Shilajit: 8 Benefícios, Efeitos Colaterais e Usos

Revisado por Drª Adriely Silva (Nutricionista) a 15 novembro 2018 - Publicado a 6 de janeiro de 2017

Há cerca de 50 milhões de anos atrás, o continente indiano colidiu com a Ásia e formou a cordilheira do Himalaia. Quando as montanhas se formaram, as florestas tropicais foram esmagadas e compactadas entre pedregulhos maciços.

As florestas esmagadas transformaram-se gradualmente numa biomassa rica em nutrientes e minerais, abundante em ácidos húmicos e fúlvicos medicinais.

Durante o verão, quando as montanhas aquecem, o remédio fitoterápico mais valorizado da Índia “literalmente emana” dessas resinas de biomassa.

Shilajit, O Sangue Da Cordilheira Do Himalaia Que Oferece 8 Benefícios, Efeitos Colaterais E Usos

O que é? Shilajit é uma substância pegajosa encontrada principalmente nas rochas dos Himalaias. Desenvolve-se durante séculos, a partir decomposição lenta das plantas.

É frequentemente usado na medicina ayurvédica. É um suplemento eficaz e seguro que pode ter um efeito extremamente positivo na sua saúde e bem e estar geral.

Abaixo descrevemos as formas de usar e 8 Benefícios do Shilajit

1. Doença de Alzheimer

A doença de Alzheimer é uma doença cerebral e progressiva que causa problemas de memória, comportamento e raciocínio. O tratamento medicamentoso está disponível para melhorar os sintomas da doença.

No entanto, e com base na composição molecular do shilajit, alguns pesquisadores acreditam que a substância pode prevenir ou retardar a progressão da doença de Alzheimer.

O principal componente do shilajit é um antioxidante conhecido como ácido fúlvico. Este poderoso antioxidante contribui para a saúde cognitiva, evitando o acúmulo de proteína tau.

As proteínas tau são uma parte importante do sistema nervoso, mas um acúmulo pode causar danos nas células cerebrais.

Os pesquisadores acreditam que o ácido fúlvico presente no shilajit pode parar o acúmulo anormal de proteína tau e reduzir a inflamação, melhorando os sintomas da doença de Alzheimer. No entanto, são necessárias mais pesquisas e ensaios clínicos.

2. Níveis de testosterona baixos

A testosterona é o principal hormônio sexual masculino, mas alguns homens têm níveis mais baixos do que outros. Sintomas de testosterona baixa incluem:

  • baixo desejo sexual
  • perda de cabelo
  • perda de massa muscular
  • fadiga
  • aumento da gordura corporal

Num estudo clínico realizado em voluntários do sexo masculino entre as idades de 45 e 55 anos, metade dos participantes receberam placebo e metade recebeu uma dose de 250 miligramas (mg) de shilajit purificado, duas vezes por dia.

Após 90 dias, o estudo verificou que os participantes que receberam a substância purificada tinham níveis de testosterona significativamente maiores em comparação ao grupo placebo.

3. Síndrome de fadiga crônica

A Síndrome de fadiga crônica é uma condição de longo prazo que provoca cansaço extremo ou fadiga. A doença pode dificultar o trabalho, a escola, e alumas atividades simples do dia a dia. Os pesquisadores acreditam que os suplementos de shilajit podem reduzir os sintomas da síndrome e aumentar a energia.

Esta síndrome tem sido associada à disfunção mitocondrial. Este evento ocorre quando as células não produzem energia suficiente. Um estudo realizado em 2012 mostrou que a substância ajudou a reduzir os efeitos da síndrome.

Com base nestes resultados, o aumento natural da função mitocondrial do corpo através de suplementos à base de shilajit pode ajudar a melhorar os níveis de energia.

4. Envelhecimento

Uma vez que o composto é rico em ácido fúlvico, um forte antioxidante e anti-inflamatório, pode proteger contra os radicais livres e danos celulares. Como resultado, o uso regular pode contribuir para a longevidade, um processo de envelhecimento mais lento e, em geral, uma melhor saúde.

5. Mal da montanha (doença das alturas)

As alturas elevadas podem desencadear uma série de sintomas, incluindo:

  • edema pulmonar
  • insônia
  • letargia, ou se sentindo cansado ou lento
  • dor corporal
  • demência
  • hipoxia

A doença das alturas pode ser desencadeada pela baixa pressão atmosférica, temperaturas frias ou pela alta velocidade do vento. Os pesquisadores acham que o suplemento pode ajudar a superar alguns problemas desencadeados em altas altitudes.

O Shilajit contém ácido fúlvico e mais de 84 minerais, oferecendo inúmeros benefícios para a saúde. Pode funcionar como um antioxidante para melhorar a imunidade, a memória, age como um anti-inflamatório, um impulsionador de energia e um diurético para remover o excesso de fluidos do corpo.

Devido a todos estes benefícios, acredita-se que o composto ajude a neutralizar muitos sintomas associados ao Mal da montanha.

6. Anemia ferropriva

A anemia por deficiência de ferro pode resultar de uma alimentação pobre em ferro, perda de sangue ou incapacidade do organismo absorver ferro. Os sintomas incluem:

  • fadiga
  • fraqueza
  • mãos e pés frios
  • dor de cabeça
  • arritmia cardíaca

O suplementos da substância, podem aumentar gradualmente os níveis de ferro.

Um realizado estudo dividiu 18 ratos em três grupos de seis. Os pesquisadores induziram anemia no segundo e terceiro grupo. Os ratos do terceiro grupo receberam 500 mg de shilajit após 11 dias.

Foram coletadas amostras de sangue de todos os grupos no dia 21. Os resultados revelaram que os ratos do terceiro grupo tinham níveis mais altos de hemoglobina, hematócrito e glóbulos vermelhos que os ratos no segundo grupo. Todos estes são componentes vitais do sangue.

7. Infertilidade

O extrato da substância é um suplemento seguro para a infertilidade masculina. Num estudo, onde foi administrada a substância durante 90 dias, duas vezes ao dia, a um grupo de 60 homens inférteis, verificou-se que mais de 60% dos participantes do estudo mostraram um aumento na contagem total de espermatozóides.

Mais de 12 por cento tiveram um aumento na motilidade dos espermatozóides. Motilidade dos espermatozóides refere-se à habilidade dos espermatozóides numa amostra de se moverem adequadamente, uma parte importante da fertilidade.

8. Saúde do coração

O extrato em forma de suplemento dietético pode melhorar a saúde do coração. Os pesquisadores testaram o desempenho cardíaco da substância em ratos de laboratório. Depois de receberem um pré-tratamento com a substância, alguns ratos foram injetados com isoproterenol, para induzir uma lesão no coração. O estudo descobriu que os ratos que receberam o shilajit antes da lesão cardíaca tiveram menos lesões cardíacas.

Nota: Não deve tomar o composto se tiver uma doença cardíaca ativa.

Efeitos colaterais do Shilajit

Shilajit, A Antiga Resina Rochosa Oferece Muitos Usos Na Medicina

Embora a erva seja natural e segura, não deve ser consumida crua ou não processada.

O Shilajit cru pode conter íons de metais pesados, radicais livres, fungos e outras contaminações que podem deixar o indivíduo doente. Quer compre on-line ou numa loja de produtos naturais ou de saúde, certifique-se de que o shilajit esteja purificado e pronto para uso.

Uma vez que o composto é considerado uma abordagem fitoterápica, não é monitorado quanto à qualidade, pureza ou força pela Food and Drug Administration. Pesquise sobra as lojas onde comprá-lo e escolha a fonte mais confiável.

Não tome a sunstância se tiver anemia falciforme, hemocromatose (excesso de ferro no sangue) ou talassemia. Pode ser alérgico ao suplemento. Pare de tomar se desenvolver erupções cutâneas, aumento da frequência cardíaca ou tontura.

Como usá-lo

Cápsulas De Extrato De Shilajit

O Shilajit está disponível em formas líquidas, pó, e extrato em cápsulas. Administre sempre os suplementos de acordo com as instruções indicadas.

Se comprar o suplemento na forma líquida, dissolva uma porção do tamanho de um grão de arroz ou um tamanho de uma ervilha em líquido e beba, uma a três vezes ao dia (dependendo das instruções). 

Também pode tomar o pó de shilajit duas vezes ao dia com leite. A dose recomendada de shilajit é de 300 a 500 mg por dia. Fale com médico antes de tomar .

Referências

1 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
2 https://www.researchgate.net/
3 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
4 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
5 http://pharmacologyonline.silae.it/
6 https://www.researchgate.net/
7 https://doi.org/
8 http://onlinelibrary.wiley.com/
9 https://www.ncbi.nlm.nih.gov/
10 https://link.springer.com/
11 http://onlinelibrary.wiley.com/

  • Vagina Saudável E Vagina Com Candidíase
  • Conheça As Principais Causas Do Corrimento Branco, Grosso E Pegajoso E Aprenda O Significado De Cada Tipo De Consistência
  • Sinais De Que Você Deve Ir Ao Ginecologista
  • Entenda O Que Significa Cada Cor De Corrimento Vaginal E Como Tratar
  • + Saúde Íntima

    + Dieta e Nutrição

    -->