Os 10 Fantásticos Usos e Benefícios das Sementes de Manjericão para a Saúde

Publicado por Equipe Editorial a 30 de julho de 2017 - Atualizado em 16 janeiro 2018

Comer sementes de manjericão é uma das mais recentes tendências de saúde e tem sido uma prática corrente, desde há milhares de anos, em algumas partes do mundo.

Sendo os seus potenciais benefícios para a saúde impressionantes, é fundamental perceber de onde elas provêm, assim como as suas potenciais utilidades e efeitos colaterais, antes de adicionar estas sementes ao seu regime de saúde natural.

Sementes De Manjericão

O que são as sementes de manjericão?

As sementes de manjericão são as sementes da planta de manjericão, também conhecida como manjericão grande, manjericão doce, ou alfavaca, consoante a região do globo da qual estejamos a falar.

Cientificamente conhecida como Ocimum basilicum, a planta de manjericão é uma das especiarias mais famosas do mundo e um ingrediente popular de inúmeros pratos de vários países.

No entanto, as sementes desta planta são frequentemente negligenciadas, apesar de terem concentrações ricas em poderosos compostos e ingredientes ativos que podem influenciar a saúde humana.

Alguns dos ingredientes ativos chave das sementes de manjericão são as fibras alimentares, a vitamina K, o ferro, as proteínas, os fitoquímicos, os compostos polifenólicos, a orientina, a vicentina e outros poderosos antioxidantes.

São também conhecidas como sementes de sabja, de tukmaria e de tukmalanga, entre outras, e são populares em certas cozinhas culturais, sobretudo como um ingrediente de bebidas e de sobremesas.

Manjericão

Repare que estas são as sementes da planta do manjericão-doce e não da planta de manjericão-sagrado (Ocimum tenuiflorum). As sementes destas espécies não são tipicamente consumidas.

As sementes de manjericão são completamente pretas e em forma de lágrima, quando secas, com um tamanho semelhante ao das sementes de chia.

Apesar destas não serem frequentemente encontradas no ocidente, os seus potenciais benefícios para a saúde estão a provocar um aumento recente da sua popularidade, sendo facilmente encontráveis em lojas de produtos naturais saudáveis, as famosas lojas “bio”.

» Conheça as Propriedades e Benefícios da Semente de Girassol

Os benefícios para a saúde das sementes de manjericão

Alguns dos benefícios mais notáveis para a saúde produzidos pelas sementes de manjericão incluem a sua capacidade de melhorar a saúde digestiva, a ajuda que dão na perda de peso, a melhoria que provocam na aparência da pele, o fortalecimento do cabelo, a regulação dos níveis de açúcar no sangue, o arrefecimento do corpo, o alívio do estresse, a constituição de ossos fortes, a diminuição da pressão arterial, a melhoria da visão, a redução da inflamação, a diminuição dos níveis de colesterol e a prevenção de certas infeções.

Saúde da pele

Com uma concentração tão impressionante de antioxidantes e de flavonóides, estas sementes são definitivamente capazes de melhorar a saúde da pele e de estimular o crescimento de novas células.

Os antioxidantes são capazes de contrariar os efeitos dos radicais livres, que podem causar estresse oxidativo e eventualmente levar à formação de mutações celulares.

Na pele, isto resulta na formação de rugas, de marcas da idade e de manchas, mas o uso regular destas pode reduzir a aparência dessas marcas, bem como as cicatrizes.

A ajuda adicional que dão no aumento da elasticidade da pele também contribui para que estas sementes sejam consideradas um superalimento anti-idade.

Fortalecimento do cabelo

Cabelos Mais Fortes

Com um nível significativo de ferro e de vários antioxidantes, assim como de vitamina K, estas sementes podem estimular a produção de cabelo e prevenir a queda capilar precoce.

O ferro é essencial para a circulação sanguínea até ao couro cabeludo e é também necessário para a produção de cabelo forte pelos folículos. Os antioxidantes presentes nestas irão ajudar a prevenir a inflamação e o estresse oxidativo no couro cabeludo, que muitas vezes pode conduzir à perda de cabelo.

Perda de peso

As sementes de manjericão são extremamente ricas em fibras, o que provoca um aumento do volume das fezes e ajuda a que se sinta saciado, prevenindo que coma excessivamente e que vá petiscando entre refeições.

Além disso, quando digeridas, podem inchar até 20 vezes o seu tamanho original, “enchendo-o” fisicamente e satisfazendo o seu apetite, tornando muito mais fácil resistir àqueles snaks cheios de calorias.

Níveis de colesterol

Vários estudos mostraram que as sementes do manjericão-doce estão diretamente associadas a uma diminuição dos níveis do “colesterol mau”, o que significa um menor risco de aterosclerose e de deposição de placas nas artérias e nos vasos sanguíneos.

Isto irá reduzir também a pressão no coração e o seu risco de sofrer um enfarte ou um AVC.

Hipertensão arterial

Da mesma forma, um estudo descobriu que os níveis de potássio presentes nestas sementes são suficientes para influenciar diretamente a pressão arterial. Este efeito hipotensivo deve-se ao facto do potássio ser um vasodilatador, o que significa que consegue diminuir a tensão nas artérias e nos vasos sanguíneos, reduzindo assim a pressão no sistema cardiovascular.

Saúde óssea

Com a grande variedade de minerais presentes, incluindo o ferro, o potássio, o cobre, o cálcio e o manganésio, comer estas sementes regularmente irá ajudá-lo a manter a sua densidade mineral óssea. Isto irá reduzir o seu risco de desenvolver osteoporose, fazendo com que continue a sentir-se jovem e forte, à medida que envelhece.

Sistema imunitário

Existe uma quantidade notável de vitamina A e de outros antioxidantes nas sementes de manjericão, o que ajuda a reduzir o stresse oxidativo e a inflamação crónica, em todo o corpo. Isto irá diminuir a pressão sobre o seu sistema imunitário e prevenir também um grande número de várias infecções patogénicas e de condições médicas.

A doença crónica é também causada por um excesso de radicais livres no organismo, o que é contrariado por uma suplementação dietética com sementes de sabja.

Glicemia

Controla Os Níveis De Açucar No Sangue

Vários estudos mostraram que os ingredientes ativos, como as fibras alimentares, encontrados nas sementes de manjericão são capazes de controlar os níveis de açúcar no sangue.

Para as pessoas que sofrem de diabetes tipo 2, este benefício poderá ser muito importante, dado que a incapacidade de controlar os níveis de insulina e de glicose é uma situação potencialmente mortal da doença.

O consumo de um copo de água com sementes de manjericão, de manhã, pode melhorar a sua sensibilidade à insulina, ao longo de todo o dia.

Efeitos de arrefecimento

Em muitos países asiáticos, as sementes de manjericão são famosas devido aos seus efeitos de arrefecimento do corpo, pois podem ajudar a manter a temperatura fria das bebidas e acalmam o estômago.

Apesar de ser um benefício vago e um pouco arbitrário para a saúde, estas são popularmente consumidas por pessoas que sofrem de febre e de outras doenças inflamatórias, nas quais este efeito de arrefecimento parece mais pronunciado.

Alívio do estresse

Se a sua mente está acelerada e os seus níveis de estresse continuam a aumentar, um copo de água cheio com sementes de manjericão pode ser um remédio caseiro rápido e simples para a sua ansiedade.

Um estudo provou que o consumo regular de sementes de manjericão pode ajudar a reduzir os episódios de depressão, a melhorar o seu humor e a reduzir os níveis de hormonas estressoras do seu organismo.

Visão

Dada a quantidade notável de vitamina A presente nestas sementes, elas são frequentemente recomendadas para pessoas que sofrem de défices visuais ou para aquelas que têm níveis elevados de estresse oxidativo.

A vitamina A atua na retina como um poderoso antioxidante, prevenindo o desenvolvimento de cataratas e desacelerando o aparecimento da degenerescência macular relacionada com a idade.

Inflamação

Quando se trata de doenças como a artrite, a gota, as cefaleias e o síndrome do intestino irritável, as sementes de manjericão são conhecidas por aliviar a gravidade destes episódios e providenciar um alívio da dor mais rápido.

Através da prevenção da libertação de componentes pró-inflamatórios e de citocinas, os ingredientes ativos destas sementes desempenham um papel ativo em várias condições clínicas comuns.

» Conheça a Sacha Inchi: a “Semente Mágica”

Uso comum em Bebidas

Suco Com Sementes De Manjericão

O uso primário destas sementes, na maioria dos países asiáticos, é como um agente de espessamento de certas bebidas, variando de sucos a batidos nutricionais e “smoothies”.

Quando você submerge sementes de manjericão em água ou outros líquidos, eles tornam-se gelatinosas e suaves. Isto não só espessa as bebidas como também aumenta significativamente o seu potencial nutritivo.

As sementes de manjericão também podem ser incluídas em gelados e “milkshakes”, dado que têm um sabor bastante suave que não interfere com os outros sabores. Dito isto, elas são utilizadas principalmente em alimentos e bebidas doces.

É fácil fazer a sua própria bebida de sementes de manjericão em casa; simplesmente adicione meio copo de sementes de manjericão a um “smoothie” de fruta ou a um copo de sumo, para dar uma explosão rica em nutrientes ao seu dia.

Você também poderá utilizar este superalimento como topping para saladas, mas ele também é bom para sopas, estufados, iogurtes e massas.

A forma mais simples de o consumir é adicionar meio copo de sementes a um copo cheio de água. As sementes irão inchar até cerca de 10x o seu volume original e irão libertar uma maior quantidade dos seus antioxidantes e nutrientes, tornando esta forma mais saudável do que comer as sementes secas.

Efeitos adversos das sementes de manjericão

Estas singelas sementes podem fornecer um número significativo de benefícios para a saúde mas que se fazem acompanhar de alguns efeitos secundários, tais como o perigo de asfixia que elas acarretam e potenciais flutuações hormonais.

Hormonas: um dos efeitos adversos das sementes de manjericão é o potencial impacto que elas têm nos níveis hormonais do seu corpo, nomeadamente nos estrogénios.

Isto poderá ser perigoso para as mulheres grávidas, uma vez que pode estimular a menstruação e provocar complicações no bebê.

Aqueles que sofrem de desequilíbrios das hormonas tiroideias ou de outros problemas hormonais, devem evitar utilizar estas sementes antes de falar com o seu médico.

Risco de asfixia: devido ao efeito incomum que a água e os líquidos têm nestas sementes, uma proporção inadequada de líquido fornecido pode resultar num torrão gelatinoso que pode ser potencialmente difícil de engolir.

Por esta razão, não são recomendadas em pessoas que sofrem de dificuldades de deglutição, em crianças ou em idosos.

Referências

  1. http://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/jf0480804
  2. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0378874104001540
  3. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2945480/
  4. http://eprints.skums.ac.ir/962/
  5. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1744388106000831
  6. http://imsear.li.mahidol.ac.th/handle/123456789/151814
  7. http://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/jf034269o
  8. http://www.academicjournals.org/journal/IJMMS/article-full-text-pdf/07319C876
  9. http://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/jf801485u
  10. http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0960852406004895
  11. http://www.japer.in/oldjaper/Issue/Issu%202%20august/18.pdf
  12. http://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/jf020487q