Síndrome de Asperger

A síndrome de Asperger é muitas vezes considerada uma forma altamente funcional de autismo. As pessoas com esta síndrome têm dificuldade em interagir socialmente, têm comportamentos repetidos e muitas vezes são desajeitados. As funções motoras podem ser retardadas.

Causas Síndrome de Asperger

Hans Asperger denominou esta desordem de “psicopatia autista” em 1944. A causa exacta é desconhecida, provavelmente a causa da síndrome de Asperger é uma anomalia no cérebro. Existe uma possível ligação com o autismo, e os factores genéticos podem desempenhar um papel. Esta desordem tende a correr nas famílias. Um gene específico ainda não foi identificado.

A condição parece ser mais comum em rapazes que em raparigas. Embora as pessoas com síndrome de Asperger tenham geralmente dificuldade ao nível social, muitos têm inteligência acima da média. Eles podem-se destacar em áreas como programação de computadores e ciência. Não há nenhum atraso no seu desenvolvimento cognitivo, na capacidade de cuidar de si mesmos ou na curiosidade que sentem acerca seu ambiente.

Sintomas da Síndrome de Asperger

Pessoas com síndrome de Asperger tornam-se mais focadas e obcecadasnum único objecto ou tema, ignorando todos os outros. Eles querem saber tudo sobre esse tema, e muitas vezes falampouco sobre outras coisas.

• As Crianças com síndrome de Asperger apresentarão muitos factos sobre os seus assuntos de interesse, mas não parecem chegar a um ponto ou conclusão.
• Elas muitas vezes não se apercebem que a outra pessoa perdeu o interesse no tema.
• As áreas de interesse podem ser bastante estreitas, como uma obsessão com horários de comboios, listas de telefone, um aspirador ou colecções de objectos.

As pessoas com Asperger não se retiram do mundo da mesma maneira que as pessoas com autismo o fazem. Elas muitas vezes aproximam-se das outras pessoas. No entanto, os seus problemas com a fala e com a linguagem num contexto social leva muitas vezes ao seu isolamento.

• A sua linguagem corporal pode nãoser coordenada.
• Podem falar num tom monótono e podem não responder a comentários ou emoções de outras pessoas.
• Podemnão compreender o sarcasmo ou humor ou podem levar as expressões linguísticas literalmente.
• Não reconhecem a necessidade de alterar o volume de sua voz em diferentes contextos.
• Têm problemas com contacto visual, expressões faciais, posturas corporais ou gestos (comunicação não-verbal).
• Podem ser apontados por outras crianças como “estranhas” ou “esquisitas”.

As Pessoas com síndrome de Asperger têm dificuldade em relacionar-se com crianças da sua idade ou outros adultos pois:

• São incapazes de responder emocionalmente em interacções sociais normais
• Não são flexíveis no que toca a rotinas ou hábitos
• Têm dificuldade em mostrar, levar ou apontar objectos de interesse para as outras pessoas
• Não expressam prazer pela felicidade de outras pessoas

As Crianças com síndrome de Asperger podem apresentar atrasos no desenvolvimento motor e comportamentos físicos comuns, tais como:

• Atraso em ser capaz de andar de bicicleta, pegar numa bola ou subir para um escorrega
• Andar ou fazer outras actividades de forma atrapalhada
• Comportamentos repetitivos, durante os quais por vezes de magoam
• Movimentos repetitivos com os dedos, abanando-os ou torcendo-os, bem como outros movimentos de corpo inteiro

Muitas crianças com síndrome de Asperger são muito activas e também podem ser diagnosticadas com Transtorno do Défice de Atenção com Hiperactividade (TDAH). Pode-se desenvolver ansiedade ou depressão durante a adolescência e na idade jovem adulta. Podem aparecer sintomas do transtorno obsessivo compulsivo e de uma desordem como a síndrome de Tourette.

Exames e Testes de diagnóstico

Não existe um teste padronizado (usado e aceite por quase todos) usado para diagnosticar a síndrome de Asperger. A maioria dos médicos focam-se num grupo de comportamentos que ajudam a diagnosticar a síndrome de Asperger. Estes comportamentos incluem:

• Contacto visual anormal
• Distanciamento emocional
• Não olham quando chamados pelo nome
• Não usam gestos para apontar ou mostrar algo
• Falta de brincadeiras interactivas
• Falta de interesse para com os colegas de escola

Os sintomas podem ser perceptíveis nos primeiros meses de vida. Os problemas devem ser óbvios aos 3 anos. São feitos Testes físicos, emocionais e mentais para descartar outras causas. A equipa médica que vai ver o seu filho inclui: psicólogo, neurologista, psiquiatra, terapeuta da fala e outros profissionais que são especialistas em diagnóstico de crianças com síndrome de Asperger.

Tratamento da Síndrome de Asperger

Não há um tratamento único para todas as crianças com síndrome de Asperger. A maioria dos especialistas acha que o tratamento deve ser iniciado o mais cedo possível.

Os Programas para crianças com síndrome de Asperger ensinam capacidades através da construção de uma série de passos simples, utilizando actividades altamente estruturadas. Tarefas ou pontos importantes são repetidos ao longo do tempo para ajudar a reforçar certos comportamentos.

Este Tipos de programas podem incluir:

• Terapia cognitivo-comportamental ou psicoterapia, para ajudar as crianças a gerir as suas emoções, comportamentos repetitivos e obsessões
• Treino dos pais, para ensinar técnicas que podem ser usadas em casa
• Fisioterapia ou terapia ocupacional para ajudar com as capacidades motoras e problemas sensoriais
• Treino de capacidadessociais frequentemente ensinadasnum contexto de grupo
• Terapia da fala e de linguagem para ajudar com a capacidade de conversação diária

Os Medicamentos tais como os inibidores selectivos da recaptação da serotonina (ISRS ou SSRI), anti psicóticos e estimulantes podem ser usados para tratar problemas como ansiedade, depressão e agressividade.

Expectativas (prognóstico)

Com o tratamento, muitas crianças e as suas famílias podem aprender a lidar com os problemas da doença. A interacção social e as relações pessoais ainda podemser problemas. No entanto, muitos adultos trabalham com sucesso em empregos convencionais e são capazes de ter uma vida independente, se tiverem o apoio necessário disponível.

Quando entrar em contacto com um profissional médico

Marque uma consulta com seu médico se o seu filho:

• Não responde às pessoas
• Tem um discurso estranho ou peculiar
• Tem comportamentos que podem levar à automutilação

Nomes alternativos
Transtorno invasivo do desenvolvimento , transtorno de espectro autista.

APSA – Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger | www.apsa.org.pt

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:07 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)