Solução caseira para tratar hemorróidas

As hemorróidas são um assunto extremamente incomodativo. Não só para quem sofre deste problema, como para quem tem que lidar com esta questão todos os dias. Muitas vezes, o desconhecimento é causa para a sensibilidade que existe sobre o tema. Saber o que são, quais as causas e como tratar as hemorróidas é o primeiro passo para se sentir mais confortável com o tema.

As hemorróidas são vasos sanguíneos, que aumentam de dimensão e se tornam salientes, na zona do recto e do ânus. Tanto podem ser internas, isto é, desenvolvem-se na parte interior do ânus, não sendo visíveis, como externas, aparecendo à volta do orifício anal.

Quando localizadas internamente, as hemorróidas não são visíveis, nem se sentem, numa fase inicial. Numa fase mais avançada, ocorre o prolapso de sangue, durante a defecação. Nessa fase, a dor pode se tornar muito intensa. Se estão na parte exterior, então o inchaço pode-se tornar bastante incomodativo e doloroso. Só sangra, se existir uma ruptura.

As causas para o aparecimento das hemorróidas podem ser várias. Uma gravidez, a prisão de ventre, a diarreia, as dificuldades em defecar e os problemas da idade avançada podem ser razões para a dilatação dos vasos sanguíneos.

Solução caseira para tratar hemorróidas

Como este pode-se tornar um problema recorrente, convém ter à mão soluções que possam ajudar a diminuir os sintomas e que possam ajudar a tratar as hemorróidas. O Banho de Assento em água quente é conhecido por ajudar a tratar esta inflamação. Adicione-lhe cipreste, conhecido pelas suas propriedades calmantes, no controlo da dor.

Numa panela com 1,5 litros de água fervente, coloque algumas folhas picadas de cipreste, durante dez minutos. Coe o preparado e deite-o numa bacia, juntamente com água morna. Quando se sentir confortável com a temperatura, sente-se na bacia, pelo menos durante 20 minutos. O remédio actuará directamente na ferida.

30. agosto 2012 by admin

Participe no Forum. Deixe a Sua Dúvida ou Comentário

Campos de Preenchimento Obrigatório marcados com *