Solução caseira para espinhas

Solução caseira para espinhas

As espinhas aparecem mais frequentemente na idade da puberdade, tanto nas mulheres como nos homens. Mas este problema vem afetar o nível psicológico dos adolescentes, uma vez que na adolescência a aparência é um ponto forte de preocupação.

Frequentemente, os adolescentes questionam-se por que motivos existem as espinhas? Respondendo a essa questão, as espinhas aparecem porque a pele tem glândulas sebáceas e estas originam substâncias oleosas que têm como função a lubrificação da pele e dos pêlos. Essa substância criada por as glândulas vai ser eliminada pelos poros existentes no nosso corpo.Quando os poros obstruem-se devido a uma elevada produção de substância oleosa, origina o aparecimento do cravo.

Por sua vez, o cravo sofre uma infeção através de bactérias, as quais aparecem as espinhas. As espinhas não se devem rebentar, pois poderá deixar marcas para o resto da sua vida. Por isso tente procurar um dermatologista ou o seu médico de família para o ajudar a combater esta doença. As espinhas são provocadas pela acne!

Muitas das vezes, as pessoas metem vários tipos de creme na esperança de eliminar as espinhas. Contudo, não surtem os efeitos desejados. Assim sendo, nós temos uma solução caseira ideal para combater as espinhas. Aprenda connosco!

Ingredientes:
100g de casca de aroeira ralada
1 Litro de água.

Modo de preparação:
1. Coloque 1 litro de água na panela e meta ao lume;
2. Adicione as cascas de aroeira ralada e deixe ferver durante 15 minutos;
3. De seguida, tape a panela com a sua tampa e deixe esfriar;
4. Coe a água e aplique nas áreas onde as espinhas se encontram.

Deve repetir este procedimento 5 vezes ao dia durante um longo período até que as espinhas desapareçam por completo. Só deste modo conseguirá livrar-se das espinhas presentes no seu organismo.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:20 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)