Solução Natural para Amigdalite

Certamente jáouviu falar ou inclusivamente já tive amigdalite. Mas será que sabe o que é a amigdalite? A amigdalite é uma inflamação a nível das amígdalas provocada por vírus ou por bactérias.

Como sabe, as amígdalas estão num local perto das vias respiratórias, estando sempre em contacto com o ar. Estes membros estão expostos a todo o tipo de micoorganismos que o ar transporte até mesmo nos alimentos.

A estação do ano mais propícia para se ter uma amigdalite é no Inverno, pois é quando o tempo é mais seco e poluído nalgumas regiões, ajudando a desenvolver esta inflamação e outras doenças.

As amigdalites são mais frequentes quando somos mais novos, mas isso não significa que os adultos estejam livres de a obterem.

Os primeiros sintomas que geralmente sentem são dores de garganta, dificuldade em engolir os alimentos, sentir as amígdalas inchadas e até a perda de apetite.

Se os medicamentos não lhe estão a ajudar em nada, então opte pela nossa solução natural para amigdalite. Nós apresentamos-lhe a solução que tanto esperou para obteruma recuperação rápida e sem preocupações.

Solução Natural para Amigdalite

O chá de manjericão é uma solução natural ideal para ajudá-lo a combater a inflamação das amígdalas.

Ingredientes:
2 Colheres de sopa de manjericão
1 Chávena de água

Modo de preparação:
1) Numa panela adicione uma chávena de água e as duas colheres de sopa de manjericão;
2) Deixe ferver durante algum tempo;
3) Desligue o fogão e deixe arrefecer durante 2 a 3 minutos;
4) De seguida, coe a água para outro recipiente e adoce-o.

O seu chá está ponto a beber. Deve tomá-lo duas vezes por dia e se possível gargarejar com o mesmo.

Como a amigdalite é uma inflamação na garganta, ao tomar este chá e ao entrar em contacto com esse ar, ajudará a acelerar a sua recuperar.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:10 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)