Solução caseira para hepatite

Infelizmente foi-lhe diagnosticado a doença de hepatite e necessita de se curar?

Não se preocupe, nós temos a resolução para o seu problema, com um simples remédio caseiro.

Numa linguagem simples a hepatite é uma infecção no fígado, nomeadamente uma inflamação.

A hepatite é uma doença provocada por diferentes vírus ou bactérias, mas também pode ser provocada devido ao consumo de produtos tóxicos, como drogas, álcool e outros medicamentos.

Existem vários tipos de hepatite e esses tipos variam dependente da gravidade da doença e também dos danos causados no fígado depois de a doença ter sido diagnosticada.

A hepatite é uma doença que pode afectar qualquer ser humano, independentemente da idade, sexo, raça e estrato social. Se detectada a tempo, a doença de hepatite pode ser prevenida e curada.

Existe por aí muitas formas de curar ou atenuar os efeitos desta doença, mas nós temos a receita mais eficaz que permite a cura desta doença, um xarope caseiro bastante simples de se fazer.

Solução caseira para a hepatite

Ingredientes para a preparação do remédio:

Para se preparar o xarope é necessário um limão, 8 folhas de picão, 12 folhas de hortelã e mel de laranjeira. Poderá obter estes produtos nas ervanárias ou em alguns hipermercados.

Modo de preparação:

Comece por colocar o limão inteiro com casca, as folhas de picão e de hortelã num recipiente e amasse-os bastante bem, até obter uma mistura.

Cobra essa mistura com o mel de laranjeira e deixe repousar cerca de 12 horas. Após isto esprema o preparado e coe.

Tome 3 colheres de sopa deste xarope por dia, durante cerca de 2 semanas e obterá resultados imediatos de melhoramento.

Caso não sinta qualquer tipo de alteração em relação há doença, consulte o seu médico de família ou farmacêutico, pois eles poderão dar-lhe um diagnostico mais preciso e especializado da sua doença.

Saiba mais sobre a Hepatite C: 8 Tratamentos Naturais para Controlar os Sintomas

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Esta matéria tem 2 Comentários
  1. Alberto Morais Muyangui Reply

    Gostei das dicas…

  2. enedino inacio pedro Reply

    quero saber o outro nome do picão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 4:53 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)