Solução natural para picada de abelha

Solução natural para picada de abelha: Nas alturas do ano com temperaturas mais amenas é normal que mantenhamos uma maior atividade fora do resguardo da habitação.

Nessa altura, acabamos por nos cruzar com imensos insetos e animais, como abelhas e as “malditas vespas”.

Se a zona for rural principalmente, ou existirem colmeias próximas, é natural que estes insetos, por vezes, se sintam ameaçados com a nossa aproximação ao seu território ou zona de trabalho.

Podendo as pessoas adultas resistir a cerca de mil picadas de abelhas e uma criança a quinhentas por vezes, em pessoas alérgicas, o resultado de uma simples picada pode criar uma grave reação anafilática, sendo necessário recorrer a assistência médica.

Mas, mesmo para não alérgicos, as picadas de abelha são uma agressão da natureza bastante incomodativa devido à libertação de uma substância chamada melitina aquando da injeção do ferrão na pele e, posteriormente, libertam mais veneno.

Por essa razão, iremos falar de uma solução natural para as picadas de abelhas.

Conheça 7 Remédios Caseiros para Tratar Picada de Abelha e Vespa

A picada da abelha deixa dentro da nossa pele o seu ferrão que contém uns saquinhos com mais veneno e que, quando rebentados, o libertam no nosso corpo. Portanto o primeiro passo para podermos aplicar a nossa solução é remover o ferrão.

Para isso vá raspando a pele com cuidado usando uma lâmina, não utilize as mãos nem mesmo uma pinça, sob pena de rebentar os saquinhos de veneno.

De seguida pressione a zona da picada para ver se é possível retirar mais veneno e, por fim, aplicar o Gel de Aloé Vera que explicamos como fazer em seguida.

Necessitará de três folhas de babosa e de um recipiente. Em seguida, parta ou corte as folhas extraindo o gel para o recipiente.

O gel deve ser aplicado na zona picada a seguir à remoção do ferrão e num total de três vezes por dia, até que a vermelhidão e irritação desapareçam.

Saiba O que fazer em caso de picada de aranha

Informações que lhe podem ser Úteis:

Última atualização da página em 13/01/18 por:

Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)

Licenciada em Medicina Geral e uma apaixonada por Medicina Alternativa, Aromaterapia e Fitoterapia.

Faça uma Pergunta ou Comentário
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Última atualização da página: 13/01/2018 às 5:27 horas por: Dra. Alice Wegmann (Clínica Geral)