Síndrome Mielodisplásica

Síndrome Mielodisplásica – SINTOMAS, CAUSAS E CARACTERISTICAS DO DIAGNÓSTICO:

A Síndrome Mielodisplásica é um Distúrbio hematopoiético clonal, caracterizado por hematopoiese ineficaz, resultando em hipercelularidade na medula óssea com presença variável de blastos e citopenias no sangue periférico.

Os subtipos da Síndrome Mielodisplásica incluem: anemia refrataria (AR), anemia refrataria com sideroblastos em anel (ARSA), anemia refrataria com excesso de blastos (AREB) e leucemia mielomonocítica crônica (LMMC).

A evolução para leucemia aguda pode ocorrer dentro de meses (AREB) a muitos anos (AR, ARSA).

Displasia morfológica frequentemente vista em células da linhagem mielóide (p. ex., anomalia de Pelger-Huet, neutrófilos hipogranulosos-hipolobulados, plaquetas gigantes, macrocitose e acantocitose).

Quimioterapia prévia (especialmente agentes alquilantes, como a ciclofosfamida e inibidores da topoisomerase II, como a etoposida) é um fator Predisponente.

DIAGNOSTICO DIFERENCIAL

. Leucemia mieloblástica aguda
. Anemia aplásica
. Anemia provocada por doença crônica
. Anemia sideroblástica induzida por álcool
. Outras causas de citopenias específicas
. Outras causas de anemias macrocíticas

SINDROME MIELOPLASTICA TRATAMENTO

Tratamento de apoio com transfusões de eritrócitos ou plaquetas.

A eritropoietina (epoietina alfa) e o filgrastim (G-CSF) podem beneficiar determinados pacientes.

Agentes hipometilantes do DNA (azacitidina, decitabina) em baixas doses podem aumentar as contagens de células sanguíneas e adiar o início da LMA.
Transplante de medula óssea alogênico para pacientes apropriados.

Dica

Considerar a síndrome mielodisplásíca em pacientes idosos com hematócritos inferiores a 60% dos níveis máximos ao longo da vida, sem nenhuma outra causa óbvia.

Referência
Hofmann WK, Lubbert M, Hoelzer D, Phillip Koeffier H: Myelodysplastic syndromes

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 21/08/14 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 21/08/2014 às 10:11 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)