Solução Natural Para Dor de Cabeça

Solução Natural Para Dor de Cabeça: A dor de cabeça é um sintoma de algo de errado com o seu organismo e não uma doença. No entanto é algo que afeta muitas pessoas. A dor de cabeça pode ser devida a doenças, ao stress, à ansiedade, a um desgaste físico e mental ou mesmo à falta de comida e hidratação.

Por norma é algo que passa por si, tal como apareceu, ou então apenas passa quando se descobre o motivo que a está a originar e se elimina, por exemplo a sinusite. Antes de se automedicar contra uma dor de cabeça aconselhamos a que fale com o seu médico caso estas sejam constantes e custem a passar. No entanto se for daquelas dores de cabeça ligeiras pode optar por uma solução natural contra a dor de cabeça que tem por base a aromaterapia com alfazema e manjerona.

Ingredientes Para Solução Natural Para Dor de Cabeça

• 5 gotas de óleo essencial de alfazema
• 5 gotas de óleo essencial de manjerona
• 1 bacia com água fria
• 2 toalhas

Preparação e Aplicação

À bacia com água adicione os óleos essenciais de alfazema e manjerona e mexa bem a água. Humedeça as toalhas na água e torça suavemente. Quem sofrer de dor de cabeça deve deitar-se no sofá ou na cama e colocar as toalhas humedecidas na solução uma na testa e a outra na base do pescoço. Mantenha as toalhas durante 30 minutos, e quando o corpo se ambientar à temperatura das toalhas, volte a humedecê-las para voltar a ficar frio.

Estas ervas usadas neste remedio caseiro contra a dor de cabeça ajudam a aliviar o stress físico e mental, pois têm propriedades relaxantes. Além do uso da aromaterapia para aliviar a dor de cabeça também as pode usar para reduzir o seu estado de ansiedade e tensão.

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça um Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:20 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)