunológico com vitamina C, através do consumo de frutas cítricas ou suplemento vitamínico.

Embora a sepse seja uma condição perigosa, o tratamento agressivo e imediato aumenta as chances de recuperação total.

Outras ervas

Suplemento De Berberina

De seguida mostramos outras ervas que podem ajudar, como o gengibre, noz-moscada, raiz da uva de Oregon, cravo-da-índia, cominho, orégano, alecrim, lavanda, manjericão, hortelã-pimenta, cranberry, hortelã-verde, sálvia, tomilho, canela, berberina, sabugueiro, Echinacea, eucalipto, entre outros.

A Sepse Severa Requer Tratamento de Emergência

Embora o termo “sepse” seja muitas vezes usado de forma intercambiável com “bacteremia” e “envenenamento do sangue”, não são exatamente a mesma condição.

A Sepse pode ocorrer mesmo sem bacteremia. E embora as bactérias sejam, de longe, a causa mais comum de sepse, as infecções fúngicas ou virais também podem causar a condição.

A sepse grave é uma emergência médica, que requer atenção imediata!

Sintomas como febre, calafrios, palpitações, dificuldades respiratórias ou desorientação são bandeiras vermelhas.

O tratamento tem como objetivo combater a infecção, impedir que a pressão sanguínea fique perigosamente baixa e proteger os órgãos vitais.

Os pacientes geralmente são tratados com antibióticos e fluidos. Os casos mais graves podem necessitar de diálise renal, tubo de respiração ou cirurgia.

Referências

1 https://www.nigms.nih.gov/
2 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
3 https://www.merckmanuals.com/
4 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
5 https://www.nhs.uk/
6 https://pdfs.semanticscholar.org/
7 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
8 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
9 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
10 https://www.betterhealth.vic.gov.au/
11 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
12 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
13 https://www.nhs.uk/

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade