Sida - A detecção precoce - Fotos Antes e Depois
Fotos Antes e Depois

Sida – A detecção precoce

Atualizado em 13 Janeiro, 2018

Sida – A detecção precoce da sida.

Actualmente, ainda existem poucos centros de rastreio anónimo no nosso País: os da Lapa e do Restelo são dois deles. Estes são locais onde é acessível, a qualquer pessoa e sem se identificar, saber se é portadora do vírus da imunodeficiência humana.

Irene Santo, especialista responsável pelo primeiro, sublinha a importância do rastreio: «Por vezes, mesmo determinadas relações completamente insuspeitas, podem acarretar a transmissão do VIH. Com as terapêuticas disponíveis actualmente, impõe-se detectar a existência do vírus o mais cedo possível para se adoptarem as medidas adequadas o mais rapidamente possível.

Factor que também vai evitar que ocorram novas transmissões». A quase inexistência destes centros de rastreio faz com que as pessoas que pretendam saber se estão infectadas pelo vírus tenham de fazer um percurso difícil, por entre as burocracias das habituais requisições médicas e consultas hospitalares. Esta falta de acessibilidade e a falta de anonimato fazem com que muita gente desista do processo mesmo antes de o começar e, consequentemente, existam pessoas infectadas sem o saber.

Atualizado em 13 Janeiro 2018

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *