Sinusite - Sintomas, tratamento, causas, prevenção e complicações
Fotos Antes e Depois

Sinusite (infecção dos seios perinasais)

Atualizado em 13 Janeiro, 2018

A sinusite é descrita na medicina como uma infecção dos seios perinasais. Os seios perinasais são cavidades nos ossos em volta, por trás e acima do nariz. A sinusite contece com mais frequência nos seios perinasais da testa e dos maxilares. Com tratamento, poderá sentir-se melhor em poucos dias. Se não receber qualquer tratamento, a infecção dos seios perinasais poderá continuar e tornar-se num problema a longo prazo.

Causas da sinusite:

A sinusite começa normalmente durante ou após uma constipação. Os seios perinasais comunicam com a cavidade nasal por pequenos orifícios que ficam ocultos na presença de uma inflamação da mucosa nasal. Os microrganismos, como por exemplo as bactérias, desenvolvem-se nos seios perinasais, provocando uma infecção. A inflamação que origina todo o processo também pode ser provocada por alergias tais como a febre dos fenos. Tanto o tempo frio e húmido do exterior como o calor seco do interior podem facilitar o surgimento da sinusite. Os seios perinasais também poderão ficar irritados se fumar ou nadar em águas poluídas. Estes factores também favorecem o aparecimento da sinusite.

Sinais e sintomas da sinusite:

Poderá sentir dores ou pressão na região posterior da cabeça ou rosto. Pode ainda haver edema na face, sobre os seios perinasais afectados. A dor aumenta quando se inclina. Podem aparecer dores de cabeça, febre, tremuras ou outros sintomas de frio. O fluxo nasal é espesso e de cor amarelada ou esverdeada. Tosse seca ou dores no maxilar superior são outros dos sinais possíveis.

Diagnostico da sinusite:

A sinusite aguda caracteriza-se por acumulação de líquido num ou mais seios perinasais infectados. Para além de um quadro clínico característico, os níveis líquidos são evidentes na radiografia dos seios perinasais. A sinusite crónica caracteriza-se pela existência de lesões residuais que se traduzem, por exemplo, pela presença de uma mucosa permanentemente espessada a revestir os seios perinasais. O diagnóstico é normalmente realizado com uma tomografia computorizada (TAC) dos seios perinasais.

Prevenção e Cuidados a ter:

Tome sempre o antibiótico até ao fim do período em que foi prescrito, que deve ser de cerca de duas semanas. Mantenha o ar da casa húmido utilizando um humidificador. Lave sempre as mãos depois de estar em contacto com uma pessoa constipada. Evite fumar enquanto estiver com sinusite. Se tiver uma rinite, alérgica ou não, mantenha-se sob observação de um otorrinolaringologista. Não utilize sprays ou gotas nasais sem controlo médico, nunca ultrapassando os dias da prescrição.

Riscos e Complicações da sinusite:

Uma sinusite aguda mal tratada pode permanecer e evoluir para uma situação subaguda ou crónica, de tratamento muito mais complicado. Nas crianças, a infecção passa com relativa frequência pela lâmina óssea que separa o nariz da órbita, podendo dar um abcesso que necessita de drenagem cirúrgica de urgência. A existência de alterações ao nível de um olho no curso de uma sinusite, principalmente na criança, deve levá-lo a consultar imediatamente um Otorrinolaringologista. Podem também ocorrer alterações intra-craneanas, cujos sinais podem ser muito ténues e difíceis de detectar. No doente com uma sinusite, qualquer sinal ou sintoma estranho deve merecer atenção e ser esclarecido.

Tratamento da sinusite:

A sinusite é frequentemente tratada com antibióticos para combater a infecção. Deve tomar a totalidade do medicamento, mesmo se começar a sentir-se melhor. Poderá necessitar de um descongestionante para aliviar o nariz e a dor. O paracetamol e o ibuprofeno são medicamentos que podem ser adquiridos nas farmácias, sem receita médica. Poderão ajudá-lo a diminuir as dores. A inalação de vapor proveniente de um humidificador ajuda a aliviar o nariz. Ajuda ainda a aliviar as dores. O mesmo efeito pode ser obtido com a utilização de pachos de água morna sobre a face. Em doentes com alergia ou outra condição médica que condicione a função nasal é necessário controlar a sua patologia de base.

Atualizado em 13 Janeiro 2018

One Comment

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *


  1. eu sempre fico com uma secrecão no nariz. e o nariz fica escorrendo. e quando o catarro fica muito grosso, eu fico sentindo tonteiras, e as vez a face da testa pesa tanto que parece que vai mem derruba. e ai eu toma benegripe e passa, mais tenho de ficar sempre tomando benegrepe, e não posso toma nada gelado que e na hora o nariz escorre e eu comeco a tontea. e ultimamente eu estou sentindo muito mais tonteiras. e o nariz so entupido. isso pode ser senusite.

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *