O Que Causa Sangramento Após a Relação Sexual?

Muitas mulheres apresentam sangramento vaginal após a relação sexual uma vez ou outra.

De fato, após a menopausa até 63% das mulheres sentem secura vaginal, sangramento vaginal, ou um sangramento anormal durante o sexo.

Além disso, até 9% das mulheres menstruadas apresentam algum sangramento depois da relação sexual.

Normalmente, um sangramento leve e ocasional não é um motivo de preocupação.

Por outro lado, se você tiver alguns fatores de risco ou já houver entrado na menopausa, ter um sangramento após a relação sexual indica a necessidade de uma visita ao médico.

Sangramento Após A Relação Sexual

O que causa sangramento após a relação sexual

O sangramento após a relação sexual ocorre em mulheres de todas as idades.

Nas mais jovens, que ainda não atingiram a menopausa, a fonte do sangramento costuma ser o colo do útero.

Nas mulheres que chegaram à menopausa, a fonte do sangramento é mais variada e pode ser desencadeada a partir de:

Em termos de causas, o câncer de colo do útero é a maior preocupação. Isto é especialmente verdade para as mulheres na pós-menopausa.

No entanto, é mais provável que o sangramento após o sexo seja provocado por uma condição médica mais comum.

Infecções na Vagina

Algumas infecções podem inflamar os tecidos da vagina, o que pode acarretar uma hemorragia. Dentre essas infecções, estão:

Síndrome genito-urinária da menopausa (SGM)

A síndrome genito-urinária da menopausa (SGM) era conhecida anteriormente como atrofia vulvovaginal.

Esta condição médica é comum em mulheres que estão na perimenopausa e na menopausa, além daquelas que tiveram seus ovários removidos.

Conforme a mulher envelhece, principalmente após a interrupção da menstruação, o corpo produz menos estrogênio, o hormônio feminino responsável por regular o sistema reprodutivo da mulher.

Quando os níveis de estrogênio ficam muito baixos, várias coisas acontecem na sua vagina.

Como o corpo produz menos lubrificação vaginal, a vagina pode ficar seca e inflamada.

Os baixos níveis de estrogênio também reduzem a elasticidade da vagina, além de fazer com que os tecidos vaginais se afinem e encolham.

O que Procura?
Feridas, Úlceras e Lesões nos Órgãos Genitais Femininos

Tudo isto pode causar desconforto, dor e sangramento durante a relação sexual.

Secura vaginal

A secura vaginal pode gerar uma hemorragia. Além da SGM, a secura vaginal pode ser causada por muitos outros fatores, como:

  • aleitamento materno
  • parto
  • remoção dos ovários
  • uso de determinados medicamentos, como remédios para asma, alguns antidepressivos, e drogas anti-estrogênicas
  • quimioterapia e radioterapia
  • ter relações sexuais antes de você ficar totalmente excitada
  • ducha vaginal
  • presença de determinados produtos químicos em produtos de higiene feminina, sabão em pó para lavagem de roupas, e piscinas
  • A síndrome de Sjögren: doença inflamatória do sistema imunológico que reduz a umidade produzida pelas glândulas do corpo

Pólipos

Os pólipos são tumores benignos. Por vezes, eles aparecem no colo do útero ou no revestimento endometrial do útero.

O pólipo fica pendurado como um pingente ao redor de uma corrente. O movimento dele pode irritar o tecido circundante e causar um sangramento oriundo de pequenos vasos sanguíneos.

Ferida/fissura vaginal

Uma relação sexual muito intensa pode causar pequenos cortes, arranhões, feridas e irritação na vagina.

A probabilidade do problema aumenta se você tiver secura vaginal durante a menopausa, amamentação, ou devido a outros fatores.

Câncer

O sangramento vaginal irregular, incluindo o sangramento posterior à relação sexual, é um típico sintoma do câncer de vagina ou de colo do útero.

Na verdade, esse foi o primeiro sintoma exibido por 11% das mulheres diagnosticadas com câncer de colo uterino que buscaram tratamento.

O sangramento pós-menopausa também pode ser um sintoma de câncer de útero.

Fatores de Risco: Você tem um risco aumentado de apresentar sangramento após a relação sexual?

O risco de sangramento após o sexo aumenta se você:

  • tiver câncer uterino ou de colo do útero
  • estiver na perimenopausa, menopausa ou pós-menopausa
  • tiver acabado de dar à luz ou estiver amamentando
  • fizer sexo com múltiplos parceiros sem uso de preservativo
  • não estiver totalmente excitada antes da relação sexual
  • lavar a vagina frequentemente

Consulte um médico para avaliar os seguintes sintomas

Os sintomas que podem ocorrer juntamente com o sangramento após a relação sexual variam, conforme a causa.

Se você não estiver na menopausa, não tiver outros fatores de risco e apresentar apenas pequenas manchas ou um sangramento que desaparece rapidamente, provavelmente não precisará procurar por um médico.

Caso você sofra qualquer sangramento vaginal após a menopausa, consulte seu médico imediatamente.

Também deve consultar o médico se exibir algum dos seguintes sintomas:

O que Procura?
Gases Vaginais: Sabia que é possível soltar um "pum" pela vagina?

Câncer do colo do útero

Um sangramento vaginal (incluindo o sangramento após o sexo) pode ser um sintoma de câncer uterino ou do colo do útero.

Estes tipos de canceres são mais comuns em mulheres com mais de 50 anos ou que já estejam na menopausa.

Além da idade, outros fatores de risco são um histórico familiar positivo para um desses cânceres, excesso de peso (no caso do câncer de endométrio), ou a toma de pílulas anticoncepcionais durante cinco anos ou mais (no caso do câncer de colo do útero).

A infecção com o vírus do papiloma humano (HPV) é também outro fator de risco para desenvolver câncer de colo do útero.

Se você apresentar sangramento após o sexo e já houver passado pela menopausa, consulte o seu médico para identificar ou descartar a possibilidade de câncer uterino.

Tal como acontece com outros tipos de câncer, o tratamento é mais eficaz quando o câncer é descoberto e tratado precocemente.

Complicações

Complicações graves associadas ao sangramento pós-sexo são incomuns, a menos que a causa seja um câncer ou uma infecção não tratada.

Confira de seguida algumas possíveis complicações.

Anemia

Um sangramento forte ou prolongado pode causar uma anemia por deficiência de ferro, pois ocorre esgotamento das células vermelhas do sangue (eritrócitos ou glóbulos vermelhos) através da perda sanguínea.

Os principais sintomas da anemia são:

Se a anemia for causada pela perda de sangue, seu médico pode prescrever um suplemento de ferro. Mas a mais importante fonte de ferro é a alimentação.

Caso esteja preocupada com seus níveis de ferro, acrescente mais alimentos ricos em ferro na sua dieta, como os seguintes:

  • manteiga de amendoim
  • peixe
  • feijões
  • ovos
  • vegetais folhosos
  • carne

Infecção

Se você tiver secura vaginal, as chances de contrair uma infecção urinária aumenta.

Diagnóstico: Identificando a causa

O sangramento após a relaçao sexual é um sintoma relacionado a muitos problemas de saúde. No início, o médico fará o exame de Papanicolaou a fim de examinar a vagina e o colo do útero.

Também pode ser necessária a realização de uma biópsia.

Se for detectado câncer, a paciente será encaminhada a um especialista.

O que Procura?
Acne vaginal: Causas, Tratamento, e Tudo o que Você Precisa Saber

Após o descarte do câncer como possível causa do sangramento, podem ser tomadas várias medidas para determinar a causa do problema:

Como tratar o sangramento vaginal após o sexo

A causa do sangramento vaginal determinará o tratamento.

Lubrificantes

Se o sangramento for causado por ressecamento vaginal, os lubrificantes vaginais podem ajudar.

Aplicados regularmente, esses produtos são absorvidos pelas paredes da vagina, aumentam a umidade e ajudam na restauração da acidez natural da vagina.

Os lubrificantes vaginais também reduzem o atrito desconfortável durante a relação sexual. Mas evite os produtos que contenham parabenos ou propilenoglicol.

Cuidado: Os lubrificantes à base de petróleo, como a vaselina, podem danificar o diafragma e os preservativos de látex.

Não misture vaselina com camisinhas.

Use um lubrificante vaginal que contenha água ou silicone, se ele for necessário.

Terapia de Reposição Hormonal 

Se a secura vaginal for causada pela menopausa ou pela remoção dos ovários, converse com o médico sobre a terapia de reposição de estrogênio.

Os produtos de uso tópico incluem cremes e supositórios de estrogênio vaginal.

Outra opção é um anel de estrogênio, um anel flexível que é inserido na vagina e liberta uma baixa dose de estrogênio durante 90 dias.

A terapia hormonal oral, que substitui os hormônios estrogênio e a progesterona, é outra opção para algumas mulheres.

Converse com o seu médico sobre os riscos e benefícios ligados a este tratamento.

Tratamentos adicionais

A vaginite pode ser causada por infecção ou secura vaginal, ou ser de causa desconhecida. Conforme a sua causa, o médico pode prescrever antibióticos.

Os antibióticos também podem ser prescritos para tratar a doença inflamatória pélvica e DSTs.

Se o colo do útero estiver deteriorado devido a alguma infecção, o médico pode remover as células afetadas através do uso de nitrato de prata ou da criocirurgia.

Neste processo, as células lesionadas são congeladas e eliminadas.

Prognóstico

O sangramento vaginal após o ato sexual costuma ser um sintoma de algum outro problema médico.

Muitas destas complicações, como infecções e pólipos, são tratáveis.

Porém, manchas ocasionais após o sexo costumam desaparecer por conta própria, sem a necessidade de cuidados médicos.

Em contrapartida, se você estiver na pós-menopausa notifique imediatamente o médico sobre qualquer sangramento vaginal após a relação sexual.

Referências

https://www.hindawi.com/
http://www.mayoclinic.org/
http://www.mayoclinic.org/symptoms/vaginal-dryness/
https://www.cancer.gov/about-cancer/
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3142744/
http://www.hindawi.com/journals/ogi/2014/192087/cta/

19. setembro 2017 by Fabricio

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *