Solução Natural Para Cólicas Menstruais

As cólicas menstruais afetam todas as mulheres em idade fértil, umas mais que outras, mas afeta.

Durante esta fase do ciclo menstrual estas cólicas podem levar uma mulher ao desgaste físico e emocional, impedindo-a de fazer a sua vida normal.

Leia também: Remédio Caseiro para Regular a Menstruação

Assim para que possa aliviar os sintomas das cólicas menstruais temos uma solução natural contra as cólicas menstruais para lhe apresentar.

Esta solução natural envolve a ingestão de chá de gengibre e camomila.

Ingredientes Necessários à Preparação do Chá de Gengibre e Camomila

• 1 colher de chá de gengibre picado
• 1 colher de chá de camomila seca
• 250ml de água

Procedimento

Ferva a raiz de gengibre num recipiente durante 5 minutos.

Quando terminar de ferver adicione a camomila de seguida no recipiente.

Volte a tampar e deixe tampado e a descansar durante pelo menos 10 minutos (assim irá remover todas as propriedades relaxantes da camomila e do gengibre para a água).

Quando estiver mais frio, coe o chá e se desejar adoce com mel, isto porque o sabor é um pouco ácido. Assim estará pronto a ser bebido.

Beba pelo menos 3 chávenas por dia, durante a menstruação, e verá as suas cólicas menstruais diminuir.

Referimos este chá para tratar os sintomas de cólicas menstruais pois o gengibre tem propriedades anti inflamatórias, que ajuda a diminuir as dores que sente e a camomila funciona como um calmante, levando assim ao relaxamento da zona abdominal e consequente alivio das cólicas menstruais da mulher.

Conheça os Óleos Essenciais Que Podem Aliviar as Cólicas Menstruais

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:19 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)