Solução natural para aftas

Solução natural para aftas

50% da população mundial certamente já teve as chamadas aftas. Esta pequena ferida não é contagiosa e normalmente aparece junto da bochecha, gengivas ou língua, ou seja, na cavidade bucal. As aftas podem relevar-se bastante dolorosas e qualquer alimento que toque junto da lesão poderá provocar dores horríveis.

Para combater as aftas e curá-las o mais breve possível, nós apresentamos-lhe uma solução natural. Esta solução é baseada em três tipos de ervas: a alfavaca, a saião e a tanchagem. Se bochechar com esta solução natural para afta limpará adequadamente a sua cavidade bucal e evita obter germes. Aprenda já a confecioná-la!

Ingredientes

• 1l de água
• 1 punhado de tanchagem
• 1 punhado de saião
• 1 punhado de alfavaca
• Sumo de 2 limões

Modo de preparação

1) Coloque 1l de água numa panela e ligue o lume;
2) Quando estiver no ponto de ebulição, adicione 1 punhado de tanchage, 1 punhado de saião e 1 punhado de alfavaca;
3) Deixe a panela a ferver durante 3 minutos;
4) Ao fim desse tempo, desligue o lume e adicione o sumo de limão;
5) Aguarde que arrefeçar e deixe coar.

Esta solução natural para aftas é importante para o tratamento deste problema, devendo ser usada no mínimo 3 vezes por dia. Faça com que cada bochecho dure 1 minuto. Outra forma de evitar as aftas é escovar os dentes 5 vezes por dia e tentar manter a sua boca limpar e hidratada.

Se tiver uma afta e a sua boca não tiver a higiene necessária, a afta poderá durar 2 semanas ou mais. No entanto, com um tratamento adequado esse tempo começa a diminuir. Não tenha vergonha e leve sempre a escova e a pasta de dentes atrás de si!

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:21 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)