10 Remédios Naturais para Combater Eczema em Bebês - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

10 Remédios Naturais para Combater Eczema em Bebês

Se o seu bebê tiver eczema (dermatite), use o óleo de coco ou de semente de girassol para hidratar a pele e aliviar os sintomas.

Pode também adicionar aveia coloidal, água de arroz ou óleo de camomila no banho do bebê para acalmar a pele e evitar a coceira e inflamação.

Hidratar a pele com frequência, evitar produtos irritantes, e usar luvas anti-arranhões podem ajudar.

Os probióticos inseridos na alimentação, para aliviar o eczema causado devido a alergias alimentares também são uma boa opção.

Remédios Naturais Para Combater Eczema Em Bebês E Aliviar Sintomas Como Coceira, Pele Seca E Inflamação

Um bebê irritado devido a coceira na pele faz qualquer pai ou mãe sentir-se totalmente impotente.

O eczema ou dermatite atópica é um evento extremamente comum em bebês, surgindo por vezes alguns meses após o nascimento.

Os bebês com dermatite têm menos óleos corporais e a função protetora da pele está comprometida. A umidade, portanto, evapora facilmente da pele, fazendo com que as células se encolham e as rachaduras se desenvolvam.

Os Irritantes e alérgenos, nestes casos, têm acesso fácil e causam inflamação. As manchas vermelhas e grosseiras na pele, a escamação e a coceira, são os próximos sintomas.

São vários os fatores que podem desencadear o evento, sendo as infecções virais, os ácaros e até mesmo a dentição, alguns dos culpados.

O eczema é mais comum em crianças com antecedentes familiares de alergias. As alergias alimentares também podem ter um papel – em cerca de 10% dos bebês. Sendo alguns alimentos como os ovos, leite, chocolate ou o amendoim a funcionar como gatilho.

Trata-se de uma condição crônica, embora algumas crianças a superem.

Embora ainda não exista uma cura definitiva para o eczema, existem muitas medidas que podem aliviar os sintomas e reduzir as chances de outro ataque.

Abaixo listamos 10 Remédios Naturais que vão ajudar a aliviar a condição no seu bebê.

1. Hidratar

Usar um hidratante pode ajudar a evitar que a pele do bebê seque. Use um hidratante sem perfume várias vezes ao dia. É melhor usar massagens descendentes (na direção do crescimento do cabelo) para aplicar o hidratante, pois desta forma ajuda a impedir o bloqueio dos poros da pele. Além disso, afaste-se de cremes aquosos. Algumas pesquisas indicam que estes podem levar a sensação de picadas, comichão, queimação e vermelhidão.

2. Aplique óleo de coco

Óleo De Coco

Certas comunidades do Sudeste Asiático têm como tradição massajar os bebês com óleo de coco. Um estudo realizado descobriu que quando os pais aplicaram óleo de coco virgem duas vezes por dia – uma vez imediatamente após um banho quente e outra novamente à noite – durante 8 semanas, resultou numa melhoria de 68% do eczema. 30% melhor que os bebês tratados com óleo mineral.

Se suspeitar de eczema ou detectar alguns sintomas no bebê, certifique-se de consultar o médico para confirmar o diagnóstico. Também é importante manter o médico informado sobre quaisquer remédios naturais ou alternativos que está a administrar ao bebê.

O óleo de coco também pode ser usado como hidratante para evitar que a pele do bebê seque. Precisa de mais motivos para usar o óleo de coco? A pesquisa indica que a massagem com o produto pode melhorar o crescimento e o aumento do peso em bebês prematuros.

Tenha em mente, no entanto, que alguns bebês podem ser alérgicos à substância.

3. Massagem com óleo de semente de girassol

Óleo De Girassol

Outro óleo natural que pode ajudar a combater o eczema é o óleo de sementes de girassol. A pesquisa mostra que o óleo de girassol melhora a função de barreira da pele.

Num estudo realizado em bebês com alto risco de desenvolver eczema, os pais foram aconselhados a aplicar óleo de sementes de girassol no corpo inteiro do bebê pelo menos uma vez por dia.

Esta acção foi tomada logo após o nascimento, e continuada até o bebê atingir 6 meses. Verificou-se que o óleo de semente de girassol teve um efeito protetor e reduziu a incidência da condição.

4. Proteja a pele com Aveia

Adicionar aveia coloidal à água do banho pode ajudar a aliviar a inflamação e a coceira do seu pequenote. Quando misturada com água, a aveia coloidal transforma-se numa substância pegajosa que cobre a pele e protege-a da perda de umidade.

Esta ação ocorre devido à presença de glúten. Como bônus, o cereal também é rico em antioxidantes que podem ajudar a combater a inflamação.

5. Adicione água de arroz ao banho

A água de arroz é a água amilácea obtida quando o arroz é fervido. Esta substância ajuda a melhorar a função de barreira da pele, evitar a perda de umidade e até mesmo ajudar a reparar a pele danificada.

De acordo com um estudo realizado, os participantes que realizaram um banho ao qual foi adicionada água de arroz viram uma melhoria de 20% na capacidade de cura da pele seca e irritada.

Adicione um pouco de água de arroz ao banho e enxague com água normal após o banho.

6. Experimente o óleo de camomila

A camomila é excepcional no alivio da pele inflamada. Um estudo realizado verificou que um creme com extratos derivados da camomila romana do tipo Manzana ofereceu melhores resultados que um creme à base de hidrocortisona no tratamento de pessoas com eczema.

A camomila-vulgar (camomila-alemã) também pode ajudar a aliviar a pele irritada. Os compostos de Sesquiterpeno como o azuleno, bisabolol e farneseno presentes nesta variedade de camomila têm propriedades calmantes e anti-inflamatórias, o que explica as suas propriedades benéficas.

Misture 5 a 10 gotas de óleo de camomila ou algumas flores de camomila secas à água do banho do bebê para aliviar a coceira e a secura. Mas lembre-se de realizar sempre um teste de patch (teste de alergia) para descartar qualquer reação alérgica.

7. Use probióticos para lidar com as alergias alimentares

Como vimos anteriormente, as alergias alimentares podem funcionar como um gatilho em algumas crianças com eczema. E abordá-los pode ajudar a aliviar a condição.

A flora intestinal das crianças com alergias difere daquelas que não possuem alergias. O tratamento com bactérias benéficas (probióticos) pode, portanto, ajudar a solucionar o eczema causado por alergias alimentares.

De acordo com um estudo realizado, os bebês com alergias alimentares experimentaram uma flexibilização dos sintomas de alergia cutânea quando lhes foram administradas bactérias probióticas como a Lactobacillus rhamnosus GG.

Alguns alimentos fermentados, como o iogurte, possuem naturalmente probióticos, mas certifique-se de verificar os rótulos para saber se contêm bactérias benéficas. Mais importante ainda! Consulte o médico antes de usar suplementos probióticos.

8. Evite o calor e o suor

O calor e a transpiração em excesso podem agravar o eczema. Portanto, mantenha o quarto do seu bebê fresco e evite sobrecarregá-lo.

9. Use luvas Anti-Arranhões

Luvas Anti Arranhões Para Bebê

O eczema pode ser realmente causar coceira extrema. E, embora as crianças mais velhas consigam entender que os arranhões podem danificar a pele e piorar o eczema, é necessário tomar algumas medidas preventivas no caso dos bebês.

Manter o local afetado tapado com roupas leves e manter as unhas limpas e curtas pode ajudar a reduzir qualquer dano no caso de tentativa de arranhar.

As luvas anti-arranhões são outra excelente opção.

10. Minimize o contato com agentes irritantes

Além dos tratamentos naturais, existem alguns cuidados preventivos que podem ajudar a aliviar o eczema. Por exemplo, evitar o contato com agentes irritantes. Abaixo descrevemos algumas dicas.

As reações alérgicas aos ácaros do pó pioram o eczema. Certifique-se que os brinquedos estão bem limpos. Lave os a 60 ° C ou coloque-os no congelador durante 24 horas para se livrar dos ácaros. A roupa de cama também deve ser lavada a 60 ° C para eliminar os ácaros.

Alguns tecidos podem irritar a pele do bebê. Use apenas tecidos respiráveis ​​e amigáveis ​​como o algodão e evite o nylon e a lã.

Se o seu pequenote já começou a rastejar, vista-o com calças de algodão.

Evite banhos de espuma e sabonetes, pois estes tendem a irritar e secar a pele. Escolha um produto de limpeza suave e sem fragrância.

Identifique outros irritantes que possam estar incluídos no problema e limite o contato do bebê a eles. Os irritantes mais comuns incluem a caspa dos animais, a fumaça do cigarro e as pulverizações químicas através de spray.

Referências do artigo

1 https://www.nhs.uk/
2 http://www.cyh.com/
3 https://www.nhs.uk/
4 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
5 https://www.niaid.nih.gov/
6 https://medlineplus.gov/
7 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
8 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
8 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
9 http://pennstatehershey.adam.com/
10 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
11 https://www.nhs.uk/conditions/

Atualizado em 21 Março 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *



Seguir fotosantesedepois.com

Siga-nos na rede social Facebook e receba dicas sobre os temas de saúde mais atuais.

Facebook Fotos Antes e Depois
Receber Dicas de Saúde?

Se está interessado/a em receber no seu Email, dicas de saúde, remédios caseiros..., subscreva a nossa newsletter.

Contacte-nos

© 2018 Fotos Antes e Depois | Politica de Privacidade

Isensão de Responsabilidade: A nossa plataforma foi criada com o objetivo de facilitar o acesso a informação de valor "Ciência com Saúde", baseada em estudos científicos. Tudo o que publicamos tem uma base científica. No entanto, nenhuma das publicações têm o objetivo de servir como diagnóstico, sendo sempre indicada consulta médica. O mesmo se refere a tratamentos, clínicas, suplementos e medicamentos indicados. A indicação, dosagem, e forma de uso é apenas ilustrativa, não estando indicada a automedicação ou suplementação sem antes haver indicação médica profissional. O mesmo se refere aos preços dos produtos por vezes indicados. Esses valores são baseados no ano de 2018 e servem apenas como informação auxiliar, não estando a nossa plataforma de nenhuma forma a ligada a essas empresas.