26 Inacreditáveis Remédios Caseiros para Abscesso

Publicado por Equipe Editorial a 16 de setembro de 2016 - Atualizado em 27 setembro 2018

Nesta matéria vamos listar os melhores remédios caseiros para curar o abscesso (apoiados pela ciência), com o uso do alho, óleo de cravo, água morna e sal, óleo de orégano, batata, gergelim … e como fazer passo a passo.

O que é um abscesso? O abscesso é uma acumulação localizada de pus. Pode ocorrer em qualquer região do corpo, tanto externamente como internamente.

abscesso

Ocorre com mais frequência na pele e na boca, principalmente nas gengivas, o que conhecemos de abscesso dentário.

Os abscessos, furúnculos, e outras condições de pele semelhantes podem ser bastante irritantes, sensíveis e dolorosos se ocorrerem nos locais errados.

São caracterizados por inflamação, inchaço, calor, vermelhidão, e muitas vezes febre.

Os abscessos são causados por uma infecção bacteriana, e na medicina convencional usam-se os antibióticos como principal método de tratamento.

No entanto, as plantas e as ervas medicinais são uma alternativa bastante segura e eficaz a utilizar como remédio caseiro para tratar o abscesso, e ver-se livre do problema, sem sofrem com os efeitos secundários dos antibióticos.

Estes “convidados indesejados” também podem ser um obstáculo à vida social, quando ocorrem em algumas zonas “importantes, visíveis” do corpo, como o caso do rosto e pescoço.

Causas de abscesso

O abscesso é uma patologia de origem infecciosa, que resulta do acúmulo de pus causado por bactérias, outros parasitas ou partículas externas, que entram no corpo, “tal como os espinhos entra nas solas dos pés” , formando o abscesso.

Embora as causas do abscesso variem de acordo com vários factores, normalmente a formação do abscesso é uma reacção de defesa, mecanismo de defesa do corpo, que entra em ação na presença de partículas estranhas no corpo.

Quando esses “materiais estranhos” matam as células locais, as células brancas do sangue (leucócitos, glóbulos brancos) dirigem-se para o local como forma de defesa, causando um aumento no fluxo sanguíneo da região, o que aumenta a vermelhidão do local.

Tipos de Abscesso

Existem muitos tipos de abscesso. Embora o nome “abscesso” seja vulgarmente associado à pele, esta é uma infecção bacteriana que vai muito para além da pele. Conheça e navegue por alguns deles:

Cada abscesso varia de acordo com o local da infecção, no entanto a maioria dos abcessos são externos, forma-se nas camadas exteriores da pele, como o pescoço por exemplo.

Este é um processo natural de defesa do corpo, uma “parede protetora” criada naturalmente em volta das células infectadas, que mantem a infecção dentro “daquele espaço”, assegurando que a infecção não se espalha para as células vizinhas, saudáveis.

Em alguns casos, o tratamento do abscesso torna-se uma necessidade e urgência, especialmente quando é formado em áreas sensíveis, como o pescoço por exemplo, um local que pode levar à compressão da traqueia.

O tratamento médico indicado é realizado com a toma de antibióticos ou através de drenagem cirúrgica do abscesso. No caso do abscesso infeccionar gravemente, é necessária atenção médica imediata.

Os contras e os possíveis efeitos secundários existem sempre, e como qualquer outro procedimento cirúrgico, existe sempre o fator de rico associado. O risco aumenta especialmente quando as áreas infectadas envolvem regiões sensíveis do corpo.

A menos que em condições opressivas e urgentes, os abscessos normais, talvez, devam ser curados e tratados por conta própria, com a ajuda de alguns remédios caseiros. Os remédios caseiros garantem que o abscesso é tratado no momento certo, evitando que se torne uma infecção séria.

Remédios Caseiros para Abscesso

Água Salgada

agua-salgada

A água salgada, especialmente a água quente, é conhecida pelas suas antigas propriedades de cura do abscesso ou em qualquer tipo de infecção.

O sal-gema e o sal marinho, o que não é refinado artificialmente, tem propriedades próprias de cura natural. As propriedades curativas destes sais “vêm mesmo a calhar” no caso de infecções de pele, infecções de garganta e inflamações, bem como problemas dentários.

Se você tem um abscesso no dente ou na garganta, poderá começar com realizar um gargarejo de água morna e sal, expondo a infecção à água salgada.

No caso de inflamações da pele, a mezinha caseira seria lavar a superfície com água morna e sal, ou mergulhar um pedaço de pano estéril em água morna e sal e massajar suavemente sobre o abscesso.

Sal

sal

Como mencionado anteriormente, a água salgada pode fazer muitas coisas boas em relação ao tratamento de infecções bacterianas superficiais.

No entanto, não necessita de receitas, soluções, pastas etc… de sal. O sal marinho ou sal gema podem ser colocados diretamente na inflamação em estado puro.

Apenas necessita de aquecer o sal numa panela até que ele fique suficientemente quente (mas não quente demais, que possa prejudicá-lo ou queimá-lo). Embrulhe o sal morno a um pedaço de pano limpo e aplique suavemente sobre o abscesso.

O calor acalma o abscesso e as áreas da pele afectadas, e o sal tem propriedades que ajudam a “absorver, retirar para fora” o excesso de líquido e pus acumulados na área inflamada.

A aplicação regular de sal quente é um bom remédio caseiro para abscessos, uma vez que alivia a dor, drena o excesso de pus e reduz a inflamação.

O sal tem propriedades antibacterianas que podem atuar sobre as bactérias que possam ter causado a inflamação. Espero que este tratamento lhe seja útil!

Furar o abscesso

agulha para furar abscesso

Se você já tem o abscesso à algum tempo e ele cresceu em tamanho, um bom remédio caseiro pode ser simplesmente furar o abcesso com um objeto pontiagudo, estéril (agulha esterelizada).

Uma vez que a inflamação é invariavelmente causada pela acumulação de grandes quantidades de pus nele inseridas, pode muito bem acontecer o abscesso romper por si próprio, se for suficientemente grande claro.

No entanto, furar o abscesso seria uma forma efetiva de curar a infecção, uma vez que “este método” auxilia na drenagem do líquido acumulado (pus).

Apenas necessita certificar-se de que o objeto, ou agulha, que você escolher para furar o abscesso, esteja completamente esterelizada.

Pode sempre ferver o objeto em água salgada antes de usar. Ferva bem, deixe esfriar, e está pronto para furar o abscesso.

Vegetais de folhas verdes

dieta-de-suco-de-vegetais

Embora a relação dos vegetais possa não parecer imediatamente óbvia, a cura do abscesso tem muito a ver com sua dieta diária.

O nosso corpo tem as suas próprias propriedades naturais de cura, mas necessita ser apoiado nutricionalmente por vitaminas e minerais que ajudam a rejuvenescer e a recuperar de ferimentos ou cortes.

Para tratar o abscesso através “daquilo que come”, necessita adicionar os vegetais de folhas verdes à sua alimentação diária, uma vez que estes tendem a ser excelentes fontes de vitaminas e minerais, que ajudam na recuperação e no processo de cicatrização.

Nota: Cozinhar os vegetais no vapor é melhor que cozinhar em água, uma vez que se perdem nutrientes no processo de cozimento.

Abacaxi/Ananás

Abacaxi

O Abacaxi é conhecido pelo seu esplêndido sabor, fragrância incrível, e também pelas suas propriedades curativas. A razão para o ananás ser um bom remédio natural eficaz para o abscesso é que ele contém bromelina, um extrato encontrado em plantas da família das Bromeliaceae, onde também está incluído o abacaxi.

O extrato é uma mistura de enzimas, proteolíticas, que participam no processo de digestão das proteínas, que também verificou-se ser eficaz na redução da dor.

Juntamente com uma série de benefícios, o abacaxi oferece propriedades que ajudam a reduzir a inflamação associada com muitos distúrbios e doenças, infecções…

A Bromelina presente no abacaxi, aumenta os níveis de imunidade do corpo, provando-se eficaz no controle de inflamações, como o caso dos abscessos.

O composto tem sido tradicionalmente utilizado no tratamento de doenças inflamatórias da pele. Uma das soluções eficazes para o tratamento em casa seria, portanto, adicionar o abacaxi à sua alimentação diária, o seria uma cura bem saborosa!

Higiene

limpeza-de-pele

A higiene é o passo fundamental para lidar com o abscesso. Só que esta lida com a prevenção ao invés da cura. No entanto é sempre melhor prevenir do que remediar.

Uma boa higiene é fundamental para uma vida saudável, e uma limpeza corporal duas vezes por dia irá garantir que os poros da pele estão limpos, evitando assim a acumulação de partículas estranhas nas paredes celulares superfíciais.

Além disso, existe um risco aumentado de formação de abcessos em zonas expostas à infecção, como no caso de feridas ou lesões externas. Desta forma é importante realizar uma boa higiene diária nestas feridas.

Aplicar Calor

aplicar-calor

O abscesso responde muito bem ao calor. Mergulhe um pano limpo em água quente e coloque suavemente sobre o abscesso durante cerca de quinze a vinte minutos. Tire/coloque no local, conforme se sinta confortável.

Certifique-se que o calor é bom o suficiente e suportável. Para manter calor consistente no local o ideal será usar dois panos. Quando o pano começar a esfriar use o outro, e coloque esse novamente em água quente, assim sucessivamente (durante 15 a 20 min).

Cebola

cebola

A cebola é muito eficaz para matar a infecção causada por germes e bactérias. Corte uma cebola em rodelas e coloque-a sobre o abscesso, cobrindo com um pano limpo. As propriedades anti-sépticas presentes na cebola ajudam a melhorar a circulação do sangue na área afectada, ajudando também na redução da inflamação (Ref).

Alternativamente também pode realizar uma pasta. Comece por moer uma cebola pequena juntamente com cinco dentes de alho grandes. Esta pasta será depois aplicada à área inflamada coberta com um pano limpo.

Trevo vermelho (Trifolium pratense)

trevo-vermelho-trifolium-pratense

O trevo vermelho é uma planta leguminosa nativa da Europa, oeste da Ásia e noroeste da África. Tem muitas propriedades medicinais de interesse científico. O trevo vermelho é conhecido pelas suas propriedades anti-espasmódicas, desintoxicantes, e bastante rico em fitoestrógenos.

O chá de trevo vermelho, feito a partir do extrato da planta, é tradicionalmente usado como expectorante, enquanto que a planta é usada pelas suas propriedades para cuidados da pele.

Devido ás suas propriedades estrogênicas, é usado em forma de chá como terapia hormonal, enquanto que topicamente é usado na prevenção, bem como na cura de abscessos, psoríase e outras doenças de pele comuns.

Ferva duas colheres de sopa de flores secas de trevo vermelho em cerca de 8 onças de água. Consuma duas vezes por dia.

Echinacea

Chá de Equinácea

A equinácea ou echinacea (Equinacea purpurea) é conhecida pelas suas propriedades anti-bacterianas e anti-infecciosas. Ajudando o sistema imunitário a combater a infecção que está a causar o abscesso (Ref).

Você vai precisar de

  • 1 colher de chá de ervas secas de echinacea
  • Uma xícara de água fervente

Coloque as ervas secas na água fervida durante alguns minutos e coe. Beba enquanto o chá ainda está quente.
Você também pode comprar sacos de chá de equinácea e usar, no caso de não encontrar a planta seca à venda.

Beba 2 ou 3 chávenas de chá por dia, mas apenas durante alguns dias, pois o consumo excessivo de equinácea pode fazer com que o seu corpo fique imune aos seus efeitos.

Cardo-mariano, Cardo-leitoso (Silybum marianum)

cardo-mariano-cardo-leitoso-silybum-marianum

O cardo-mariano e é uma planta herbácea anual ou bienal da família Asteraceae. É normalmente encontrada na Europa, bem como no Norte de África.

O cardo-mariano é bastante conhecido pelas suas propriedades medicinais, com a capacidade de desintoxicar o corpo, especialmente o fígado, uma vez que elimina as toxinas para fora do organismo. As raízes do cardo mariano podem ser cozidas em água, ou assadas.

As hastes/talo/pé da planta podem ser colocadas em água, cozidas, e consumidas como um remédio caseiro refrescante para o abscesso.

As folhas podem ser consumidas cruas, juntamente com outras saladas verdes. As cápsulas de cardo mariano também podem ser consideradas uma boa opção suplementar.

Chá de camomila

Chá De Camomila

A Camomila é uma erva com propriedades anti-sépticas e anti-inflamatórias tradicionalmente utilizada para aliviar dores de dente e tratar outras condições, tais como úlceras orais. Ela também pode ser muito eficaz na redução do edema causado por um abscesso.

Para este fim, o recomendado será beber o chá de camomila misturado com um pouco de suco de limão. Basta preparar o chá, adicionar o suco de meio limão e assumir como a primeira coisa a fazer de manhã ou antes de dormir. Você vai notar uma grande melhora!

Aloe Vera

Retirar gel do Aloe Vera

Não devem haver muitos remédios caseiros que não mencionam o Aloe Vera. Este medicamento mágico está disponível na forma de gel, que pode ser facilmente aplicado sobre o abscesso duas vezes por dia.

Limpe a superfície da pele cuidadosamente e aplique o gel de Aloe Vera durante a noite.

Óleo de Rícino e Curcuma

curcuma-acafrao-da-india

Tanto o Óleo de Rícino como a Curcuma (conhecida como açafrão-da-terra, turmérico, açafrão-da-índia) têm sido utilizados tradicionalmente como ervas eficazes na cura de uma grande variedade de doenças. Misture a Curcuma com o óleo de rícino e faça uma pasta. Aplique a pasta no abscesso três ou quatro vezes por dia.

Tanto a Curcuma como o óleo de rícino oferecem propriedades anti-sépticas e anti-inflamatórias naturais, úteis na cura do abscesso (Ref).

Folhas de Neem, Nim (Azadirachta indica)

Folhas da planta medicinal Azadirachta indica, Neem

A árvore Neem, originária da Índia e Birmania, é certamente uma Pérola da Nossa Natureza, com benefícios medicinais, desde a raiz até ás flores e folhas.

Você vai precisar de:

  • Algumas folhas frescas de neem
  • água

Comece por moer as folhas com água para formar uma pasta. Aplique a pasta sobre o abscesso e deixe-a atuar 15 a 20 minutos. Por fim, enxague com água.

Se você não conseguir encontrar as folhas frescas de neem, pode sempre aplicar algumas gotas de óleo essencial de neem (pode comprar em lojas de produtos naturais, ervanárias), diluídas numa colher de sopa de azeite de oliva.

Repita a aplicação várias vezes ao dia.

O Neem é usado há séculos no tratamento de muitos problemas de pele. Possui ação antibacteriana, antiviral e propriedades antifúngicas que irão tratar a infecção na área do abcesso (Ref).

Batata

Batata

Conhecida por ser benéfica no tratamento de várias patologias, este tubérculo tem a capacidade de atrair as toxinas acumuladas no abscesso.

Tudo que precisa fazer é usar uma fatia de batata crua e amarrá-la, com fita adesiva por exemplo, ao local infectado. Alternativamente também pode usar raspa de batata e prendê-la com uma gaze ao local.

Casca de Romã

casca-de-roma

Você vai precisar de:

  • cascas de romã
  • suco de limão
  • 1 colher de sopa

Seque as cascas da romã ao sol e triture-as para fazer um pó. Pegue uma pequena quantidade deste pó, e a ele, adicione suco de limão para fazer uma pasta. Aplique a pasta sobre a área afetada e deixe secar ao ar. Por fim, enxaguecom água.

Realize o procedimento duas vezes por dia.

Quase todos nós conhecemos os benefícios de comer romã, mas que as suas cascas também poderiam ajudar no alívio de alguns problemas de pele muitos poucos sabem! As Cascas da romã mostram exercer efeitos anti-infecciosos e anti-inflamatórios na pele (Ref). O Limão é um agente antimicrobiano rico em antioxidantes (Ref).

Bicarbonato de Sódio

Bicarbonato de Sódio

Você vai precisar de:

  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
  • 1 colher de sopa de sal
  • água
  • Bola de algodão

Misture o bicarbonato e o sal. Adicione a água para formar uma pasta. Com uma bola de algodão ligeiramente úmida, aplique a pasta sobre o abcesso. Deixe atuar no local durante 15 a 20 minutos.

Antes de remover, aplique um pouco de pressão para drenar o abscesso completamente. Uma única aplicação costuma resolver o problema.

Este remédio caseiro funciona muito bem em abscessos que ainda não abriram, e você deseja remover o pus e aliviar a pressão e dor.

A pele nestes casos está esticada e costuma ser fina na superfície do abcesso. A combinação de bicarbonato de sódio e sal vai ajudar a estourar e drenar o abscesso. Para além disso o Bicarbonato de sódio também impede a contração de infecções, uma vez que é um agente anti-séptico e antibacteriano (Ref).

Óleo de coco

Óleo de coco para blefarite

Você vai precisar de:

  • 1-2 colheres de sopa de óleo de coco
  • Água morna

Se for um caso de abscesso dentário, bocheche a boca com o óleo de coco durante 15 a 20 minutos. Em seguida, cuspa o óleo. Não o ingira.

Enxague a boca e escove os dentes, como de costume. Realize o procedimento duas vezes por dia.

O óleo de coco, conhecido como “óleo que puxa”, funciona muito bem para abscessos dentários e dor de dente. O ácido láurico presente no óleo de coco reduz a inflamação e previne infecções (Ref).

Óleo de cravo da Índia

oleo-de-cravo-da-india

Você vai precisar de:

  • Algumas gotas de Óleo de cravo da índia
  • Uma escova de dentes

Mais uma mezinha bastante eficaz em casos de abscesso no dente. Escove os dentes diariamente com um pouco de óleo de cravo da índia.

Tenha cuidado ao aplicá-lo sobre a área infectada. Não aplique pressão sobre a área, pois pode tornar-se ainda mais doloroso. Alternativamente também pode massagear a gengiva com óleo de cravo da índia.

Tente realizar o procedimento duas vezes por dia.

O óleo de cravo da índia é um dos remédios caseiros mais eficazes para abscessos localizados perto dos dentes e gengivas. A sua forte atividade antimicrobiana trata qualquer infecção que possa estar presente, e o seu conteúdo antioxidante facilita a cura rápida (Ref).

Saiba mais sobre o Cravo-da-Índia: Para que Serve, e Quais os Seus Benefícios

Sal de Epsom

sal-de-epsom

Você vai precisar de:

  • 1 xícara de Sal de Epsom
  • Água morna

Encha uma bacia ou banheira com água morna e acrescente o sal de Epsom a ela. Mergulhe a área afetada nesta água durante 15 a 30 minutos.

Quantas vezes você precisa fazer isso: Repita três a quatro vezes por dia.

O Sal de Epson usado desta forma ajuda a aliviar a dor causada pelo abscesso. O procedimento fará com que a pele fique macia, o que irá ajudar a curar a infecção gradualmente. Este sal maravilhoso também ajuda a reduzir a inflamação (Ref).

Conheça os Principais Benefícios do Sal de Epsom

Feno-grego (Trigonella foenum-graecum)

feno-grego-trigonella-foenum-graecum

Você vai precisar de:

  • folhas de feno-grego fresco
  • água
  • toalhinha

Prepare uma pasta com as folhas de feno-grego e aplique sobre a área afectada. Deixe secar. Em seguida, mergulhe um pano limpo em água morna e limpe a mistura. Repita o processo duas ou três vezes por dia.

A pasta preparada a partir das folhas de feno-grego esmagadas é um remédio caseiro bastante eficaz para abscessos dentários. A planta possui propriedades antimicrobianas e vão matar os micróbios que podem estar na causa ou a agravar o abscesso. Oferece ainda poderes anti-inflamatórios que irão ajudar a reduzir o inchaço e a dor (Ref).

Alimentação

vegetais-de-folhas-verdes

Como mencionado anteriormente, uma dieta rica em vegetais de folhas verdes e abacaxi pode ser a chave para curar o abscesso. No entanto, vamos passar mais algumas dicas importantes.

É igualmente necessário reduzir a ingestão de algumas substâncias e alimentos que podem estar a abrandar o processo natural de cura. Neste caso, precisa estar atento ás frituras, alimentos gordurosos, dieta rica em gordura e açúcar.

O óleo, as gorduras e o açúcar não são de forma alguma alimentos que irão ajudar a tratar o seu problema, antes pelo contrário. Evitar alimentos são ricos em gordura e óleo, e reduzir a ingestão de açúcar seria sem dúvida a chave ideal para se livrar do abscesso de forma natural e eficaz.

Probióticos

probioticos

O uso de probióticos pode não estar diretamente associado à cura do problema, mas seria uma excelente opção no caso do abscesso se tornar um problema sério e você não ter como opção a toma de antibióticos para controlar a infecção.

Nesse caso, adicionar alguns probióticos à sua dieta seria uma boa escolha. Os probióticos são microrganismos vivos que oferecem um monte de benefícios para a saúde quando consumidos.

Os probióticos são bactérias vivas e saudáveis que estão presentes no intestino juntamente com mais um trilhão de outras bactérias que habitam no intestino.

Os alimentos ricos em probióticos são os iogurtes, kefir, coalhada, leite fermentado, leitelho, Missô, molho de soja, chucrute, Kimchi (kakdugi), e muitos outros produtos lácteos fermentados.

Apesar de apoiarem o sistema digestivo, os probióticos ainda reforçam os nutrientes perdidos por conta dos antibióticos.

Algas verde azuladas Cyanobacteria (cianobactérias)

algas-verde-azuladas-cyanobacteria-cianobacterias

As algas Verdes Azuladas são organismos simples, com características semelhantes a plantas, encontrados em água salgada e água doce. Compreendem as bactérias capazes de realizar fotossíntese oxigênica. São os únicos procariontes que realizam este tipo de fotosíntesis, daí serem também chamadas oxifotobactérias.

Um dos mais populares tipos de algas verde-azuladas é a spirulina, consumido principalmente como suplemento dietético. São considerados ricas em proteínas dietéticas, vitaminas do grupo B e ferro.

Embora exista uma grande variedade de usos para as algas azuis-verdes, incluindo a utilização na gestão do estresse, ansiedade, tratamento da depressão, bem como na síndrome pré-menstrual, elas são igualmente usadas para impulsionar o sistema imunológico, curar feridas, tratar crescimentos pré-cancerosos na boca, inflamações e abscessos.

Nota: As algas verde azuladas estão contraindicadas durante a gravidez e fase de aleitamento.

Colostro

colostro-suplemento-em-capsulas

O colostro é um leite produzido pelas glândulas mamárias na fase final da gravidez e nos primeiros dias de gravidez.

O colostro é conhecido por ter níveis elevados de anticorpos e altas concentrações de proteínas, mesmo sendo baixo em gorduras.

A finalidade natural do colostro é fornecer ao recém-nascido os nutrientes essenciais, de modo a ativar o funcionamento de vários órgãos, especialmente quando o sistema digestivo dos pequenos jovens ainda é bastante frágil.

O colostro estimula o crescimento e a regeneração dos tecidos musculares, ossos, cartilagens e pele, através da promoção da síntese do colágeno,

O colostro está disponível em suplementos em forma de pastilhas mastigáveis, bem como comprimidos e cápsulas, e poderá ser usado como um remédio bastante eficaz no tratamento de abcessos.

Conclusão

foto-de-abscesso-na-pele

Mencionamos nesta resenha alguns dos remédios mais eficazes para o tratamento de abscessos. No entanto uma higiene adequada e uma dieta equilibrada desempenham também eles um papel igualmente importante a este respeito.

Certifique-se de beber pelo menos oito a dez copos de água diariamente. Evite alimentos fritos e açúcares refinados, e reforce a sua alimentação com vegetais de folhas verdes.

Você já sofreu de um abscesso? O que você fez para curá-lo? Partilhe a sua experiência com a gente na seção de comentários abaixo.